STF cede à pressão dos mensaleiros e dobra prazo recursos

Em votação na tarde desta quarta-feira, o Supremo Tribunal Federal (STF) resolveu aumentar o prazo para a interposição de possíveis recursos por parte dos advogados dos condenados no processo do mensalão.
Pelo regimento interno do Supremo, eles teriam cinco dias para protocolar os recursos após a publicação da decisão. Iniciado em agosto e concluído em dezembro, o julgamento do mensalão resultou na condenação de 25 réus por envolvimento com o esquema de compra de votos no Congresso durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

. O STF está dividido sobre se o plenário deve analisar um recurso no qual os advogados pediram acesso antecipado aos votos escritos. Parte dos ministros defende que o presidente do Supremo e relator do processo do mensalão, ministro Joaquim Barbosa, submeta o caso também à análise do plenário.

2 comentários:

Anônimo disse...

O STF com nova composição reverterá condenações, após recursos.

Anônimo disse...

RECURSO NO STF????ISTO INVENTARAM AGORA NÉ?