Usina térmica a gás de Rio Grande poderá gerar ICMS de R$ 450 milhões por ano

A Mitsubishi acha que pode construir e entregar operando em 2020 o terminal e a usina térmica a gás (1,3 gigawatts, R$ 3 bilhões de investimento), caso comece as obras imediatamente.

Em 2021 a usina começaria a fornecer energia para as distribuidoras.

Com a usina em pleno funcionamento, tudo indica que ela poderia gerar R$ 450 milhões anuais apenas de ICMS, 25% dos quais para Rio Grande).

3 comentários:

Anônimo disse...

Certamente os petralhas vão dar um jeito de atrapalhar para que o projeto não saia.

Anônimo disse...

Já devem estar gastando por conta, como aconteceu com pré-sal.

Anônimo disse...

faz sentido trazer gás dentro de navios e levar até rio grande?? tem demanda pra tudo isso de eletricidade??
espero que não seja outra furada inviável que se torna viável por ter dinheiro do bolso do povo.