Melhora da confiança da indústria e do comércio, reforçam expectativa de recuperação econômica sustentável

O indicador da indústria e os dados das Sondagens do Comércio e do Consumidor, divulgados hoje pela FGV, sugerem uma melhora da confiança na passagem de dezembro para janeiro, com índices que estão nos maiores níveis desde 2014. 

O índice de confiança do comércio avançou 0,2 ponto, para 95,1 pontos, na série com ajuste sazonal, impulsionado pelo desempenho do componente de situação atual, que avançou 2,4 pontos, enquanto o índice de expectativas passou de 104,4 para 102,4 pontos. A melhora do índice de confiança do consumidor, que passou de 88,4 pontos para 88,8 pontos, também foi impulsionada pelo componente de situação atual, que avançou 1,8 ponto, enquanto as expectativas recuaram 0,6 ponto. 

Estes dados reforçam a expectativa de que a recuperação econômica está em curso.

Nenhum comentário: