O projeto Comprova checará o caso da "menina" marcada com a cruz suástica do nazismo ?

A autoria do material ao lado, também, é atribuída a Bolsonaro, mas são panfletos falsos e criminosos.

A editora de Política de Zero Hora, Rosane Oliveira, quer que o Ministério Público "elucide" o caso da "menina" que teve o corpo marcado com o símbolo nazista, tudo à ponta de canivete.

A "menina" é uma mulher emancipada de 19 anos.

A jornalista poderia pedir ajuda para os repórteres do projeto Comprova, do qual faz parte a própria Zero Hora. 

Não fez isto.

O editor sabe com certeza que a obra que atingiu a "menina" não partiu de bolsonaristas, mas sabe com certeza que a exploração do assunto mobilizou a mídia lulopetista, interessada em amplificar o caso para ajudar a campanha eleitoral de Haddad.

O factoide sairá caro para a "menina" e para quem amplificou tudo.

17 comentários:

Anônimo disse...

vão nada...

vão fazer que nem sabem de nada...

Anônimo disse...

O editor virou mãe dina agora?

Marcelo disse...

foi descoberto q tratasse de uma patrícia lélis da vida

Anônimo disse...

Bela frase editor:


"O factoide sairá caro para a "menina" e para quem amplificou tudo"


Tá explicado porque a menina não quis "representar" porque, ao representar, seu nome fotografia, endereço etc. e tal...... chegaria nas mãos dos sanguinolentos seguidores do Bunda-suja.

Anônimo disse...

O Delegado já falou que é o tal simbolo é do "budismo", discutir o que?

Anônimo disse...

Qualquer meia roda percebe que foi ela mesma que se auto fragelou...olhem que a suástica tá invertida...quando a pessoa mesmo faz na frente de um espelho..
Algum tempo atrás uma outra doida fez a mesma coisa e depois confessou...acho que foi fora do Brasil mas a doida era brasileira

Roberto Gomes disse...

Até o momento , o que parece claro que se trata de uma armação, montada por esta moça e seus pseudos agressores, já que esta se negou a fazer denúncia. cheira a armação barata.

Anônimo disse...

o que chama a atenção no episódio é o seguinte: como os agressores conseguiram fazer as linhas da suástica bem retinhas. Presume-se que uma pessoa que sofre esse tipo de agressão se contorça para se defender.

Anônimo disse...

A NOVA BANCADA DE DEPUTADOS FEDERAIS (PSL) DEVE AJUDAR O FUTURO PRESIDENTE BOLSONARO A AUMENTAR O TEMPO DE PERMANÊNCIA DO PRESO NA CADEIA. FOI CONDENADO A 30 ANOS? QUE SE CUMPRAM PELO MENOS 22 ANOS CORRIDOS. JÁ PENSOU: VAGABUNDO ENTRAR COM IDADE DE 30 E SAIR COM 52? É REINCIDENTE? PENA AUMENTADA: ENTRA COM 52, SAI COM 77 (25 ANOS DE CANA). ESSA BALELA DE CADEIA RECUPERAR PRESO... O QUE RECUPERA É FAMÍLIA, RELIGIÃO, ESCOLA, TRABALHO... PASSOU PELAS QUATRO ETAPAS E NÃO DEU OUVIDO A NENHUMA DELAS? POR QUE A CADEIA TEM QUE FAZER O PAPEL DE RECUPERÁ-LO? ISSO É PAPO DE ESQUERDISTA DE CARREIRA PARA SE ELEGER! VOTE BOLSONARO 17. MUDA BRASIL!

Anônimo disse...

URGENTE MEGA FRAUDE EM ANDAMENTO SOCORRO SOCORRO DESASTRE EM CURSO SOCORRO

Anônimo disse...

A Rosane de Oliveira é uma petista enrustida, categoria das mais repugnantes no momento atual.

Anônimo disse...

fascistada canalha covarde

Luiz Vargas disse...

A PeTralha sem noção fez o serviço em frente a um espelho e nem se deu conta que a obra de arte sairia invertida.
Se o serviço tivesse sido feito por alguém que quisesse machucar as incisões seriam profundas e não tão superficiais que parecem ter sido feitas com o cuidado de machucar o mínimo possível, mas com uma retumbância de ganho político enorme.

Anônimo disse...

Fizeram isso contra o Trump e não funcionou.

Jeea disse...

Interessante como a jornalista é enfática em pedir investigação deste caso, alegando tons políticos,só a facada no Bolsonaro é coisa de crie comum de um lobo solitário. Aí ela já foi convencida da "verdade"

Anônimo disse...

Cartazes com “Morte à negrada” e “Bolsonaro presidente” são encontrados em Porto Alegre:

Os cartazes foram encontrados por servidores públicos do Departamento Municipal de Águas e Esgotos (DMAE), no bairro Menino Deus, capital gaúcha

11/10/2018 - Forum

As manifestações de ódio envolvendo apoiadores de Jair Bolsonaro não param. Além de agressões físicas e verbais, os eleitores do militar produzem materiais que incitam à violência e, portanto, são contra a lei. Circula nas redes sociais uma foto, na qual aparecem dois cartazes com mensagens racistas e nazistas.

Em um deles é possível ver a imagem de uma suástica, símbolo máximo do nazismo, com as seguintes dizeres: “Morte à negrada. Bolsonaro presidente!”. Ao lado, outro cartaz com o desenho de um revólver, com a mesma frase.

Segundo as postagens nas redes sociais, os cartazes foram encontrados por servidores públicos do Departamento Municipal de Águas e Esgotos (DMAE), no bairro Menino Deus, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul.

Anônimo disse...

esse projeto comprova é um amontoado de desinformante. cadeia pra essa turma de vadios.