Ministra pede que PF investigue ameaças de morte

A presuntiva ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, disse neste sábado que vem sofrendo ameaças nas redes sociais há uma semana e que pediu providências e proteção da Polícia Federal. 

As ameaças começaram em sua página do Facebook e por mensagens de WhatsApp.

Damares Alves é ameaçada pelo mesmo grupo que quer matar Bolsonaro.

3 comentários:

Anônimo disse...

Caro Políbio
Isso é que é terrorismo, né. A polícia precisa identificar esses bandidos para termos um pouco de paz. Penso que a PF anda devagar quase parando. Até eu sou mais capaz de identificar esses criminosos que ela.
Esther

Emmanuel Carlos disse...

Com certeza!!

Anônimo disse...

Está na moda no Brasil, ameaças de morte. Depois que o supremo soltou o zé Dirceu, até esfaquear um candidato a presidente já aconteceu. Os petralhas estão espalhando nas redes sociais, que foi o próprio Bolsonaro quem pagou "ajudante de pedreiro" para enfiar uma faca no bucho dele, para ele conseguir ganhar as eleições. Isso tá mto parecido no tempo da derrubada das torres, que os terroristas espalharam no mundo árabe, que foi o Busch quem mandou derrubar as torres para por as culpas no árabes.