Ex-assessor de Palocci tenta o suicídio na prisão do Paraná

O juiz Sérgio Moro mandou transferir Branislav Kontick, ex-assessor do ex-ministro Antonio Palocci, que saiu da carceragem da Polícia Federal para o Complexo Médico-Penal de Pinhais.

Kontick tentou o suicídio na última semana de setembro. Ele trabalhou com Palocci na Casa Civil e ali fazia as conexões com a Odebrecht.

A notícia rolou nas redes sociais, mas não foi confirmada na ocasião.

6 comentários:

Unknown disse...

É o efeito OMERTÁ!!!

Anônimo disse...

CODIGO DA MAFIA.

Anônimo disse...

O CULPADO É UM ELEMENTO CHAMADO DE LÍTIO!

Segundo alguns profissionais da saúde, a culpa é do Lítio.

Se alguém está pensando em se matar, procurem o Lítio.

Se alguém está depressivo e com sintomas que podem levar ao suicídio, é caso para o Lítio!

Alguém se matou? Foi o Lítio!

Getúlio Vargas é uma das vítimas mais célebres do Lítio!

Unknown disse...

Lulla-lá... Omertà!!!

Anônimo disse...

o sombra tambem cometeu "suicidiu" semana passada

Anônimo disse...

É a convicção de que fez cagada e vai se fuder por muito tempo.