Medidas mitigatórias da prefeitura cortam Taurus ao meio em Porto Alegre

Num primeiro momento a Taurus até que conseguiu evitar que a nova avenida Grécia cortasse seu parque industrial de Porto Alegre em dois, mas com a plena operação do Bourbon Wallig,  as medidas mitigatórias exigidas pela prefeitura terão que ir adiante.

. É o que explica a pressa com que o maior fabricante mundial de revólveres trata de levar sua planta industrial da capital para São Leopoldo, onde concentrará suas outras empresas gaúchas. A Steelinject, de Caxias, será a primeira a migrar. Ela ficará ao lado da Rossi e da Polimetal, que já estão lá.

3 comentários:

Anônimo disse...

Convenhamos, não tem cabimento uma fábrica no meio de POA, são outros tempos.

Anônimo disse...

Não tem cabimento; mas vamos expulsá-la?
É um abuso, ou não?

Anônimo disse...

Eles deveriam se mudar par ao Uruguai e mandar a gauchada pastar...