Temer combaterá perícia da PF que reconhece 294 "descontinuidades"

A Polícia Federal admitiu que encontrou 294 "descontinuidades" no grampo aplicado traiçoeiramente por Joesley Batista contra Temer, tudo feito de modo dirigido e na calada da noite.

Segundo a PF, foi tudo falha do próprio gravador.

Há controvérsia evidente.

O presidente, que já tinha contratado perícia antecipadamente, na qual foram encontradas manipulações, voltará à carga com novas perícias.

CLIQUE AQUI para ler o inconsistente relatório da PF.Vale a pena examinar a longa construção.