Reitora da UERGS apoia invasão e ocupação da universidade em Porto Alegre

Com apoio da reitoria Arisa da Luz, estudantes da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS), ocupam desde terça-feira a sala da direção da universidade, localizada no campus da avenida Sete Setembro, no Centro Histórico de Porto Alegre.

Os estudantes reivindicam a contratação de 86 concursados, alegando que faltam professores.

A UERGS conta atualmente com 278 professores para 6.444 alunos (cerca de 600 na Capital

7 comentários:

Anônimo disse...

Demita-se a reitoria e e enquadra como formacao de grupo terrorista.

Anônimo disse...

Nesta tal de UERGS, 99,99% foram contratados apenas pela ideologia. É universidade comunistalha!

Anônimo disse...

Ocuparam, Políbio? INVADIRAM, INVADIRAM, INVADIRAM!!!!!!

Anônimo disse...

Mas os que pagam impostos para manter a UFRGS e o salário do Reitor não se solidarizam com invasões desse tipo. Defesa de ideologias políticas não devem serem feitas dentro de um órgão público. Impeachment do Reitor já.

Anônimo disse...

Essas ratazanas não tem jeito mesmo!

Justiniano disse...

Pensei que nem existisse mais essa joia do PT.

Um estado quebrado mal tem condições de dar o ensino fundamental, ter uma universidade estadual é o fim da picada.

Anônimo disse...

URGENTE mulher que hospedou Jean Wilis em 2004 foi roubada (deu falta de objetos de seu apartamento)