Lava Jato abrirá a caixa preta das patifarias do governo Lula com os tiranetes da África

Lula com o tiranete da Guiné Equatorial, um paiseco da Áfrfica, Teodoro Neguema. CLIQUE AQUI para examinar o que a Lava Jato sabe sobre isto. 


Na coluna que escreve hoje no jornal Zero Hora, o filósofo, professor e consultor Dênis Rosenfield, trabalhando agora para o governo Temer em Brasília, bate no mesmo ponto que ontem a noite foi sublinhado com invulgar ênfase pelo ex-senador Delcídio Amaral, que durante uma hora e meia falou para o Programa Roda Viva, TV Cultura.

É o caso dos interesses da Petrobrás e do BNDES na África, tudo durante o governo Lula.

Enigmático, escreve Rosenfield:

- Talvez nos próximos meses apareçam, mais dados sobre o ex-presidente Lula em seus "contatos"! com esses mandatários (tiranetes africanos) agora no contexto da Lava Jato (CLIQUE AQUI para ler toda a coluna de Rosenfield). 

3 comentários:

Anônimo disse...

O patife vai pra cadeia, finalmente.

Anônimo disse...

Meudeusdocéu! Nosso rico dinheirinho financiando tiranos africanos!
A que ponto a ORCRIM chegou!
Se ainda fosse para beneficiar aquelas pobres populações...
Seria esperar muito dessa criatura vil do cachaceiro. Por isso que elle se apresentou com aquella caratonha de velório, na Praça dos 3 Poderes em Brasília, pois foi ao enterro de toda a roubalheira praticada nesses 13 longos anos de "pudê".
Será que existe alguma chance de recuperar parte desse dinheiro, Polibio?

Anônimo disse...

"dá pra mim uns diamantis qui eu façilitu cus cumpanheiru do bndes"