Petrobrás entrou em default. Saiba o que significa isto.

No site da revista Veja de hoje, quarta-feira, Geraldo Samor avisa que o Aurelius Capital Management, um fundo de investimentos de Nova York que detém títulos de dívida da Petrobras, está exortando outros credores da empresa a enviar um “aviso de default” pelo fato da estatal não ter publicado ainda seus números do terceiro trimestre.

. Leia mais:

Os contratos que regem os títulos de dívida (bonds) da Petrobras estabelecem que a estatal tinha até hoje para publicar seu resultado do terceiro trimestre — prazo que a empresa não cumpriu. A partir do “aviso de default”, a estatal tem 60 dias para publicar o balanço. Se não cumprir este prazo, a Petrobras entrará em “default técnico,” o que significa que ela está descumprindo os contratos com os credores — mesmo que continue em dia com seus pagamentos.

Um “default técnico” permite que credores que coletivamente detenham 25% de qualquer emissão de bonds da Petrobras possam se reunir em um grupo e exigir o resgate imediato de seus títulos, obrigando a Petrobras a fazer desembolsos bilionários num momento em que seu caixa é curto.

CLIQUE AQUI para saber tudo.

6 comentários:

Anônimo disse...

Políbio,

Quando a Petrobras captou US$ 100 bilhões na NYSE, o Lulla só dava sorrisos e lições de economia.

Agora veio a conta!!

Parabéns a todos os eleitores do PT!!

JulioK

Anônimo disse...

Default em portugues quer dizer
"desfalque" ou na linguagem gaudéria "desfarque", que é coisa
de calaveiras?
Uzamericanu vão fazer os petralhas
se virar em trinta?

Anônimo disse...

E tem espertos sugerindo comprar PETR4, porque está barato...Está na cara que a empresa não tem mais credibilidade internacional para continuar rolando seu endividamento. Ao contrário, os atuais credores querem é receber seus créditos e pular fora. Se a PTrobrás entrar em default, o acionista majoritário terá que aumentar o capital, através de nova emissão, para pagar a dívida, diluindo os minorítários que não o fizerem, tal e qual houve em 94 quando foi feito o saneamento financeiro do BB. As "ações de viúva" viraram pó
após o aumento de capital para cobrir rombo milionário causado por décadas de má gestão. O que acontecerá com a PTrobrás se não capitalizar ? Quebra ! Cadeia é pouco para os gestores desse país...

Anônimo disse...

bye, bye Petrossauro...

Anônimo disse...

Petralhas, o mundo se curva perante a honestidade e a competência de Lulla e de vocês gerindo o Brasil, se curva de tanto rir, quá, quá, quá.....

Justiniano disse...

Depois do LUBRAX, agora em lançamento em Curitiba a Petebrás anuncia o LULADRAX, aquele óleo que azeita e lubrifica os motores da corrupção.

Óleo com baixa viscosidade, que emperra as obras, visando sempre lubrificar a mão de empreiteiras e políticos.


LULADRAX é uma marca comercial da Petebrás e chancela de Desgraça "Caveirão" Foster.


Não esqueça que se sua obra for do governo federal, use LULADRAX.