Opinião do editor - Janot e a PGR desmoralizam-se com as revelações sobre o procurador Miler e o STF

O pronunciamento do procurador Rodrigo Janot, feito ainda há pouco, além de revelar nervosismo extremo do chefe da PGR, poderá ter consequências devastadoras para ele mesmo, para o MPF e para os irmãos Batista, portanto para todo o acordo de delação premiada:

1) Janot disse que vai processar seu ex-adjunto, Marcelo Miler, que depois de auxiliá-lo no caso JBS, passou-se para a banca de advogados que defendia a JBS. Por que razão ? Porque num dos 5 novos áudios entregues por Joesley à PGR, uma gravação "apagada" de quatro horas de duração, revelou conversações cavilosas entre Miler e os Batista. Miler orientou os termos do acordo.
2) O chefe da PGR avisou que o acordo poderá ser desfeito, com o que os Batista seriam enfiados imediatamente na cadeia.

Os áudios também comprometem ministros do próprio STF, disse Rodrigo Janot, causando espanto e não declinando nomes.

Se tudo o que disse Janot for verdade, o Palácio do Planalto tem razão e o acordo de delação não valerá mais, nem mesmo suas provas, embora a PGR entenda o contrário. O advogado de Temer, Mariz e Oliveira, anunciou que pedirá a imediata anulação das provas.

Às vésperas de ir embora, Rodrigo Janot sofre duro golpe e se desmoraliza. 

51 comentários:

Anônimo disse...

Quem dos Ministros do STF está a soldo e em conluio com os donos da JBS? Ora, de plano descarto o mais lembrado, Gilmar, pois este JAMAIS faria acordo com Joesley para prejudicar Temer e Aécio! Deve ser um MINISTRO PETISTA com certeza, mas qual, já que existem pelo menos 8 deles?

Anônimo disse...

Os holofotes não são pra qualquer um. Né, Janot? Tchau, Querido

Rigor Crítico disse...

Discordo ABSOLUTAMENTE (100%) do Editor. O grupão Janot/PGR/MPF/TJ/STF defende a Delação Premiada. A Lava Jato é mera "situação inicial". Defendem a DP diante inimigos que a) ou criticam descompromissados, b) ou inimigos enrascados. Inimigos que perdem já ou perderão adiante.

Anônimo disse...

E o Janot, como esperado, sai desmoralizado! O certo era ele sair preso!

Anônimo disse...

Se o Lula encontrar o Janot, lula "enche o seu incompetente Janot de corda".
E no STF, o pessoal cortam um prego, imaginando uma DELAÇÃO AGORA VERDADEIRA DO AÇOUGUEIRO contra eles.

Anônimo disse...

Tudo combinado para a volta de lulla.

Anônimo disse...

O ministro fachin (em minúsculas) teve ajuda da jbs para ser aprovado na sabatina do Senado, pois na época sofria forte rejeição da população por sua forte relação com o pt e dilma para a qual fez campanha na eleição presidencial.
E foi fachin o ministro que homologou monocraticamente o infame e acintoso acordo com os irmãos "freebois " - portanto, acredito ser ele o ministro do stf envolvido no inaceitável e indecente perdão irrestrito aos criminosos confessos e cujo nome aparece nessas gravações.
Aliás, acho que janot só deu publicidade ao fato porque a Polícia Federal já tinha obtido o conteúdo apagado pelos "freebois e não teve outro jeito a não ser assumir essa gravação publicamente, mesmo revelando seu "erro " ao conceder imunidade total aos ladroes e usar de uma armação diabólica para derrubar um Presidente da República abalando a economia e, principalmente, nossa frágil Democracia - um atentado ao Estado Democrátic e de Direito.

Anônimo disse...

JANOT SE ACHAVA UMA RAPOSA ESPERTA,AGIU COMO NESCIO,BEOCIO...

SE ACHAVA UMA RAPOSA,ERA APENAS UMA GALINHA BOBA

JANOT SE ACHAVA SABIO E ERA UM TROUXA, USADO COMO FERRAMENTA DE MANOBRA,PELOS ESPERTÍSSIMOS IRMÃOS BATISTA(QUE TALVEZ LHE TENHAM DADO UMA GORJETA ,COM PROVA PREPARADA)

TRISTE FIM PARA QUEM SE ACHAVA UM DEUS,TODO PODEROSO E ADMIRADO TODOS,O MAIS ASTUTO E ESPERTO,DEUS DO RAIO E DO MARTELO(DE BRINQUEDO).

ACHOU QUE TEMER ERA BOBO, NÃO PRESTOU ATENÇÃO,NEM INTELIGENCIA TEVE PARA O QUE TEMER LHE FALAVA...

JANOT, APENAS UM BABACA PREPOSTO DE LULA?

Anônimo disse...

Janot muito estranho, algo houve.

Anônimo disse...

JANOT AMEAÇA CANCELAR DELAÇÃO DA JBS, SEM AFETAR PROVAS CONTRA TEMER:

Em coletiva convocada às pressas, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, informou ter determinado a abertura de uma investigação para apurar indícios de ocultação de informação sobre o acordo de delação premiada da JBS; Janot citou indícios de crimes "gravíssimos" numa conversa entre Joesley Batista e Ricardo Saud, ex-executivo do grupo; a gravação da conversa de quatro horas foi submetida por ele ao Supremo Tribunal Federal; segundo Janot, a "provável rescisão de um acordo de colaboração premiada não invalida nenhuma prova", prejudicando apenas os benefícios concedidos aos delatores; o áudio faz "referências indevidas" à PGR e ao Supremo, informou ainda Janot.

4 DE SETEMBRO DE 2017

247 - O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, convocou uma coletiva de imprensa às pressas na noite desta segunda-feira 4 para anunciar que determinou a abertura de uma investigação para apurar indícios de ocultação de informação sobre o acordo de delação premiada da JBS.

Janot afirmou que foram encontrados "áudios gravíssimos" no material entregue nos últimos dias pelos delatores da JBS "espontaneamente" à PGR, que haviam sido "omitidos do Ministério Público Federal".

Trata-se de uma conversa de quatro horas "entre dois colaboradores", segundo ele, que se refere à "privacidade da vida de pessoas" e "referências indevidas" à PGR e ao Supremo. A gravação traz indícios de conduta criminosa atribuída ao ex-procurador Marcelo Muller. "As insinuações são muito graves", ressaltou.

A conversa foi gravada em 17 de março deste ano e aconteceu entre Joesley Batista, um dos donos da JBS, e Ricardo Saud, ex-executivo do grupo e também delator, responsável pela distribuição de propinas da empresa a políticos.

Ele submeteu a gravação ao STF e disse que é "provável" a rescisão do acordo de colaboração premiada da JBS. No entanto, isso "não invalida nenhuma prova" trazida à tona pelos delatores do grupo, assegurou. As denúncias dos delatores da JBS atingem diretamente Michel Temer e o senador Aécio Neves (PSDB-MG), entre outros políticos.

Caso a delação seja rescindida, haverá reversão apenas dos benefícios concedidos aos delatores, entre eles o empresário Joesley Batista.

"Se os executivos da JBS erraram, pagarão por isso, mas nem por isso pagará o instituto [da delação], que deverá ser preservado. Assistimos hoje forças que se levantam contra o instituto da colaboração premiada", disse Janot.

Anônimo disse...

KKKKKKK..JANOT CALADO É MUITO INTELIGENTE!

JANOT CALADO É UM GRANDE ESTRATEGISTA, UM SUN TZU DO DIREITO!

QUANDO LULA MAIS VAI PRECISAR, SEUS CRAQUES FAZEM TRAPALHADAS!

LULA NA CONVERSA DO "TCHAU QUERIDA" DISSE PARA SUA OTARIA PREPOSTA DILMA,QUE OS JUIZES ESTAVAM ACOVARDADOS.

Anônimo disse...

O que se viu foi um PGR , o DR.JANOT, visivelmente constrangido , porque soube que seu braço direito , o Procurador MARCELO MILLER, colaborava com os delatores, JOESLEY BATISTA e quadrilha, quando AINDA era Procurador da República, na ativa. Enfim, o que já suspeitávamos tornou-se realidade. Que aquela Denúncia havia sido CÉLERE demais e IRRESPONSÁVEL. Uma verdadeira arapuca, motivada por dinheiro, que o Procurador MILLER deve ter embolsado. Resta agora ANULAR essa Denúncia Premiada, feita às pressas, com grande trauma para a NAÇÃO , e trazer presos os irmãos Batista, dos EUA. JANOT encerra sua gestão sob suspeita , um triste final de carreira .!!!
Tia Glória .

Anônimo disse...

QUAL A DIFERENÇA DE JANOT E PAPAI NOEL?

JANOT TRABALHA COM MARTELO E PAPAI NOEL COM SACO DE BRINQUEDO

Anônimo disse...

O Janot ao lado do Fachin e da Rede Globo, a mando do Lula e do PT, se enrolou, caiu no áudio recuperado da PF e está tentando dar uma última cartada ao tentar colocar toda a culpa no Miller e no Joesley, atacando ainda de quebra um Ministro do STF(talvez o próprio Fachin).
Ou seja, os envolvidos serão presos e irão entregar toda a história. Anotem: o Janot vai se enrolar ainda mais e vai acabar preso!
E merecidamente, pois empacou por 3 meses um país com 14 milhões de desempregados!

Anônimo disse...

Este país é surreal. Pegaram Presidente, Senador, Deputado extorquindo Empresários e Economia Nacional, e os mantém no Cargo para se vingarem de quem os denunciou. Quem deveria estar preso não era Odebrecht ou JBS e seu 1 milhão de empregos Era criminosos flagrado gravado e filmado.

Anônimo disse...

Podem o Presidente da República, seus advogados e sua turma de puxa-sacos muito bem pagos pela vasta distribuição do nosso dinheiro via emenda parlamentar espernearem à vontade que o caixão já está fechado e os últimos pregos estão sendo martelados.

Anônimo disse...

Em nada anula as gravações dos bandidos e as malas de dinheiro. Ainda tem gente que defende o Temer neste caso. O cara foi gravado. Não foi o dedo duro que falou, foi GRAVADO. Vai para dentro Janot. Agora que o negócio vai atingir o judiciário e eu quero ver. Uma curiosidade: o Rocha Loures falou para quem era mala?

Anônimo disse...

pelo comentarios o povo ja esta livrandro o temer... por excesso de provas.

Anônimo disse...

á que esta matéria fala da delação de JBS, poderíamos saber por que o assunto da mala e da mochilas de dinheiro sumiram do noticiário? Não servem de prova para condenar ninguém? Ou será se foi apenas um presentinho dos empresários para alguns políticos?

Anônimo disse...

Incrível como a desinformação ou a ignorância jurídica campeia nos meios políticos e até mesmo jurídicos desta terra Brasil. Que seja pelo afã de tentar virar o jogo a qualquer custo, que essa enxurrada de declarações ineptas, burras e tendenciosas são despejadas em estado bruto na mídia. Os termos da "temida" delação ou colaboração premiada já foram estabelecidos na tábua legal, portanto não se discute seu entendimento. Essa história do Dr. Mariz e sua gigantesca equipe, do Governo e de sua base aliada tentarem confundir a opinião pública pegando um gancho na provável anulação da delação da JBS, dizendo que as provas colhidas até então são nulas e portanto o áudio não tem validade, é pura balela, puro desespero

Anônimo disse...

Felipe Amorim, manchete elaborada com má fé. Faz entender que o acordo de delação pode ser cancelado, o que foi exaustivamente negado pelo procurador Janot, e que a própria notícia desmente. Por quê, então?

Anônimo disse...

Calma lá! Está se falando de omissão, ou seja, deve ter muito mais bandidagem envolvendo o governo golpista e seus apoiadores. Não se falou em anular nada. Até mesmo porque seria desnecessário com a chuva de provas existentes. Então, não há motivos para os coxinhas e os adoradores do conde Drácula sair por aí comemorando.

Anônimo disse...

" MEU MUNDO CAIU " , DA CANTORA NORA NEY PARA O PGR JANOT .!!!

Anônimo disse...

Janot e stf PUXADINHO DO PT em maus lençois, assim como o procurador que trabalhava COM janot e se foi trabalhar pros friboi no outro dia- hum......

janot petralha foi desmascarado
quanto serÁ que janot levou com a ida do procurador q trabalhava com ele e que foi pro lado dos fribOi- LEIAM NO BLOG IMPRENSA VIVA

Rigor Crítico disse...

Vou sugerir ao Editor um "anote-se". Aparentemente a colocação de JB sobre "... presidente ladrão geral da república que envergonha os brasileiros" não deu em nada mas na real o alvo foi atingido como nunca anteriormente. Sugere uma guerra-de-bugio. Reparar que se trata de lance um-por-um onde ninguém pode intervir, é acusador X acusado e só. E O JN registrou. Todos os veículos da mídia registraram. O acusador sugere que seu acusado ocupe lugar na "galeria" onde constam Lula, Dirceu, Cabral, Cunha e algumas dezenas que já se encontram e, outros q/ loguito mais também serão colocados. Pensar bem: e se JB decidir reiterar, repetir em dose dupla, repeteco de se garantir para o que der e vier. Reparar que é um-por-um, cada um por si, situação de "dois solitos no más". Evidente que o acusado já está a temer o acusador. Fica a impressão que o acusador só está a "exigir respeito" do acusado, avisa que não lhe interessa tal conflito.

Anônimo disse...

QUANDO PETRALHA PINGUÇO SE METE DE PATO À GANSO SÓ PODE DAR M*RDA. BOLSONARO 2018

Anônimo disse...

O BRSAIL EXIGE PUNIÇAO AO JANOT ENGAVETADOR DO PT É VAMOS BOTAR AS CARTAS NA MESA QUEREMSO ESCLARECIMENTOS A FUNDO E QUEM SAO OS MINISTROS DO STF

DELCIDIO AMARAL DO PT JA DISSE HA MAIS DE 1 ANO QUE DILMA TEM 5 MINISTROS NO STF É MAS NUNCA INVESTIGARAM ISTO. POR QUE O STF É BLINDADO POR QUE SE ACHAM ACIMA DA LEI ....

AGORA A PODRIDAO VEIO A TONA FINALMENTE

O CIRCO FOI ARMADO O GOLPE P ARRANCAREM TEMER AS PRESSAS. NAO VOTEI EM TEMER MAS FOI CLARO O GOLPE DESDE O INICIO QUERIAM ARRANCAR O HOMEM AS PRESSAS DA PRESIDENCIA AINDA BEM QUE ELE NAO FOI TIRADO . QUEM TAVA COM A MALA NAO ERA ELE ENTAO NAO TEM COMO ACUSAR UMA PESSOA ASSIM É A MALA NAO TAVA COM ELE SE TIVESSEM TIRADO TEMER DA PRESIDENCIA POR CAUSA DISTO APENAS TERIA SIDO BEM PIOR A SITUAÇAO . O PROCURADOR QUE SAIU E FOI TRABALHAR NA JBS- FRIBOI TEM MUITO A EXPLICAR ASSIM COMO JANOT E FACHIN Q DEIXARAM O JOESLEY E WESLEY SOLTOS GOZANDO A VIDA D LUXO .DELAÇAO NAO É P ISTO NA DELAÇAO O DELATOR TEM A PENA DIMINUIDA MAS TEM Q IR PRESO ASSIM É FEITO EM CURITIBA OS DELATORES VAO PRESOS DEPOIS DE UM TEMPO NA JAULA PÉ QUE SAEM COM TORNOZELEIRA O MARCELO ODEBERCHT TA PRESO HA QUASE 2 ANOS E AINDA VAI CONTINUAR UM BOM TEMPO MAS O JANOT E FACHIN AGIRAM RAPIDAMENTE DEIXANDO OS IRMAOS SOLTOS SEM PUNIÇAO= NOJEIRA PURA

JANOT ENGANADOR O Q ESPERAR DELE SE ELE FOI COLOCADO LA PELO PT COMO DISSE LULA UMA VEZ- JANOT O DEVE

Anônimo disse...

O FACHIN QUE VAI ANALISAR AS CONVERSAS GRAVADAS É HUM..........QUEREMOS VER SE ELE VAI ABAFAR OS NOMES DOS MINSITROS DO STF Q ESTAO CITADOS- E AI OAB ESTAMOS DE OLHO NO PETRALHA FACHIN JA SAIU NO O GLOBO QUE FACHIN PEDIU AJUDA A JBS- FRIBOI P SE TORNAR MINSTRO DO STF TAMBEM JANTOU COM RENAN CANALHEIROS ALIADO DO PT E OUTROS POLITICOS FICARAM ATE 6 DA MANHA



Anônimo disse...

Os holofotes não são para aprendizes. Né, Janot? Tchau, Querido

Anônimo disse...

Sr Janot quer sair da arapuca que ele mesmo armou com a falsa denuncia.

Anônimo disse...

STF tambem tem outros juizes alem dos 11,que trabalham para o supremo.

Anônimo disse...

JOESLEY CITA QUATRO MINISTROS E IMPLODE STF:

Reportagem da revista Veja citando fontes que tiveram "acesso ao áudio" da JBS, que segundo Rodrigo Janot contém fatos " gravíssimos", "traz menções comprometedoras a quatro ministros do Supremo Tribunal Federal"; os magistrados são citados pelos delatores Joesley Batista e Ricardo Saud, numa conversa de quatro horas, em situações que denotam "diferentes níveis de gravidade", de acordo com a fonte; algumas seriam consideradas banais, mas "ruins" para a imagem dos ministros; uma delas se destaca por enredar um dos onze ministros da corte em um episódio que parece "mais comprometedor".

247 – O áudio de quatro horas entregue por delatores da JBS à Procuradoria Geral da República, e que segundo Rodrigo Janot, chefe da PGR, contém fatos "gravíssimos" envolvendo um procurador da República e o Supremo Tribunal Federal, deixariam em situação constrangedora quatro ministros da Corte.

A informação é de uma fonte cuja identidade não foi reveleada e que teve "acesso ao áudio", segundo reportagem do site da revista Veja. A conversa de quatro horas entre Joesley Batista e Ricardo Saud "traz menções comprometedoras a quatro ministros do Supremo Tribunal Federal", diz a reportagem.

Os ministros são citados em situações que denotam "diferentes níveis de gravidade", ainda de acordo com a fonte. Algumas seriam consideradas banais, mas "ruins" para a imagem dos ministros. Uma delas se destaca por enredar um dos onze ministros da corte em um episódio que parece "mais comprometedor".

Janot submeteu o áudio ao Supremo, que decidirá se ele deverá ou não se tornar público. A decisão caberá ao ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato na Corte. A expectativa é que a decisão saia nesta terça-feira 4.

Anônimo disse...

Janot está disparando uma “flecha no pé”?

4 de setembro 2017 - DCM - Publicado no Tijolaço.

Abriu-se uma grave crise na Procuradoria Geral da Justiça, com a declaração pública de Rodrigo Janot de que Joesley Batista deixou de mencionar gravações relevantes no aparelho com que Joesley Batista gravou as conversas comprometedoras que, agora se sabe, tinham sido mencionadas apenas em parte.

“Áudios com conteúdo gravíssimo foram obtidos na quinta-feira. A análise de tal gravação revelou diálogo entre dois colaboradores com referências indevidas à PGR e ao Supremo Tribunal Federal”, disse Janot.

“Tais áudios também contêm indícios, segundo esses dois colaboradores, de conduta em tese criminosa atribuída ao ex-procurador Marcelo Miller, que ao longo de três anos foi auxiliar do gabinete do procurador-geral. Se descumpriu a lei no exercício de suas funções, deverá pagar por isso”, afirmou, na Folha.

Janot admitiu até revogar os benefícios concedidos no acordo que afastou punições aos dirigentes da JBS, aformando que isso não invalida as provas até agora entregues. Questão complexa, porque inédita até agora e que tinha acabado de surgir com o pedido do procurador Ivan Marx, que pediu a anulação dos benefícios dados a Delcídio do Amaral pela falsa acusação a Lula.

Há algo de podre neste processo de “delação premiada” que começa sem o conjunto de provas seja oferecido e verificado e onde os poderes do Ministério Público e do juiz são absolutos.

A deformação provocada na sociedade brasileira por este policialismo nos levou a isso: delator não é herói e nem mesmo bandido arrependido, é mercador de pena que negocia leniência ou perdão sem nenhuma preocupação do que isso possa fazer a outros.

Agora, podem escrever, vai se iniciar um movimento para anular toda a delação e as provas colhidas para ela, simplesmente porque os principais alvos são Michel Temer e Aécio Neves.

Com Lula, claro, vale tudo.

Anônimo disse...

Gravação inesperada mostra que MP é um monstro:

FERNANDO BRITO · 04/09/2017 - o Tijolaço

inquisidores

Surgem as primeiras informações sobre o conteúdo da gravação “involuntária” da conversa entre Joesley Batista e seu operador Ricardo Saúd.

Por ela, ficaria evidente de que tido o processo estava “armado” para fazer com que os ratos caíssem na ratoeira.

É muito difícil que não sejam anuladas todas as provas da delação da JBS.

A Procuradoria Geral da República está desmoralizada por ter embarcado na desmoralizada “onda” da Força Tarefa de Curitiba.

E até porque ainda resta alguma decência, no comando da PGR, o que por lá falta.

Em Curitiba, como todos os outros abusos que se deram por lá, não viria ao caso, como não vieram as delações obtidas pelos meses e meses de prisões preventivas.

Se algum mérito se pode dar a Janot – se é que não foi pela percepção de que a perícia dos gravadores não lhe deixava outra saída – é o de não ter varrido para debaixo do tapete, como é feito nas terras das araucárias.

Onde até pagamentos à mulher do juiz “não vêm ao caso”.

Quando o sistema judicial passa a ter juízes cujos “olhos brilham” diante da possibilidade de condenar alguém por corrupção, ele próprio já se corrompeu.

Só mesmo os que se iludiram com a cegueira de serem os “heróis do Brasil” , como fizeram tantos procuradores e o próprio Janot não percebem os monstros em que se transformaram.

Anônimo disse...

Todas as delações estão em cheque. Principalmente aquelas que prende primeiro para o preso abrir o bico contra Lula e pessoal do PT.

Cade a OAB?

Anônimo disse...

Eu já sabia. Acompanhava pela imprensa e via que blindava Luladrao e Dilmandioca o tempo todo.

Anônimo disse...



Ou seja, emparedaram o S T F ?

Mordaz disse...

A verdade é que Joesley é um trombadinha perto do Temer. A impunidade de Temer vai livrar o Capo de Tuti Capi. A capacidade de prejuízo para o contribuinte de um empresário de um conglomerado não é nada perto de um corrupto juramentado na presidência do país e manda chuva da política.

Anônimo disse...

Nem precisou muito tempo para os vigaristas se enrolarem na própria mentira...

Anônimo disse...

Pelo contrário, cortou na carne a corrupcao junto aos seus. Isto é carater.

Anônimo disse...

Retirem os passaportes dos Freeboys agora....eles vão vazar....deu m**** na gravação, falaram demais.

Anônimo disse...

JANOT sabe que a CORDA agora está no seu pescoço!

O ex Procurador pode até entregar o JANOT, tá ficando mais escandaloso do que já estava. SE APARECER ALGUÉM com ou sem farda e sem barba pra tirar e recolocar todos os tres poderes em Brasília, acredito que a POPULAÇÃO irá apoiar.


Anônimo disse...

É EVIDENTE que são MINISTROS PTISTAS, anonimo das 20:07, sempre soubemos estando nós longe, desde os tempos do MENSALÃO, incluindo agora FACHIN!

NOTEM uma coisa, JANOT se antecipou a CPMI em instalação com holofotes e tudo.

A GLOBO, safada, vai pedir a renuncia de quem AGORA?

Mas, JANOT não deixará mal a GLOBO, que o irá ajudar em 2018 na política.


Anônimo disse...

A revista VEJA, que teve acesso ao áudio do escândalo , disse que o Procurador Marcelo Miller, braço direito de JANOT, teria recebido US$ 27 MILHÕES ou R$85 MILHÕES , da JBS , para assessorar a Delação Premiadissima, em tempo recorde, dos irmãos JOESLEY e WESLEY. !!! Tia Glória .

Anônimo disse...

Temer tinha razão o tempo todo, obviamente Janot só fez isso agora porque Raquel Dodge o faria assim que assumisse. Agora as coisas ficaram bem claras, vamos ver a reação de Joesley e Miller pra cima de Janot, o procurador que blindou Lula e Dilma de seus malfeitos tenebrosos que prejudicou uma nação inteira.

Anônimo disse...

Não festeje, Temer. Acharam o apartamento-cofre de Geddel

FERNANDO BRITO · 05/09/2017 - O Tijolaço

grana

É bom suspender a encomenda de champagne do Palácio do Planalto para comemorar o “sorvete na testa” de Rodrigo Janot.

Na Semana da “Flechada Final”, ao que parece, tem muito para acontecer.

A descoberta de uma – literalmente – montanha de dinheiro num apartamento da Rua Barão de Loreto, no bairro da Graça, em Salvador, que havia sido emprestado ao ex-ministro Geddel Vieira Lima recolocou Temer debaixo de fogo.

Daqui a pouco deve-se ter o valor, mas tudo indica que é a casa de dezenas de milhões de reais.

Coisa de fazer as malas de Rocha Loures e Aécio Neves parecerem “pochetes”.

Grana que Geddel, com certeza, não ganhou vendendo acarajé.

Geddel, ao contrário de Cunha, não deu sumiço no que recebeu em dinheiro vivo e a razão mais provável para isso é que tinha de repassar e, com a delação da JBS, deve ter ouvido um “guenta aí”.

É a reviravolta da reviravolta, em menos de 24 horas.

E, sem dúvida, a imagem do dia, que vai falar mais alto que os diálogos abandidados de Joesley Batista.

O Jornal Nacional vai ser uma festa até na China.

Anônimo disse...

Combinar para Joesley gravar é crime. Só não é quando Moro combina?

FERNANDO BRITO · 05/09/2017 - O Tijolaço

No rompimento da barragem de lama da Procuradoria Geral da República ficamos sabendo, com grande escândalo, que as gravações feitas por Joesley Batista foram solicitadas e orientadas pelo Ministério Público.

Muito bem, isso é correto? Se não é, porque o Tribunal Regional Federal da 4ª Região referendou a atitude do “juiz-investigador” Sérgio Moro em fazer o mesmo com um dos delatores do caso Banestado, como se lê no voto do desembargador José Paulo Baltazar Junior, em caso em que o juiz, defendido por sua mulher Rosângela, era parte nos embargos de um pedido de nulidade?

Leia só o trecho do voto de Baltazar dizendo que um dos condenados por Moro o havia caluniado ao dizer que ele mandara fazer grampos ilegais:

De fato, o réu fez acusação falsa ao afirmar na entrevista do dia 15.03.2006 que o Juiz Sérgio Fernando Moro teria ordenado Tony Garcia fazer um “grampo” ilegal contra a pessoa do Presidente do Tribunal de Contas do Paraná.

Trata-se de afirmação que diz respeito a fato definido como crime, pois a interceptação telefônica com objetivos não autorizados está prevista como crime no art. 10 da Lei 9.296/96.

Sucede que o magistrado ofendido havia autorizado no acordo de delação premiada (autos 2004.70.00.043116-0), a pedido do Ministério Público Federal, que a pessoa de Tony Garcia gravasse conversas que passaria a entabular com outras pessoas. Se uma dessas pessoas que travou conversação com Tony Garcia era o Presidente do Tribunal de Contas do Paraná, é decorrência natural da medida. Aliás, tal autorização seria inclusive dispensável, pois é notório que a gravação de conversa por um dos interlocutores não equivale a interceptação telefônica.

Então, por favor, pode ou não pode?

Se isso não vale para o delator Joesley Batista, como é que valia no Paraná? E se uma das pessoas que travou conversação com ele foi o Presidente da República, não se aplica o mesmo conceito que o presidente do TCE paranaense, que igualmente dispõe de foro privilegiado?

O voto do Relator, aprovado pelos seus pares, nos EMBARGOS DE DECLARAÇÃO EM EMBARGOS INFRINGENTES E DE NULIDADE Nº 0011412-81.2007.404.7000/PR estão à disposição de qualquer um.

Anônimo disse...

Exatamente, Anônimo das 11: 49, JANOT , o blindador , somente veio a público denunciar o seu ex- braço direito, o Procurador MILLER, por duas razões : Porque não tinha como ignorar a gravação de áudio inédita e arrasadora e porque se não o fizesse , sua sucessora , a Dra. Raquel Dodge o faria. Foi emparedado pela gravação escandalosa e
pelo pouco tempo de que dispõe à frente da PGR.!!!

Anônimo disse...

Por enquanto, 8 milhões de reais no esconderijo de Geddel:

Brasil 05.09.17 16:24 - O antaginista

A PF já contou 8 milhões de reais escondidos no apartamento de Geddel Vieira Lima.

Mas ainda tem muito para contar.

Anônimo disse...

A “dívida” de Temer será perdoada?

Brasil 05.09.17 16:43 - O Antagonista

Michel Temer não pagou toda a fatura para barrar na Câmara a primeira denúncia contra ele.

Ainda vão cobrá-lo?

É só outra pergunta.

Anônimo disse...

Temer: “Eu não disse?”

Brasil 05.09.17 14:39 - O Antagonista

Michel Temer não para de receber ligações de ministros que ficaram no Brasil e de deputados e senadores da base que querem dar “parabéns” ao presidente.

“Falei com ele assim que acabou a coletiva do Rodrigo Janot. Ele falou: ‘Eu não disse? Eu não disse?'”, contou a este site um deputado.

Quem conversou com Temer afirma que ele ficou satisfeito com as revelações do procurador-geral, porque “vai precisar delas para se defender depois que deixar o Planalto”.

Rodrigo Rocha Loures, no entanto, continua dando aquela corridinha com a mala cheia de propina.