Salários dos servidores de Porto Alegre serão parcelados a partir de hoje

A prefeitura de Porto Alegre anunciou ontem que irá parcelar os salários de junho dos servidores.

A primeira parcela de até R$ 10,6 mil será paga hoje (representa 5% do total de servidores). 

Os valores serão totalizados em 4 de julho.

Ontem a tarde, por 26 votos a nove, os vereadores da Capital mantiveram o teto salarial do funcionalismo municipal em R$ 30,4 mil. A medida, que derrubou o veto parcial do prefeito Nelson Marchezan ao projeto que diminuía o valor, foi possível após um acordo entre prefeitura, base aliada e servidores.

— Ficou decidido que o município vai apresentar projetos que reduzem custos, com a instituição da meritocracia e discutindo as gratificações que os servidores têm na Secretaria da Fazenda — relata o líder do governo Marchezan na Câmara, Claudio Janta (SDD).

3 comentários:

Anônimo disse...

CRISE SÓ EXISTE PARA QUEM VIVE NA INICIATIVA PRIVADA...

20 MILHÕES DA INICIATIVA PRIVADA SEM EMPREGO OU SUB-EMPREGO...PARA ELES NÃO EXISTE SALÁRIOS...MUITO MENOS PARCELAMENTO....

ESSE É O BANANÃO DOMINADO PELO COMUNISMO DAS ESQUERDAS...

Anônimo disse...

POA atrasa o RS, do qual sobrevive. As instituições públicas federais e estaduais nela sediadas são a sua seiva.

Anônimo disse...



Olha a foto do servidores em pleno horário de trabalho fazendo pressão nos vereadores para continuarem a ganhar até R$30.000,00 com aval do Marchesan:

http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/06/politica/570904-funcionalismo-municipal-tera-teto-balizado-pelo-estado.html