Foton confirma para 2016 o início da produção da fábrica de caminhões de Guaíba

O sócio brasileiro da montadora chinesa de caminhões Foton, Luiz Carlos Mendonça de Barros, que acaba de passar adiante os 36% que tinha no capital da gestora de investimentos Quest para se dedicar com exclusividade à nova condição de industrial, confirmou neste final de semana que a fábrica de Guaíba começará a operar no final do ano que vem em Guaíba, RS.

O investimento sino-brasileiro será de R$ 250 milhões, devendo gerar 250 empregos diretos e 6450 indiretos.

A capacidade de produção será de 24 mil caminhões por ano.

O desembarque dos chineses vem em má hora, porque as vendas de caminhões caíram 11% no ano passado. No primeiro bimestre deste ano, a queda foi de 40%.

A Foton é o maior fabricante chinês desse tipo de veículo, com produção anual de 650 mil unidades, o equivalente a cinco vezes o total da produção brasileira de todas as marcas.

Desde o ano passado, a Foton vende 800 caminhões por ano no Brasil. São dois modelos. A chinesa já tem 25 revendas. Esta rede é montada para azeitar os músculos e preparar terreno para quando começar a produção gaúcha.

5 comentários:

Anônimo disse...

BOA NOTÍCIA. O RS PRECISA.

Anônimo disse...

O GOVERNO ESTADUAL DEVERIA CRIAR UM FINANCIAMENTO ESPECÍFICO PARA QUEM COMPRAR DE EMPRESAS ASSIM.

FOMENTAR EMPRESAS QUE ESTÃO E QUEREM SE INSTALAR NO RS.




Anônimo disse...

Por isso que não devemos gostar do Tarso.
Trazer fabrica de caminhões para encher ainda mais as estradas brasileiras

Anônimo disse...

Políbio, compra um banco com 5 pés para não cair, pois esta fabriqueta não tem
uma revenda, já fecharam 400, e mais 400 estão só na espera para fecharem, 15 mil na rua, agora caminhão chinês desconhecido para vender em crise, só um milagre para dar certo.

Anônimo disse...

Idem pra Ford e GM...