Cada médico cubano custará R$ 21.291,66 e não R$ 10 mil. Conheça os cálculos.

Economista, ex-prefeito do Rio e ex-secretário da Fazenda de Brizola, o também ex-deputado Cesar Maia fez as contas e produziu esta manhã o seguinte comentário sobre a vinda dos médicos de Cuba:

Aparentemente precisamos de Mais Matemática também, além do Mais Médicos. Ninguém fez as contas? R$ 511 milhões para 4 mil médicos Cubanos por 6 meses, de setembro de 2013 a fevereiro de 2014, segundo anunciou o ministro candidato Padilha. Então serão R$ 21.291,66 por médico por mês e não R$ 10.000,00 como anunciado para os não cubanos.
      
E o dinheiro vai pra Cuba e não pros médicos. O governo cubano é que vai decidir quanto cada médico vai ganhar (normalmente, R$ 700,00, o valor local), ou seja, estamos importando "serviços" cubanos. Os irmãos Castro agradecem penhoradamente pela grana, porque ficará com a diferença - em dólar forte.  Quanto ganha um médico concursado no Brasil?
      
São aqueles médicos que quando Chávez quis mudar, já era tarde. 

30 comentários:

Anônimo disse...

Esse é o César "vaia".

Anônimo disse...

Os médicos cubanos estão vindo para trabalhar na medicina básica, nos confins do norte/nordeste onde os médicos brasileiros se negaram a atender os pobres que moram naquelas regiões.

Anônimo disse...

Um absurdo, um escandalo! E o pior: nesta hora, cade os partidos contra o PT (neste momento, não são nem de longe uma oposição) para chiar, protestar, tomar medidas judiciais. CADE???? (Opa: esta palavra da medo neles...) BRASIL, onde vamos parar????

Anônimo disse...

O serviço escravo não foi abolido no Brasil? se fosse outro governo a bronca que o pt daria.


Eduardo Menezes

Anônimo disse...

Sr Polibio Braga

A SEMEADURA É LIVRE A COLHEITA OBRIGATÓRIA.

NINGUÉM FICA IMPUNE,QUANDO UMA NAÇÃO ELEGE PRESIDENTE, UM BÊBADO,
MENTIROSO,MAU CARÁTER,LADRÃO CORRUPTO E FORNICADOR FURTIVO.

AINDA TEM ESPAÇO PARA PIORAR MAIS.
BURRICE NO BRASIL É ILIMITADA
Saudações

Anônimo disse...

Segundo os petralhas, não se trata de trabalho escravo, pois está de acordo com a lei brasileira, que aceita cooperativas de prestadores, empresas prestadoras de serviços médicos, planos de saúde. Entendi, quer dizer que cuba virou um plano de saúde. Está registrada na anvisa? É detalhe, a anvisa hoje é um cabidão de emprego petralha e aprovaria na hora o Plano de Sáude CUBA VAI LANÇAR FOGUETE, rsrsrsrs, Quero ver cubalançar, hehehe

Anônimo disse...

Se o Cezar Vaia disser para os Senhores comer "mer..." voces acreditam e comem, desde de que seja para prejudicar o PT.

PS: A OMS adverte ter raiva faz mal a saúde. Participe da Campanha do Rio Grande do SIM, patricinada pela ADVB (e não pelo governo Tarso).

Anônimo disse...

Mais uma Maracutaia do PT. Ontem o Patriota disse que é uma questão humanitária. Mas o Brasil não arrecada trilhões em impostos? Não é a 7ª economia do mundo ? Precisa pedir ajuda humanitária pra Cuba ? Afinal aqui é o Brasil ou o Haiti ? O Lula não disse em 2005 que o SUS estava perto da perfeição ? As pessoas não conseguem nem fazer um exame de urina no Hospital de Gravataí! Não é lá na Amazônia, é em Gravataí! Saiu no CP de 4ªfeira. Não fazem exame de urina, ambulatorial, só se estiver internado ! E a culpa é dos médicos ? O problema, como tudo que envolvem política (ou politicagem) é a péssima gestão, o desvio de dinheiro e a má aplicação do que sobra. E se os 10 mil vão direto para a ditadura cubana e não para os médicos, que receberão 7% do salário, porque eles não são capitalistas (como diz o PT), porque não pagam os R$700 direto na mão do médico ? Porque pagar 40 milhões por mês para Cuba ? Afinal não é ajuda "humanitária" ? Ou será que tem que dar dinheiro para sustentar o Fidel ? Ou para financiar a campanha do PT em 2014 ? A saúde é um problema do Brasil há décadas, e só fazem contratação emergencial !! Ninguém encara com seriedade esse problema e ainda usam para fazer política e ideologia comunista!

Anônimo disse...

Com o PT estamos retornando ao tempo do Brasil colônia. Naquele tempo o trabalho era escravo e agora os cubanos trabalham mas ninguem sabe quanto eles vão ganhar. O regime da ilha ganhará 10 mil por cabeça. A diferença talvez volte na cueca de alguem.

Anônimo disse...

Estamos caminhando para o comunismo, o Socialismo do Século XXI como diz o pessoal do Foro de São Paulo.
É uma jogada de mestre do futuro governador de São Paulo Padilha.
1) Dá a impressão para o povo mais pobre de que há médicos. Já que esses médicos cubanos trabalharam como PSF (Saúde da Família), isso é, apenas irão tirar a pressão e dar vacinas. Além disso, esses médicos serão orientados a ouvir muito a população e a fazer política. Logo, logo vai pipocar camponeses querendo a REFORMA AGRÁRIA e condenando a agricultura moderna;
2) È uma forma de dar dinheiro para o Governo de Cuba;
3) É uma forma de desprestigiar a categoria dos médicos;
4) É uma ótima plataforma para o Padilha. O PT ganha o Governo de São Paulo e o comunismo é automaticamente implantado no Brasil.

A eleição de verdade em 2014 será a de São Paulo. O futuro do Brasil está nas mãos dos paulistas. Aqui no Rio Grande do Sul o Tarso já está reeleito.

Unknown disse...

Nada contra trazer médicos da onde for, agora faça um projeto decente, mesmo que seja para fins eleitoreiros e que sempre o são, mas sejam honestos, profissionais na aplicação dos recursos, estão lidando com vidas humanas dos daqui e dos que vierem, e esses merecem ter apoio e respeito para exercer o trabalho profissional. Faça um projeto temporário de 36 meses com regime de exceção e temporário,CLT, respeitando as normas legais, a revalida ou avaliação especifica, simples assim.

Anônimo disse...

Trabalho escravo?? Qual o espanto?? Normal!! Isso é pratica usual em TODOS os países comunistas...URSS (Stalin era craque nisso...), China (Mao também batia um bolão nesse assunto...), Cambodja (Esse foi o recordista...) e tantos (famigerados) outros.... @fitzca

Anônimo disse...

O vereador pelo DEMOs, do municipio do RJ bem que poderia explicar a matemática desses números ou é aXometro? Talvez ele use a teoria exposta em Rede Nacional por um Conselheiro do Tribunal de Contas de SP,ligado ao PSDB, segundo o qual, 2+2 necessaramente não são 4.

Anônimo disse...

Sugiro a quem for atendido por um cubano, filmar a consulta, a fim de poder usar para fins de processar o governo em caso de erro.

Luiz Vargas disse...

Sinto um cheiro "recursos não contabilizados" para as bilionária campanha eleitoral dos bandoleiro$ quadrilheiro$ PeTralha$ em 2014.
Dá para sentir o cheiro de que esta grana dará uma volta por Cuba para tomar um banho de legalidade e voltará bem acondicionada em caixas de uísque e de charutos cubanos.
Os quadrilheiro$ PeTralha$ tem método e estratégia no planejamento de suas mutretas.
A $inistra mão PeTralha visível nesta tramóia é a do ministro da $aúde, que também será beneficiado na hora do reparte do butim pois é um possível candidato dos PeTralha$ ao governo de São Paulo.
As campanhas dos bandoleiros PeTralha$ sempre é bancada de maneira transversa pelos otários são confiscados sob a justificativa de que devem impostos.

Anônimo disse...

Nao qeremos ir pq preso minha vida. Tenho filhos e sai de um ps na capital depois de um assalto e dois tiros no braço. Se morrer quem sustenta meus filhos vc?

Anônimo disse...

Nos medicos brasileiros não podemos ir aonde não tem segurança. Sai de um posto na capital depois de um assalto com dois tiros no braço. Por isso que sair do sistema público. Tenho filhos e se morrer quem ira sustenta-los, essa droga de governo?

Gilrikardo disse...

NÃO existe justificativa para lambança tão grande. Estamos agora a sustentar Fidel e seus companheiros, isso é nojento e vergonhoso. Não acredito que não possamos reagir, que não possamos condenar tamanho descalabro. É por aí que se tem uma idéia do que virá pela frente se este partido continuar no poder!

Anônimo disse...

Médico brasileiro sabe o que significa trabalhar nos grotoes sem apoio nenhum. Os pacientes irao morrer nas maos deles e eles serao os culpados. Algum pensa que existe no Brasil como transferir paciente para hospitais ou solicitar exames????? Melhor que se informem antes de opinar que os cubanos irao fazer alguma diferenca (se é que sao formados em medicina mesmo? vc acredita em Cuba?)

Anônimo disse...

Os médicos cubanos trabalharam na guerra do Haiti e de outros paises com estrutura ZERO trabalhar, logo medicar nos grotões do interior do norte/nordeste é café pequeno para eles.

Anônimo disse...

OS CARAS VÃO TRABALHAR NO BRASIL, ENTÃO COMO TODO E QUALQUER CIDADÃO QUE TRABALHA NO BRASIL, TEM QUE RECEBER DIRETAMENTE POR AQUI, SEJA POR CONTRATO TEMPORÁRIO OU POR RPA, COM TODOS OS DIREITOS E BENEFÍCIOS DE UM TRABALHADOR COMUM.

SENÃO UM DIA, VÃO COLOCAR O GOVERNO NA JUSTIÇA, E QUEM VAI PAGAR TUDO DE NOVO PARA ELES SOMOS NÓS, OS PAGADORES DE IMPOSTOS.

Anônimo disse...

SE O GOVERNO PAGASSE DIRETAMENTE PARA OS MÉDICOS CUBANOS, COM CERTEZA, O GASTO SERIA MENOS DA METADE DO VALOR, POIS COM CERTEZA, OS MÉDICOS CUBANOS TRABALHARIAM NO INTERIOR TRANQUILAMENTE NUMA JORNADA DE 20HS SEMANAIS POR UNS R$5.000,00 SEM RECLAMAR E AINDA FICARIAM MUITO GRATOS POR NÃO ESTAREM MAIS EM CUBA!!

A DIFERENÇA PODERIA SER ÚTIL NA CONSTRUÇÃO, REFORMA E AMPLIAÇÃO DE POSTOS DE SAÚDE DA SAÚDE DA FAMÍLIA NOS MESMOS LOCAIS DE TRABALHO DELES, OU SEJA, NOS INTERIORES ONDE OS MÉDICOS DAQUI NÃO QUEREM IR TRABALHAR!!

Anônimo disse...

O GOVERNO ESTÁ BANCANDO COM ISSO DINHEIRO PÚBLICO BRASILEIRO PARA CUBA, POIS BOA PARTE DO VALOR REPASSADO NÃO RETORNARÁ PARA OS MÉDICOS, E SIM PARA O GOVERNO CUBANO.

E COM ISSO EJETANDO DIVISAS NACIONAIS EM OUTROS PAÍSES, ISSO É CRIME FINANCEIRO, ADMINISTRATIVO E CRIMINAL.

Anônimo disse...

Muitos cubanos vão pedir asilo nos States, o demônio do capitalismo segundo a esquerdalhopatia, como aconteceu na venezuela. Ainda vou rir muito de tudo isto, já que vou ter que pagar a conta.

Anônimo disse...

Acho que esse Governo pseudo socialista não sabe como fazer para mandar dinheiro ao espertanhão Fidel, o homen da camisa Lacoste e do agasalho Adidas.O povo Cubano ó.

Anônimo disse...

N deixa de ser tramoia tanto com o medicos cubanos e com p brasil afinal. Arrumaram um jeito de mandar dinheiro de forma legal p o fidel

Anônimo disse...

As entidades médicas e a discussão sobre os médicos de Cuba:

Do Observatório da Imprensa

Os jornais foram surpreendidos pela decisão do governo de importar de Cuba 4 mil médicos para ocupar postos em lugares críticos, onde não há serviço público ou particular de saúde. Os primeiros 400 deverão chegar já na próxima semana e serão enviados para cidades ou bairros que não despertaram interesse de profissionais brasileiros ou do exterior na primeira fase das inscrições no programa Mais Médicos, 84% dos quais no Norte e Nordeste.

O noticiário dá conta de que, ao todo, 3.511 municípios se inscreveram no programa, o que revela uma demanda de 15.460 vagas. Apenas 15% desse total haviam sido completados até quarta-feira (21/8). Cada médico contratado custará aos cofres públicos R$ 10 mil de salários mensais, mais os custos da mudança e pagamento de moradia e alimentação.

O convênio que permitirá a contratação de médicos cubanos foi feito pelo governo brasileiro com a Organização Pan-americana de Saúde (OPAS), que tem um acordo com governos de vários países, inclusive Cuba, para atender casos de emergência e carência crítica.

Os jornais de quinta-feira (22/8) explicam que 84% dos profissionais que virão de Cuba têm mais de 16 anos de experiência, 30% são pós-graduados, muitos trabalharam em países onde se fala a língua portuguesa, principalmente na África, e todos são especialistas em saúde da família.

Ainda assim, dirigentes de entidades médicas do Brasil fazem declarações à imprensa condenando a iniciativa. Representantes do Conselho Federal de Medicina e da Associação Médica Brasileira dão a volta nas informações oficiais sobre o convênio firmado com a OPAS e declaram que o programa é apenas uma jogada eleitoral. Um desses dirigentes chegou a afirmar que o contrato para trazer médicos cubanos tem “características de trabalho escravo”. No extremo do destempero, o presidente do Conselho Federal de Medicina opinou que a iniciativa do governo “poderá causar um genocídio”.

Como se pode observar, um diploma de médico, uma carreira bem sucedida e o acesso a um importante posto de representação profissional não asseguram clareza de raciocínio e honestidade intelectual, e dirigentes das principais entidades médicas do país podem resvalar rapidamente para um discurso irracional e preconceituoso quando os interesses corporativos falam mais alto do que a função social supostamente inerente à sua atividade.

Orgulho e preconceito

Mas há muito mais por trás dessa discussão. Nas redes sociais e nas correntes de mensagens que se seguem a cada novo movimento do governo nessa área, na tentativa de suprir a carência de médicos fora dos grandes centros, proliferam manifestações exageradas como a do presidente do Conselho Federal de Medicina. Na opinião de alguns de seus seguidores, o governo brasileiro não estaria apenas “promovendo um genocídio”, mas articulando um exército de cubanos para levar o comunismo aos rincões do Brasil, onde supostamente vivem cidadãos mais simplórios e, portanto, vulneráveis à pregação ideológica.

Uma leitura transversal de tais manifestações demonstra o nível de estupidez que a radicalidade política pode provocar, até mesmo entre indivíduos cujo nível de educação formal supõe alguma racionalidade.

Ao atacar o programa brasileiro, essas entidades atingem diretamente um dos projetos mais bem sucedidos da ONU, que, por meio de suas entidades de saúde, promove assistência em lugares remotos por todo o mundo e reduz os danos de conflitos e desastres naturais.

A imprensa tem que cumprir, pelo menos formalmente, seu papel de ouvir os diversos lados de uma questão. (...)

Anônimo disse...

"Madre de Dio".
E a gente continua de mãos atadas vendo esta e outras Petralhada$?
Não dá para contunuar assistindo de camarote, ficando de mãos atadas !!!
Temos/Devemos fazer alguma coisa urgente.
Isto, como a grande maioria das PTrali$e$ é roubo declarado,
acontecendo na nossa cara com nossas mãos atadas!!!??!?
A imoralidade, no seu amplo sentido, está tomando conta.
Não vamos deixar isto acontecer.
O que será dos nossos filhos ???

Anônimo disse...

Por falar em trabalho escravo:

Alguém deu a noticia do jovem americando que morreu após trabalhar (com estagiário) 3 dias consecutivos dentro de uma empresa nos EUA, logo na fina flor da democracia? Se fosse no Brasil, quem sabe envolvendo a morte de um médico cubano, caia o Presidente da República, mas como é nos EUA os bundinhas, digo, fichinhas, digo, coxinhas do blog acham lindo e maravilhoso. Tudo de Bom.

TROXAS ARQUEROSOS

Anônimo disse...

E parte do dinheiro volta para o Brasil, Dilma já tem caixa para a campanha por isso o pagamento antecipado.
Ou seja escravidão e caixa 2