Opinião do editor - Aécio, Temer e Lula aliam-se para acabar com a Lava Jato

Aécio, aliado a Temer, Lula e Dilma, vai liderar ataques diretos à Lava Jato,como vinha fazendo antes de ser "confinado" em casa - agora com sede de vingança.

O STF voltou a ser garantista ? É o que fica claro pelas decisões tomadas esta semana pela Corte, com ênfase para os casos das libertações do senador Aécio Neves e do deputado Rocha Loures (ele é suplente).

O editor sempre considerou que a onça beberia água quando chegasse a vez de parlamentares e membros do governo com foro privilegiado, sobretudo no momento de ataques diretos a varões da república como o presidente Temer ou o senador Aecio Neves.

Como se sabe, enquanto a coisa estivesse com gente sem mandato, a Lava Jato teria apoio praticamente unanime, mas quando o caso enveredasse no rumo de políticos de alto coturno, aconteceria forte reação.

Não é por outra razão que o líder da Força-Tarefa da Operação Lava Jato que comanda as investigações do Ministério Público Federal (MPF) em Curitiba, o procurador Deltan Dallagnol deu a entender que a volta de Aécio Neves ao Senado poderá ter consequências devastadoras para a investigação; “Havia razões para estar preso, mas influenciará leis que governam nosso país. Livre inclusive para articular o fim das Lava Jato e anistia”, comentou o procurador