Petroleiros fazem greve política e paralisam Refinasria Gabriel Passos

Esses petroleiros nunca abriram a boca para condenar as roubalheiras petistas na Petrobrás. Os líderes da greve, cujo sindicato é filiado à CUT, portanto é braço político do lulopetismo, esperam que as demais refinarias também parem. A ideia final é promover o caos econômico, portanto também político e social. 

Os petroleiros da Refinaria Gabriel Passos, Betim, Minas Gerais (foto ao lado) entraram em greve.

Resolveram paralisar a refinaria por oito horas.

Mais tempo de greve pode comprometer a vida da refinaria.

A greve é política, já que a palavra de ordem dos petroleiros é forçar a redução do preço do gás de cozinha.