Governo Tarso Genro pisa em falso ao anunciar benefício que já tinha sido concedido para a indústria calçadista

O anúncio da inclusão do ramo industrial calçadista no rol dos 18 ramos beneficiados pela abolição dos 5% de ICMS cobrados no âmbito do chamado Imposto de Fronteira foi uma verdadeira nova boutade do governo Tarso Genro.

. Que não faz e não sabe o que faz.

. É que a renúncia já tinha sido feita em 2008 pelo governo Yeda Crusius.

Um comentário:

Anônimo disse...

Comentário conseguiu misturar a medida do governo (diferimento) com abolição de 5% de ICMS, colocando até mesmo o Imposto de Fronteira na jogada. Favor comentar com mais conhecimento antes de fazer uma nota sem qualquer sentido como essa.