O PT acaba de ser acusado formalmente pelo crime de saquear e quebrar a Petrobrás

Este livro, que acaba de ser lançado e que conta toda a história, é recomendação de leitura do editor, que conclui o exame de todas as maçudas páginas.

O MPF do Rio de Janeiro informa que “moveu ação civil pública por improbidade administrativa contra ex-integrantes do Conselho de Administração da Petrobras em razão da condução da política de preços da gasolina e do diesel em detrimento do interesse da própria Companhia.


A denúncia dos procuradores federais:

- Dilma Rousseff quebrou a Petrobras segurando o preço dos combustíveis em 2014 e os petistas Guido Mantega, Miriam Belchior, Graça Foster e Luciano Coutinho acabam de ser denunciados por esse estelionato eleitoral.


Os valores foram utilizados para controlar a inflação nos anos de 2013 e 2014. 

Os envolvidos são: Guido Mantega, Miriam Aparecida Belchior, Francisco Roberto de Alburquerque, Luciano Galvão Coutinho, Marcio Pereira Zimmermann, José Maria Ferreira Rangel e Maria das Graças Silva Foster”.

16 comentários:

Anônimo disse...

ok, entao essa sofisticada organização, a qual insistem em chamar de partido politico, tem de ser fechada...

nao pode mais continuar a existir...

Unknown disse...

O Delator Paulo Roberto Costa, ex-diretor da cia, afirmou categoricamente à CPI sobre o assunto:
"A corrupção custou 6 bilhões de Reais à Petrobrás, enquanto que não correção eleitoreira dos preços, lesou a empresa em 60 bilhões de reais, no mesmo período"!!!
Conclusão: o populismo é pior que a corrupção!!!

Anônimo disse...

Olha que a midia esquerdalha nao dá um pio sobre isto mestre polibio braga é a midia nao mostra nem 10% DA PODRIADO DO PT NUNCA FEZ MATERIAS MOSTRANDO A ROUBALHEIRA E OS PETRALHAS LADROES QUE AGiRAM 13 ANOS DEMSNonTADNO O PAIS COM AJUDA dO PMDB E DO PP DE MALUF ALIADO DO LULADRAO CONDENADO a globo nunca fez uma materia sequer mostrando o esquema de roubalehria na petrobrasm correios q foa tambem saqueados pelo pt e os funcionrios estao sendo descontados todo mes de seus salarios é eles q estao pagando a conta pelo rombo nos correios deixado pelo pt assim como dilma quebrou o setor eletrico roubaram na caixa, no banco do brasil , nos fundos de pensao, meteram as maos imundas em tudo 13 anos é
a petrobras foi quebrada pela bandilma e lula a petrobras era orgulha no governo fhc era orgulho mas com o pt caiu no ranking mundial e se tornou a mais endividada já do mundo na compra da pasadena bandilma era a de frente os bens dela estao bloqueados mas em breve o stf bolivariano vai livrar a cara suja dela de novo assim como o tse de gilmar mendes livrou ela no tse pela sua campanha suja e roubada assim como lewandowski do stf livrou ela no impeachment rasgou a constituiçao p a livrar é como foi dito pelo pelo petralha delcido amaral q era lider do desgoverno pt no senado sim ele ja disse que bandilma tem 5 ministros no stf esta ordinaria ja deveria ter sido presa isto sim

Anônimo disse...

Caro Políbio
Cadê o Gabrielli e o Lula??? Só se fala na era ANTA e a responsabilização daquele que deu início a tudo?
Esther

Anônimo disse...

PRENDAM-SE TODOS OS VAGABUNDOS DA QUADRILHA.
PAU NO LOMBO DELES.

Unknown disse...

Porém, Dillma, que era a "Comandante-em-Chefe" da Petrobrás, vai sair impune???
Que blindagem!!!
Que vergonha!!!

Anônimo disse...

NUM TEM PÔVA
NUM TEM PÔVA

Anônimo disse...

TÁ E CADÊ A CHEFA ENSACADORA DE VENTO ??????????

Anônimo disse...

Quem é pior, Lula e Dilma ou o STF que protege ferrenhamente estes bandidos? São faces da mesma moeda e que está destruindo o Brasil e agora com a conivência das forças armadas?

Anônimo disse...

Só esses? Cadê Lula e Dilma?

Anônimo disse...

Privataria Tucana disputado a tapa: 120 mil exemplares:

20 de dezembro de 2011 - Viomundo

Conceição Lemes

A Geração Editorial acaba de mandar uma ordem para a gráfica para imprimir mais cópias do livro A Privataria Tucana, do jornalista Amaury Ribeiro Jr. Tiragem total até o momento: 120 mil exemplares.

“O trabalho está insano por aqui”, contou-nos há pouco por e-mail Willian Novaes, assessor de imprensa da Geração. “Ontem um vendedor ‘surtou’. Foi embora porque não aguentava mais os clientes [livrarias] brigar pelos ‘poucos’ exemplares.”

No sábado teve “tumulto” até na porta de uma das gráficas que estão rodando A Privataria. Foi entre duas distribuidoras (uma de Minas Gerais), disputando o reparte disponível. Hoje, o “problema” foi resolvido. Cada uma levou metade.

“Eu já perdi a conta de ligações de clientes [clientes e distribuidoras] ‘xingando’ a gente, porque querem o livro”, diz Fernanda Emediato, sócia da editora, num misto de surpresa e felicidade pelo sucesso estrondoso. “O livro está sendo disputado a tapa.”.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Algum Delegado aécista da PF ou Procurador do PSDB, digo, do MPF se "dignaram" a folear o Livro Pirataria Tucana? Dizem as más que além da contar os fatos traz provas.

Agora, vendeu muito, se esse livro do artigo vender para pagar asa despesas .....

Anônimo disse...

Autor de livro diz que privatização foi o maior roubo do planeta:

Edilson Pereira - 15/01/2012 - TR Tribuna

Autor do livro bomba Privataria Tucana, o jornalista Amaury Ribeiro Jr é paranaense de Londrina, criado em Santa Cruz do Monte Castelo e cujos familiares moram em Cambé. Ele vem a Curitiba, no próximo dia 19, para lançar a obra na capital paranaense.

O livro já vendeu 120 mil exemplares e num primeiro momento sofreu boicote da grande imprensa. Tudo isto só serviu para dar ampla repercussão interna e internacional à denúncia.

Porque a grande imprensa silenciou sobre o seu livro?
Simples. Porque o livro bate muito na grande imprensa. Fala do comportamento que a grande imprensa teve nas últimas eleições. Ela teve que engolir e engoliu calada. Está cheio de provas lá. Mostrando o comportamento dela, no mínimo esquisito. Mas é também um livro que fala sobre lavagem de dinheiro como um todo. Do caso Banestado, aí do Paraná.

O que ele mostra? O livro mostra como funciona o esquema. Tinha muitas pessoas que sabiam do assunto pela revista IstoÉ, mas elas não entendiam como funcionava o mecanismo. E com o livro a gente está fazendo com que as pessoas entendam. O Paraná foi a maior lavanderia de dinheiro do mundo. Eu estive em Nova York fazendo pesquisas. No caso do Paraná, chama mais atenção por causa disso também.

Há uma teoria de que o mensalão foi criado em Londrina pelo ex-deputado José Janene.: No tempo da IstoÉ, eu fiz uma matéria de capa sobre o José Janene, mostrando que o esquema dele era monstruoso. Eu até fui processado por ele e me parece que ele perdeu a ação. Mas o esquema dele era grande. E ele teve um enriquecimento monstruoso e inexplicável. Não tem origem o dinheiro dele. Infelizmente o Paraná é um estado que a gente gosta, mas criou estes megas esquemas de corrupção.

E quem são as pessoas que operam estes esquemas? Interessante, que as pessoas são sempre as mesmas. Por exemplo, quem criou o esquema do Banestado foi o Ricardo Cesar de Oliveira, que também está no esquema das privatizações tucanas. Ele criou aquelas contas correlatas que tinham no Banco do Brasil e em bancos no Paraguai, um esquema criado para facilitar a vida de comerciantes brasileiros em Ciudad Del Leste, mas que acabou virando grande duto.

Como funcionava o negócio? Em vez do dinheiro vir para o Brasil, o dinheiro do Brasil ia para fora, para a agência do Banestado em Nova York, de onde saia para ser lavado. Quem baixou a portaria que abriu o duto do Banestado foi o mesmo cara da privatização tucana, que é o Ricardo Cesar. As coisas são muito ligadas.

O livro teve repercussão internacional? Muitos jornais de fora do país me procuraram para me entrevistar. Argentina, Portugal, México, teve muita gente querendo saber do assunto. Eu dei entrevista até para o jornal O Povo da China. Houve curiosidade grande, porque não tem livro que explica como funciona a engenharia da lavagem de dinheiro. Que explica as leis. Está tudo lá. (...)

Que tipo de prova você tem? Eu coloco lá o cara, Ricardo Cesar, que tocou as privatizações. Ele recebe o dinheiro no exterior em paraíso fiscal do cara que ganhou as privatizações: prova maior que essa não existe. Eu mostro documentos com pagamentos para esta mesma pessoa. Como é tudo documentado, eles não tiveram como reagir, tiveram uma reação fraca. Aí já era tarde. A coisa já estava pegando fogo. O livro descolou das redes sociais e começou a ser o mais vendido nas livrarias. (...)

Anônimo disse...

Só pode ser piada: Serra tentou comprar o estoque de “Privataria tucana”:

10 dez 2011 - Blog da Maria Frô

Segundo informações da editora em dois dias o livro de Amaury Ribeiro Jr. já vendeu 15 mil exemplares (isso é recorde absoluto nos padrões do mercado livresco brasileiro). E não houve nenhuma divulgação na velha mídia e sem jabá no Jô Soares ou jabá nas páginas amarelas da Veja. Vendeu 15 mil só com o barulho feito na blogosfera suja repercutido pelas redes sociais.

Pobre Serra, se tentou comprar os estoques vai só aumentar a venda de Privataria tucana.............

Serra tenta comprar estoque de livro-bomba:

10 dez 2011

247 – O ex-governador José Serra telefonou ontem à noite para a loja da Livraria Cultura do Conjunto Nacional, em São Paulo, pedindo para reservar todos os 50 exemplares do livro “Privataria Tucana”, do jornalista Amaury Ribeiro Júnior, que tinham acabado de chegar. O pedido foi negado, segundo uma fonte da livraria que preferiu não se identificar.

Mas os livros sumiram das prateleiras da loja mesmo assim. Foram todos comprados ontem mesmo. “O Serra ligou ontem à noite pedindo para reservar, porque ele iria comprar todos”, disse a fonte. “Foi ele mesmo quem ligou, mas nós não pudemos reservar.

A gente quer vender o livro e parece que ele quer vetar a venda”.
A funcionária assinalou que é esperada a chegada de mais exemplares na segunda-feira, após as 14h, à loja da Avenida Paulista.

Mas a disponibilidade do polêmico livro não é garantida, mesmo para quem ligar reservando, como muitos já estão fazendo, segundo ela. “Não é garantido que receberemos mais lotes, porque se ele (Serra) pedir para a editora não vender, também não receberemos mais.”

Na tarde de sábado, ainda havia alguns exemplares em outras lojas da rede, informou a vendedora. Mas eles não deveriam durar até o fim do dia. “O estoque está muito dinâmico, hoje de manhã vi 50 em outra de nossas lojas, e agora só restam 12”, assinalou.

Lançado ontem pela Geração Editorial, do jornalista Luiz Fernando Emediato, “Privataria Tucana” traz revelações importantes sobre a era das privatizações, expõe o tráfico de influência comandado por Serra e revela ainda como uma guerra interna no ninho tucano deu origem a toda essa história.

Ex-repórter do Estado de Minas, que tentava emplacar Aécio Neves como presidenciável, Amaury recebeu a encomenda de investigar a vida de José Serra. O resultado está nas 343 páginas do livro.

Anônimo disse...

Servidor que trabalhava como advogado particular durante expediente em órgão público do RS é exonerado:

Funcionário que ganhava R$ 4,3 mil como coordenador atendia a clientes em seu escritório particular ao invés de cumprir expediente na repartição.

Por Giovani Grizotti, RBS TV

G1 RS - 05/12/2017

Nomeado servidor público do RS, advogado recebe mais de R$ 4 mil e não trabalha

A Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Irrigação do Rio Grande do Sul decidiu exonerar um advogado que recebia R$ 4,3 mil para exercer o cargo de coordenador de programas do órgão. A decisão foi tomada após a RBS TV revelar que o servidor não aparecia para trabalhar.

Nomeado pelo governador José Ivo Sartori há um ano, Marcelo Petrini, ex-vereador e candidato a prefeito pelo PMDB em Itaqui em 2016, deveria cumprir 40 horas semanais na função. O Portal da Transparência informa que o local de lotação dele seria Palmeira das Missões, cidade do Norte do estado, que fica a 405 quilômetros do município de Itaqui. (...)

Anônimo disse...

Quanto ódio do PT.

Anônimo disse...

O importante é acreditar que o filho do Lula é dono da Friboi.