TRE manda Facebook excluir pesquisa não autorizada que mostra Sartori na frente

O editor recebeu cópia da pesquisa na noite de ontem, mas não divulgou.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RS) mandou o Facebook excluir postagens que divulgam resultado de pesquisa sem registro na Justiça Eleitoral, atendendo pedido do candidato Eduardo Leite, PSDB.

Na verdade, foi o resultado do último tracking feito pelo MDB para seu próprio consumo interno, mas os dados vazaram e foram publicados no Facebook pelo deputado Darcísio Perondi. 

Ele mostra Sartori com 44,7% e Eduardo Leite com 37,6%. Os demais dados da estimulada: não vai votar, 2,1%; náo sabe, 4,5%; brancos e nmulos, 11%.

O tracking é do dia 25.

4 comentários:

Madame Pasadena disse...

Darcísio Perondi, depois apanhar nas urnas como coro de tambor em desfile de 7 de setembro, deveria ficar em casa dormindo o sono das nulidades.

Anônimo disse...

É possível, mas pouco provável. Infelizmente vamos ter que sobreviver aos 4 anos de Leite, alguém que só quer aparecer a qualquer custo falando só besteiras.

Anônimo disse...

Parece bem mais perto da verdade que encontro onde ando, com quem eu falo, no mercado, no pessoal que trabalha em minha obra, com motoristas de uber e cabify, com clientes... A maioria é do Sartori. Acho que o Leite se detonou com a má escolha de seu vice, que é chegado ao PT, tem fotos com o Tarso Genro e foi seu secretário. Vivemos um tempo que quem tem foto com petista é melhor queimar... "Diga-me com quem andas, que te direi quem és."

Anônimo disse...

Esse polenteiro tirano nao aceita a derrota de jeito nenhum. Jamais vi nestes últimos anos algum candidato a reeleiçao pra governador do Estado agir desta maneira tao patética e desesperadora! Ele não reconhece a força que tem os servidores públicos do Estado, a classe que ele tanto menosprezou nestes 4 anos de governo, por isto não vai se reeleger porque a maioria dos votos sai desta categoria, contando também com a de familiares dela.