Procurada pela Polícia, continua foragida a presidente da Câmara de São Leopoldo

Continua foragida a presidente da Câmara de Vereadores de São Leopoldo, a socialista Edite Lisboa, a Cigana, PSB, cuja prisão foi decretada nesta quinta-feira por corrupção de testemunha e obstrução à Justiça. Ela é acusada de compra de votos nas últimas eleições.

O PSB integra a base aliada do prefeito petista Ary Vannazi.

Na semana que vem, a Câmara poderá cassar o mandato da vereadora.