Fachin receberá homenagens, quinta, em Rondinha, sua terra natal

Nesta quinta-feira o ministro Edson Fachin visitará Rondinha, RS, sua cidade natal. O ministro do STF fez carreira no Paraná, mas é gaúcho.

Nesta quinta-feira, Fachin será homenageado como filho ilustre da terra.

O ministro, relator da Lava Jato no STF, está com moral alta entre os gaúchos.

3 comentários:

Anônimo disse...

>>

No julgamento do HC a favor do pinguço ladrão, porque esse Fachim resolveu enviar a decisão, que deveria ser dele, para o plenário? Porque tirou "o dele" fora? Será que sua atitude foi para privilegiar o corrupto condenado?

Mas não adianta reclamarmos, pois temos de lembrar que os ministros escolhidos por Lula e Dilma faziam parte do projeto da conquista de poder eterno da ORCRIM petista. Não fosse isso, jamais um Tofolis, por exemplo, seria ministro.

É preciso modificar o STF.

Eles moram em condominios fechadissimos, viajam para o exterior corriqueiramente, rotineiramente, como a gente vai à pracinha da cidade levar o cachorrinho pra passear, tem salários altissimos, cargo vitalicio, saúde grátis para todos o familiares nos melhores hospitais do país, montes de seguranças protegem suas excelências, conquistam empregos cinematográficos para os parentes próximos e o escambau.

É preciso acabar com a indicação politica dos ministros.

É preciso que os ministros escolhidos por verdadeira competência tenham tempo delimitado para sua permanência no cargo.

Isso que temos hoje é uma baderna, é uma "zona". Temos em nossa mais alta corte "excrecências" e não excelências. Com isso, perdemos todos e ganham os corruptos e a corrupção.

<<

Sheila disse...

Fachin é o bobo da corte no Supremo Circo Bolivariano...Na armação, alguns precisam parecer apoiar o povo.

Ultra 8 disse...

Este judeu é a favor de invasão de terras e do casamento gay,um lixo igual a o judeu,Lula.