PSL perderá senador na quarta-feira. Selma Arruda irá para o Podemos.

A senadora e juíza Selma Arruda, PSL, sairá na quarta-feira do Partido e irá para o Podemos. Partido do senador Álvaro Dias.

Selma queixa-se de graves pressões e ofensas sofridas por parte do seu colega Flávio Bolsonaro, que nega tudo.

Flávio pressionou Selma para que ela retirasse seu nome da lista de convocação da CPI da Lava Toga.

45 comentários:

Anônimo disse...

Essa senadora fez coisa errada na pré campanha e campanha e agora quer desviar a culpa para os outros! Revelou-se mais uma fruta podre! Que seja destituída do cargo conforme manda a lei!

Anônimo disse...

A Manchete está errada.. vai para o Podemos..

Mordaz disse...

Abandonando o barco dos ogros que traíram os eleitores.

Anônimo disse...

Kkkkk... Como o "Seu Políbio" troca as palavras!!!

ZAPELINO B disse...

Este é o figlio do presidente Bananaro. A juíza é a primeira de muitos que sairão. Flaviuxo é uma das muitas batatas podres do PSL.

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

Oi.
Tem porta giratória na sede do PSL?

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

Editor ta cada dia mais gagá.

Anônimo disse...

Protegido pela Lava Jato, Álvaro Dias detona Bolsonaro por troca de comando na PF:

​ 14 setembro, 2019

Da coluna de Tales Faria no UOL:

A saída iminente do diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, já é objeto de críticas de defensores da Operação Lava Jato.

Líder do Podemos no Senado, o paranaense Álvaro Dias é um dos políticos mais próximos do ministro da Justiça, Sérgio Moro, e do relator dos processos da Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal), Edson Fachin.

Segundo ele, Bolsonaro é um integrante do Centrão, grupo de partidos de centro que o presidente chamava de “velha política” e controla as votações no Congresso. Para o senador, o governo está cometendo “retrocessos imperdoáveis ” com o afastamento de Valeixo, além do ex-secretário da Receita Federal Marcos Cintra e do ex-presidente do Coaf.

Para o senador, o governo está cometendo “retrocessos imperdoáveis ” com o afastamento de Valeixo, além do ex-secretário da Receita Federal Marcos Cintra e do ex-presidente do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Fiscais) Roberto Leonel.

(…)

Anônimo disse...

Se elegeu nas costas do Bolsonaro, agora pula fora do Partido.

Anônimo disse...

Se essa Senhora fosse candidata pelo Podemos, será que se conseguiria se eleger vereadora?

Anônimo disse...

Esse Podemos não elegeu nenhum Senador, todos se elegeram por outros partidos, depois pularam para o Podemos, inclusive Lasier Martins.

Anônimo disse...

A chamada da matéria está errada

Sylvio disse...

Sai do PSL e vai para o PSL !!!! Grande çábio e velhaco Polibio !!!

Anônimo disse...

Psl perderá... Selma irá para o psl. (????). Afinal, quem vai perder?

Flávio disse...

Boa. PODEMOS terá somente quem é a favor das lavas jato e toga. PSL e Bolsonaro nos traíram.

Alaor disse...

O Álvaro Dias estava sóbrio quando disse tudo isso?

Alaor disse...

Sim, ela é bem conhecida no seu estado.

Unknown disse...

Os petralhas RETARDADOS não sabem interpretar um texto de oito palavras.

Vox disse...

Acho que a juíza deveria ler o artigo:

"Estratégias Da Esquerda Para Derrotar Bolsonaro: Lei De Abuso De Autoridade & CPI Lava Toga"

"Uma sequência de cenários políticos e de episódios pode ser identificada nesses primeiros oito meses e meio de governo, mostrando claramente esse embate surdo que todo o establishment político e a grande imprensa tem feito contra um presidente conservador e de direita que conta com amplo apoio da população. Essa sequência está historiada abaixo:

01) Já nos primeiros meses de governo, o establishment passou a confrontar de modo direto o Presidente Bolsonaro, falando abertamente em impeachment e em parlamentarismo branco. Para isso, contou com apoio de integrantes do próprio governo, que emitiam declarações e entrevistas em afronta à autoridade presidencial, e que colocavam em questão o próprio programa de governo.

02) Essa estratégia cresceu, ganhou adeptos explícitos como MBL, e outros mais sutis e dissimulados como o Vem Pra Rua, mas o desfecho foi diferente daquele esperado: as manifestações massivas de 26/05 e de 30/06 em apoio ao presidente de pressão contra o Centrão mudaram o cenário, Jair Bolsonaro se fortaleceu, a reforma previdenciária foi aprovada.

03) As manifestações fortaleceram o presidente, que fez mudanças no governo com a exoneração de Santos Cruz e outros. O vice-presidente Hamilton Mourão cessou suas declarações em entrevistas que claramente se contrapunham ao programa de governo. O Presidente Bolsonaro acentuou sua agenda com aproximação maior com Donald Trump.

04) O embate do presidente com os globalistas como Emmanuel Macron e Angela Merkel, a obtenção do Acordo União Europeia e Mercosul mostraram o fortalecimento político do presidente. E sua disposição para entrar no corpo a corpo da guerra política com imprensa exibiram a volta do Bolsonaro Raiz, que foi um dos principais fatores de sua vitória eleitoral.

05) O establishment reelabora sua estratégia e passa a mirar não mais no presidente de maneira direta, mas na sua base, com o objetivo de minar a confiança dessa base de apoio no chefe de governo. Começam então as narrativas mentirosas na grande imprensa de suposto conflito entre o Presidente Bolsonaro e o Ministro Sérgio Moro.

06) A essas narrativas de conflito, soma-se outra que descreve a suposta existência de dois campos distintos: os lavajatistas (termo cunhado por jornalistas) de um lado, e os bolsonaristas de outro, com rotulagem já pré-definida: os primeiros seriam os que apoiam o embate contra a corrupção, e os segundos os que se opõem a ela..."

Etc...

https://criticanacional.com.br/2019/09/12/estrategias-da-esquerda-para-derrotar-bolsonaro-lei-de-abuso-de-autoridade-cpi-lava-toga/

Anônimo disse...

O PSL é um saco de gatos, com raras exceções, a maioria oportunistas eleitorais, nada mais que isto.

Anônimo disse...

É VERGONHOSO o que a CHANTAGISTA Raquel Dodge, Prevaricadora Geral da Republica fez com a Juiza Selma. A Senadora foi chantageada a retirar sua assinatura da CPI da Lava Toga, caso contrário seria condenada no TSE. A corajosa Juiza Selma não cedeu, enquanto a COVARDE Raquel Dodge, ao apagar das luzes de sua MISERÁVEL gestão na PGR, deu um parecer em TEMPO RECORDE pela condenação e cassação do mandato de Selma. Raquel Dodge, o Brasil DECENTE tem NOJO de vc. E tudo isso sem contar a retirada de trechos da delação premiada de Leo Pinheiro, para livrar a cara do maninho do Toffoli. CRIME EXPLICITO DE PREVARICAÇÃO. Espero que Augusto Aras DENUNCIE essa PREVARICADORA assim que tomar posse.

Anônimo disse...

Acho estranho sair do partido por causa de outro senador, mesmo que esse seja filho do presidente. Desculpa um tato esfarrapada.

Anônimo disse...

De certo mesmo é que o Alcolumbre fez tanta merda que já se pode ter como certo que vai mesmo assim perder a Presidência do Senado para o Álvaro Dias, que no fundo, detesta o Bolsonaro, ou seja, para o Bolsonaro a situação nunca é fácil, nada lhe é pois fácil pois, além das tiradas dos três filhos e, pior ainda, as do Mourão, Maia e Alcolumbre, agora vai ter de ouvir e conviver com as de Álvaro Dias, isso sem falar nas de Aras e, assim, por incrível que pareça, os únicos que mais estão parecendo ser amigos agora do Bolsonaro são justamente o Dias Toffoli e o Gilmar Mendes, os famosos amigos de "ocasião", claro mas, tudo por enquanto !

Anônimo disse...

Anônimo das 18.58 e 18.59,aqui se elegeu aqui no MT ,nós votamos nela eu e minha família,ela se elegeria em qualquer partido,os que acusam ela,porque ela colocou muitos bandidos na cadeia ,lutou sozinha contra poderosos,votamos e voto de novo nela,conheça primeiro a história dela aqui ,ela não precisou do bolsanaro pra se eleger,gastou ninharia em vista de outros candidatos milionários.

Anônimo disse...

Concordo que a Juíza Selma não se elegeria sem Bolsonaro; porem, nem Bolsonaro se elegeria a luz das suas atitudes reveladas na presidência.

Anônimo disse...

que vai perder???
kuma

Anônimo disse...

Bolsonaro se perdendo e perdendo o país... Pena, vai passar para a história como o presidente que poderia ter feito a diferença, mas preferiu proteger uma dose de semem passada. Pobre país Brasil, pior é aguentar esse mequetrefe oito anos.

Anônimo disse...

PODEMOS é partido esquerdista.
Foi patrocinado na Espanha por Hugo Chávez. .

Anônimo disse...

Sai pra lá, petralha! Não votamos em Flavio Bolsonaro para presidir o Brasil e sim em JAIR Bolsonaro, homem inteligente e honesto. Vá chorar junto com is filhos de Luladrão, babaca. E Flávio Bolsonaro que se Dane e vá pra cadeia, se o merecer! Nós, brasileiros do bem, so contrário did cegos seguidores do Larapio presidiário, não temos bandido de estimação!

Anônimo disse...

O debate qualifica a ação:
https://www.youtube.com/watch?v=OkgBpV1GECw

Traidor da Constituição é traidor da Pátria:
https://www.youtube.com/watch?v=Ycej_VPs-GY

Povo, seu governo voltou às suas mãos:
https://www.youtube.com/watch?v=XL61CXCQfH4

Eu tenho um sonho:
https://www.youtube.com/watch?v=2-fxdH1s5U0

A história em discursos - 50 discursos que mudaram o Brasil e o mundo:
https://www.youtube.com/watch?v=LijPc8r0nM4

Collor Presidente - trinta meses de turbulências, reformas, intrigas e corrupção:
https://www.youtube.com/watch?v=86r2cWKAE8Y

Ditadura à Brasileira, 1964-1985 - a democracia golpeada à esquerda e à direita:
https://www.youtube.com/watch?v=qAVdjEFrUjE

Quando eu vim-me embora. História da migração nordestina para São Paulo:
https://www.youtube.com/watch?v=MZCewpq2Llw