Infraero brinca com os gaúchos, mente e deixa tudo para mais tarde nas obras de ampliação do Aeroporto Salgado Filho

- A reportagem do Jornal do Comércio de hoje demonstra de que modo a Infraero conversa fiado sobre as obras de ampliação do Aeroporto Salgado Filho, que já não cabe mais dentro de si mesmo e que chegará à Copa de 2014 sem que as pistas estejam concluídas. Aliás, a reportagem do jornal nem fala nas obras de extensão da pista, o tema que deveria ser o principal da matéria.

* Clipping Jornal do Comércio
Título original: Prazos desafiam obras do Salgado Filho

Principal porta de entrada para a Copa do Mundo de 2014 no Estado, o Aeroporto Internacional Salgado Filho tenta destravar obras prometidas para agilizar e elevar a capacidade de operação.

Nos próximos dias, deve começar a execução da ampliação dos pátios de estacionamento de aeronaves, que elevará de 25 para 32 as posições de manobras. A medida abrirá mais espaço para embarques e desembarques nos horários mais disputados - começo da manhã e final da tarde.

A ordem de serviço para a empresa vencedora dar a largada na implantação, prevista para 14 meses (com término próximo ao Mundial), foi emitida na segunda-feira passada.

A superintendência regional da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) informou, em nota, que as obras não deverão gerar impacto no funcionamento do Terminal de Passageiros 1 (TPS1), com capacidade anual de embarques e desembarques de 8 milhões de pessoas.

A estrutura se completa com os 2,5 milhões do TPS2, o antigo aeroporto.

CLIQUE AQUI para ler toda a reportagem.

4 comentários:

Anônimo disse...

Políbio,

Empresário, jornalista ou qualquer outro individuo que acredita em "palavra de PT" é TROUXA!!!

JulioK

Anônimo disse...

O pensador Tarso, que deu entrevista para o Valor, que quase engana, não deveria já ter entrado em ação? A Infraero tem os mesmo vícios do governo federal, portanto para acreditar só depois de toda obra pronta.

Anônimo disse...

Infelizmente não temos senadores nem deputados federais que representem o Rio Grande(?), enquanto isso os mineiros, paulistas, baianos, norte e nordestinos atuam em beneficio de seus estados. Os nossos? um bando de incompetentes...ou não?
Mandei varios e-mails sobre o Salgado Filho e o outro aeroporto e ninguem respondeu...
digo e repito
Joel Robinson

Anônimo disse...

tudo atrasado de propósito como sempre pra depois ser feito a toque de caixa emergencialmente sem licitação e ao preço que quizerem, tudo dentro do acertado!! E se já está licitado, os valores vão dar aquele famoso pulo do gato com divesos adendos majorando os preços com a desculpa esfarrapada que é pra adequar aos novos preços de mercado. Se a obra tem alguma vantagem pra eles, ela sai do papel, senão fica parada e sociedade que se dane, esse tipo de coisa chega a dar nojo!!