Jornalistas do Valor acham que Gebran Neto pegou pesado com Lula e leve com os empresários

Os jornalistas Cristiane Agostine e André Guilherme Vieira, que vieram a Porto Alegre pelo jornal Valor, não gostaram do voto e da sentença do relator Gebran Neto.

Eles acham que o desembargador pegou pesado com Lula e leve com os empresários envolvidos no mesmo processo do triplex.

O jornal Valor é o jornal que fala pelos interesses dos empresários. 

14 comentários:

Anônimo disse...

Simples.

Há recursos.

Mexam-se então.

Anônimo disse...

quem é empresario sabe o que é receber esses tais "emissarios" de governo que vem com o intuito de achacar e pegar o maximo de dinheiro...

e pelo relatado pela Lava Jato, a gula do governo lulopetista e seus apaniguados tipo Cabral, era a maior de todas...

professor Olavo ja ensinou que, diante do poder de uma espada (governo), homens ricos são um nada...

podem ser facilmente encurralados pelos orgaos estatais com fiscalizações fora do padrão e ameaças diversas, ate o impedimento de participarem de obras publicas, o que, para uma construtora, no Brasil, é algo quase que vital, já que grandes obras so saem com din-din estatal...

nao estou dizendo que eles nao tem culpa, mas que os culpados mesmo nessa historia todas foram os politicos...

Anônimo disse...

Cristiane Agostine e André Guilherme Vieira, tenho um sugestão.
Que tal vocês irem se queixar ao Papa Francisco ?

Mordaz disse...

Também concordo. Se Lula foi corrupto passivo, os ativos foram perdoados.

Anônimo disse...

Não acho que ele tenha pegado pesado com Lulladrão, afinal êle tem o agravante de ser o presidente da república e também porque, em razão da idade, sua pena foi diminuída. Entretanto acho que ele foi magnânimo demais com o Léo Pinheiro, em se tratando que era o presidente da OAS, uma grande construtora e também por ser um corruptor notório. Até podia ter-lhe diminuído um pouco a pena, em razão de sua colaboração para esclarecer a maracutaia do tríplex, mas assim foi demais. Mas, não será por essa que o careca, assim como Lulladrão e os demais larápios, irão se safar de outras duras penas. Ontem foi apenas o começo!

ARS disse...

- É um pravda sem valor algum.

Anônimo disse...

Afinal, QUEM SÃO OS GUARDIÃES dos RECURSOS E BENS PÚBLICOS, é o governo ou os empresários????Ou já viram algum empresário assaltando os cofres públicos sem o "AMÉM" dos GUARDIÃES PÚBLICOS, que SEMPRE LEVAM A SUA PARTE pelo "ASSALTO CONSENTIDO E PLANEJADO"!! E o LULA foi o MAIOR DE TODOS OS "GUARDIÕES" que o BRASIL JÁ TEVE, ninguém "GUARDOU" tudo melhor e nem mais do que ele!!

Anônimo disse...

PARECE ATÉ QUE SÃO DE JORNALZINHO DE SINDICATO!

SÃO OS AGENTES PÚBLICOS QUE TRANCAM, COBRAM PEDÁGIO, FAZEM CORPO MOLE, EXIGEM PROPINA, SE FAZEM DE BUROCRATAS LENTOS, INVENTAM AUTUAÇÕES, ETC.

O EMPRESÁRIO CORRE E CONCORRE! CABE AO AGENTE PÚBLICO NÃO SE PROSTITUIR! ALIÁS NOS EUA HÁ DESDE A 2 SÉCULOS, UMA AGÊNCIA SEGURADORA, A QUAL FAZ O CONTROLE DE LICITAÇÕES, DE AVALIAÇOES DAS OBRAS, DE LIBERAÇÃO DE PAGAMENTOS, ETC. JUSTAMENTE PARA NÃO HAVER CONTATO DIRETO ENTRE O EMPREITEIRO E O AGENTE PÚBLICO PROSTITUTO!

NOS EUA, ACABOU ESSE TIPO DE CORRUPÇÃO COM ESSA MEDIDA SIMPLES! AQUI NO BRASIL, NINGUEM QUER OUVIR FALAR E NEM MENCIONA ESSE
SISTEMA!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Esses dois jornalistas são PilanTras!
Ou muito fraquinhos!
Não conseguiram entender a clareza da sentença do Juiz Gebran, uma aula de transparência.
Vai ser necessário desenhar para os dois paspalhos.
Pena que não fui a Professora de Português desses dois. Comigo aprenderiam a interpretar e entender qualquer tipo de texto.

Anônimo disse...

Jornal dos empresa´rios corruptos?

Anônimo disse...

Jornalistas debiloides que não conseguem decodificar uma realidade gritante: ora, empresários não são nada perto dum presidente da república! Destarte, o realce foi dado ao presidente criminoso, nada mais justo! Elementar jornalistas precários! Vão aprender a "ver" os fatos, vão!

Anônimo disse...

esses `jornalista` merece uma camassada de pau cada um

Anônimo disse...

Empresários são nada perto de um presidente? Onde esse pessoal vive? O que fala mais alto no Brasil é dinheiro. O judiciário tem sim sido fortemente bonzinho com altos empresários corruptos. Diminuir em 2/3 a pena realmente é um absurdo.
O dinheiro das empreiteiras e outros empresários interessados tem eleito deputados, senadores, prefeitos e em alto grau tem grande responsabilidade pela eleição do presidente também. Da onde o pessoal acha que sairá o dinheiro para as eleições?
Quem não tem dinheiro nesse país dificilmente será eleito, ou somente será um entre a grande maioria eleita pelo dinheiro. Achar que é só o político responsável pela bandalheira é de uma ingenuidade ou de uma ignorância grande.

Anônimo disse...

Quem?????Nunca ouvi falar.