Perondi diz que PGR ataca Temer para minar a Reforma da Previdência.

Vice-líder do governo na Câmara, o deputado Darcisio Perondi explicitou com mais clareza uma das teses desenvolvidas pela base para entender a afoiteza da PGR nas investigações e denúncias contra Temer:

- A PGR usa a denúncia para retardar a votação da reforma da previdência, porque sabe que seus membros terão aposentadorias iguais a de qualquer trabalhador.

E é.

Mas não só.

15 comentários:

Anônimo disse...

Obviedade ululante que precisa ser dita.

Anônimo disse...

Outro dia ouvi falar numa rádio algo a respeito do alto valor médio de aposentadorias nos 3 poderes, comparando com a iniciativa privada. O Legislativo aparece na segunda posição e o Executivo em terceiro. Já o Judiciário é, disparado, o que recebe os maiores valores. E a galera do MP faz parte desta casta de privilegiados. Então, essa turma não quer nenhuma mudança.

Anônimo disse...

Teoria da conspiração? A mesma tática que o PT usava no início da lava-jato!
Atenção Ijui, base eleitoral desse Deputado!!! Lembrem disso ano que vem!!!

Marlene Gazzana disse...

A reforma da previdência social urbana está 'bichada' pois foi sempre manipulada para mostrar um déficit mentiroso. Minar uma reforma minada deste sempre é inviável Perondi, como todo político, nada sabe, nada vê, concorda com quem sabe menos ainda, aliás, político sabe o que mesmo além do próprio bolso?

Mordaz disse...

Perondi é da quadrilha de Temer, se lixa para os crimes cometidos por ele. Vergonha deste gaúcho. Só mostra que o PMDB do RGS é tão corrupto como o do Orestes Quercia.

Anônimo disse...

Não esqueçam, senhores aposentados, que o PERONDI falou numa rádio na região de Santa Cruz do Sul que os aposentados deveriam trabalhar mais ao inves de ficar jogando cartas nos botecos

Mordaz disse...

Ou será que Temer e Perondi estão recebendo dos banqueiros que financiam campanhas para promoverem a reforma da previdência que irá irrigar com bilhões o sistema financeiro? Por isto compraram uma enorme base de sustentação que derrubara Dilma num golpe.

Anônimo disse...

Com certeza estes petralhas são irresponsáveis. Ainda bem que brevemente ficaremos livres deles.

Justiniano disse...

Corruptos a parte o judiciário principalmente aquele da CNJ são todos os salários acima de 100 mil reais, com carros exclusivos com motoristas, direito a todas as regalias como viagens aéreas.

Tem um juiz que ganha mais de 300 mil reais, isso é o descalabro total, quando questionado disse que fizessem como ele concurso para chegar lá. São verdadeiros marajás do judiciário.

Esse vespeiro ninguém tem coragem de mexer, a começar pelas aposentadorias.

Anônimo disse...

E o legislativo? Se aposentam em 4 anos.

Mordaz disse...

Temer e Perondi defenderam nas eleições a plataforma de Dilma, jamais a das reformas. Foram eleitos pelas promessas de campanha que não cumpriram, traíram Dilma derrubando-a, e levam adiante uma reforma não combinada com os eleitores e nem trabalhadores. Isto pode se chamar democracia?

Anônimo disse...

Pois é. Só agora se deram conta?
Eu já tinha avisado.
Tá na cara, pois quem mais será afetado pela reforma são os funcionários públicos e em especial os de altos salários, em especial, juízes, procuradores, ministros e conselheiros de TC, etc.
Hoje em dia o trabalhador de salário mínimo contribui solidariamente para a aposentadoria dos altos salários.
Só não viu isso ainda quem é tapado ou então tem interesse na causa.

Anônimo disse...

Este perondi não está bom da cabeça ?

Anônimo disse...

FAz sentido mas deve ser apenas um dos motivos. Acho que o Janot queria mais, uma gorda aposentadoria da JBS.

Anônimo disse...

Toda a responsabilidade foi da Dilma, Lula e o PT.