Juremir Machado, Correio do Povo, está feliz

O jornalista Juremir Machado ocupa meia página nobre do jornal Correio do Povo deste final de semana para falar sobre a felicidade.

Ele ensina que os gregos grande interesse pelo bem e pelo verdadeiro.

33 comentários:

Anônimo disse...

Esse sujeito é asqueroso. Quando ele marca presença no programa do Mendelski...desligo o radio.

Anônimo disse...

Respeitosamente,Juremir é um idiota
Parece que só ele estudou na Sorbone.Mais ninguém.
Aproveitou muito pouco.
Se ficasse por lá,muito melhor para ele e para nós.

Anônimo disse...

Obcecado pela maçonaria, suspeito de esfaquear Bolsonaro disse que estava em “missão divina”:

Mauro Donato - 6 set 2018 - DCM

Adélio Bispo de Oliveira, de 40 anos, é o suspeito de ter esfaqueado Jair Bolsonaro na tarde de hoje. Ele foi pego pelos populares e preso em flagrante pela polícia.

Em depoimento, declarou ter agido “a mando de Deus”.

Adélio tem, no Facebook, um perfil que retrata uma personalidade confusa. Não há informações sobre trabalho, formação ou família.

O álbum de fotos traz imagens de seitas, de militares sendo condecorados, de políticos em situações constrangedoras.

Ler seus posts é um exercício de adivinhação.

Recentemente suas postagens tiveram um tom crítico a Bolsonaro, mas ele também vê uma conspiração da maçonaria para dominar o mundo. Parece ser simpatizante do marxismo.

Critica Alexandre Frota, Alckmin, Michel Temer, Deltan Dalagnol. Condena quem afronta a fé cristã. Enfim, é um caldo ultra variado.

Tem 1059 ‘amigos’.

O BO de Adélio
Criticou também Fernando Haddad, “mais um maçom do DCM camuflado em um partido de esquerda”.

Compartilhava vídeos do Cabo Daciolo.

Suas postagens foram invadidas por uma multidão de bolsonaristas nas últimas horas, mas é possível perceber que antes do episódio de hoje, ninguém o seguia ou comentava.

Um típico lobo solitário, na linguagem dos ataques terroristas?

Numa imagem que remete ao Roda Viva com um burro no meio do cenário (um meme que ficou famoso após a ida de Bolsonaro ao programa), Adélio escreveu em sua digitação plena de particularidades:

Só merda, ele diz que o brasil na gestão dele sera liberal para o comercio com o mundo, mas ja não é hoje???? o brasil não tem um bom relacionamento comercial com mundo todo, ou ele esta sugerindo um livre comercio global, onde só o brasil abre suas fronteiras para produtos importados??? o munda fara isso para pra os produtos brasileiros??? e muitas merdas mais que ele fala nesta entrevista. (...)

Interessante:

- Não gostava de maçons;
- compartilhava videos com o Presidenciável Cb Daciolo;
- Além de criticar Bolsonaro, criticava Alkmin. Temer e o Petista Haddad?

Anônimo disse...

Neste momento já adianto um convite para Juremir ir na posse do Capitão no Planalto onde será recebido com o respeito que ele nunca teve pelo capitão e aos que pensam diferente das esquerdas. Somente deverá ser feita revista no Juremir, pois nunca se sabe o que um militante destes pode fazer.

Anônimo disse...

O editor está insinuando alguma coisa?

pantoniooliveira disse...

O último parágrafo diz bem sobre ele. Nem precisava ser tão prolixo. Poderia ter ido direto aos finalmentes.

Anônimo disse...

O editor assumiu sua ideologia, ou seja, só dá pau nas esquerdas. Juremir é diferente para melhor, em seu programo ouve os dois lados.

Todos tem sua ideologia, mas quantos ouvem os dois lados da moeda na imprensa tradicional?

Anônimo disse...

Juremir Machado, junto com Nando Gross são os "únicos" da imprensa tradicional que houve os "dois lados" da moeda.

A esquerda não quer exclusividade, apenas quer ter o mesmo espaço que a direita tem.

Anônimo disse...

E???

Anônimo disse...

vi muitos petistas petralhas FELIZES, MUITO FELIZES,ALEGRES FACEIROS.ASSIM SÃO ELES, JUREMIR TODOS JÁ CONHECEM, NÃO PRECISA COMENTARIOS...

DR BRENO CALDAS DEVE ESTAR SE MEXENDO NO TUMULO PELO QUE FIZERAM COM A RADIO GUAIBA E CORREIO...

João Paulo da Fontoura disse...


Caro Políbio,

Justo nesta semana, recebi novamente contato do CP incentivando-me tornar a ser assinante ( fui assinante durante mais de 30 anos!). Respeitosamente, a menina nada tem a ver com a minha bronca, expliquei os meus motivos. Interessante que eles já têm um amontoado de justificativas, respostas padrão. Os meus motivos são puramente ideológicos e de saúde: estava me fazendo mal à saúde abrir o jornal e me deparar já na primeira página com o panegirico esquerdista do Juremir; e o mal não termina ai, logo após algumas páginas vem o reforço da Taline. Não quero ler o CP, nem mesmo 'graciosamente'! Tô fora dessa doutrinação!
Acho que o CP deve estar batendo os 40 mil assinantes! Vai fechar, logo logo!!! Uma pena, mas fazer o quê?

Anônimo disse...

Kkkklkkkkkkkk

Anônimo disse...

incitando a violência, editor?

Anônimo disse...

Saneamento Básico.....Vamos dar a descarga na esquerda puxando a cordinha nas próximas eleições!

Anônimo disse...

JUREMIR é uma libélula deslumbrada, adora os gregos, mas prefere os espartanos .!!!

Anônimo disse...

Por isso que tu vai a Porto Alegre e dizem que esse cara é um LIXO!

Anônimo disse...

Juremir sempre foi feliz,ele gosta de sentar num grego.

ELVINO MELANCIA disse...

Políbio, alguém lê esse lixo, no jornaleco ?? Livros dele, claro que ninguém quer, tanto que seu apelido é REI DO ENCALHE.

Anônimo disse...

Após mentir que agressor de Bolsonaro usava camiseta “Lula Livre”, Janaina pede “cautela” sobre “precipitações”:

​ 8 setembro, 2018 10:49 am - DCM

Após mentir que agressor de Bolsonaro usava camiseta “Lula Livre”, Janaina Paschoal foi ao Twitter pedir “cautela” sobre “precipitações” a respeito da agressão sofrida pelo militar.


Janaina Paschoal
@JanainaDoBrasil
· 5h
Respondendo a @JanainaDoBrasil
Ato contínuo, esses intérpretes, bem intencionados, lançam nomes e imagens de "suspeitos" nas redes. Houve quem acusasse até mesmo um policial que ajudou no salvamento.

Janaina Paschoal
@JanainaDoBrasil
Peço, por favor, cautela! Todos estamos muito emocionados, mas análises precipitadas podem colocar as pessoas apontadas em risco.

Anônimo disse...

Juremir Machado da Silva o maior e melhor Jornalista e Historiador do Brasil, simples assim.

Alberto disse...

Esquerdopata da pior espécie...Larguei a Guaíba.

Anônimo disse...

A ironia dum esquerdista

Anônimo disse...

Só mesmo em uma provinciana Porto Alegre Juremir teria voz.
Um cretino encapotado, debochado que não perde uma oportunidade de, furtivamente, empestar tudo com seu rancor esquerdista.

Anônimo disse...

ESSE VAGABUNDO DESGRAÇADO

Anônimo disse...

Juremir é um hater enrustido. E haters mirrados e fracotes são os piores.
Minha mãe dizia que ninguém muito feio, como é o caso dele, cresce sem traumas e sem sequelas. kkkkkkkk

Anônimo disse...

Mais uma mosquinha PETRALHA e ressentida com sua própria natureza...

Anônimo disse...


Não se aproveita nada desse cara.

Boquirroto sem noção.


Mito vem aí

Justiniano disse...


Deixei de assinar o correio quando passou em 2007 para a Record, porque ali degringolou de vez, meu pai assinou mais de 30 anos quando trocou para Record também cancelou a assinatura.

No interior nunca mais tenho visto este jornal em hotéis ou consultórios médicos, devem estar com poucos assinantes.

Juremir é o Reinaldo Azevedo sem grife.

Anônimo disse...

Juremir está sendo o que sempre foi, um coitado, frustrado, condições sine qua non para ser de esquerda. Pior é o Mendelski, que não teve vergonha na cara e aceitou este sujeito no seu programa, deveria ter pedido demissão na hora. Não bastasse isso, se tornou, no fim da vida, um leitor de WhatsApp no rádio, deixando de fazer o que sempre fez de melhor, uma análise mais profunda e contundente da política nacional, de alertar quanto ao perigo esquerdista, para fazer isso apenas esporadicamente, e muitas vezes calando diante dos disparates deste tal Juremir. Ridículo.

Anônimo disse...

No caso e LOOSER

Anônimo disse...

Faz tempo larguei a Guaiba de mão por conta deste deslumbrado por Lulla.
Não consegue enxergar as roubalheiras na Petrobras.
Já o Correio do Povo, faz décadas, que deixou de ser jornal.

Anônimo disse...

Os "dois lados" que o Juremir ouve em seu programa são as versões do Lênin contrapostas às de Stalin.

Anônimo disse...



Juremir discute os 2 lados com Gramschi e Stalin.

Muito democrático.

KKKKKK!

Nunca mais volto para o Correio do Povo. Ele e aquela Taline deviam escrever pra Tribuna Operária e não para um jornal como o Correio. Nada a ver..!