Exército autoriza a policiais uso pessoal de armas mais potentes

* Clipping O Globo

O Comando do Exército autorizou policiais civis, militares, rodoviários e bombeiros a comprar pistolas 45 para uso pessoal. A compra e porte desse tipo de arma, de forte impacto, era restrita até então a policiais federais.O Exército diz que liberou o uso das armas a pedido de órgãos estaduais de segurança pública, mas não informou quais seriam essas instituições. Lígia Rechenberg, coordenadora da ONG Sou da Paz, classificou de absurda a decisão. Em geral, policiais civis e militares portam revólveres 38 ou pistolas .40:

— Vão dar armas para policiais que eles não sabem manusear. Isso vai colocar em risco a segurança do policial e da população. Essa é uma demanda da indústria de armas.

Nota do editor - O editor aposta em policiais mais bem armados, muito bem pagos, incentivados, para que possam defender-se melhor e defender com mais eficácia a população. Isto inclui armamento pessoal e melhores condições pessoais de remuneração, moradia e proteção. O argumento sobre falta de preparo é patético, porque policial algum vai para a rua sem duro treinamento.

18 comentários:

Anônimo disse...

Péra aí, Políbio. Mas assim a bandidagem vai ficar desprotegida. Tu achas isto justo? KKKKKKK

Luiz Vargas disse...

Interessante o argumento desta ongueira babaovo de bandido. Os policiais não podem usar um modelo de arma por que "supostamente" não sabem usar, já a bandidagem, que esta ongueira cretina defende, sabe usar todo e qualquer tipo de arma.
Por termos ONG's e gente com este tipo de "coerência" é que este país está virando um país de bandidos e de corruPTos.

Anônimo disse...

CORRETO, A BANDIDAGEM PODE ANDAR DE FUZIL, E OS POLICIAIS DE ARCO E FLECHA .....
ESTA "TABACUDA" DA LIGIA RECHEMBERG, TÁ FORA DA CASINHA.

Anônimo disse...

Políbio, só acho que, de nada adianta o policial estar bem preparado se a lei garante a liberdade dos vagabundos tão logo são presos.
Esse pessoal dessas ONGs gosta é de bandidos, essa é a realidade.

Anônimo disse...

Enquanto isso as armas da mídia seguem disparando contra os "frascos e comprimidos"... Ontem a RBS fez um carnaval com reportagem sobre probleminhas na pequena prefeitura de Tunas. Um micromunicípio que a maioria dos gaúchos nem sabe onde fica. De outro lado a RBS se omite, silencia, sobre sacanagens ocorridas em cidades importantes. Claro,os governos das grandes cidades tem muita verba publicitária pra gastar, alguns até são governados pelo PT e, de repente, uma reportagem negativa pode trazer o prejuízo da perda de algumas propagandas dos governos estadual e federal.

Anônimo disse...

Pode colocar, até, tanque de guerra nas ruas porque enquanto nossas leis forem mais frouxas que elástico velho, e estes bandidos audaciosos e reincidentes estiverem à solta ao invés de trancafiados em prisões de segurança máxima, a situação vão continuar a mesma.

Anônimo disse...

O problema não é a arma, mas quem carrega a arma.
A questão não é só: saber, ou não, manusear uma arma, mas “quem” vai manusear.
Pelo visto, a sociedade vai continuar na linha de fogo.

André disse...

Engraçado....quando ela necessitar vai chamar a policia..e será que ela vai exigir que eles venham com uma Bíblia,um bouquet de rosas e cheios de sorrisos para prender um marginal ou defenderem a sua vida e da família ?
Esta cidadã deveria aprender a ficar de boca fechada e não falar asneiras!!!

Aquiles disse...

O Estado deveria DAR DE GRAÇA pistolas 45 para os cidadãos que provassem aptidão psicológica e trinamento constante.

Só assim se acabaria, a médio prazo, com o genocídio nacional.

O RESTO É MASTURBAÇÃO SOCIOLÓGICA EMBUSTEIRA.

Anônimo disse...

Eu já atirei com esse tipo de arma e posso afirmar que não é prá todos,o sugeito tem que ter o braço firme, pois dá um coiçe e pode alvejar o que não se quer.
eduardo menezes

Luiz Vargas disse...

Este pessoal que se nutre de recursos públicos através de ONG's tem que ter uma bandeira e um discurso para justificar sua existência. E na realidade são defensores da bandidagem, que a nova língua PeTralha chama de "excluídos sociais".
Há uma lição básica ensinada pela história de Roma e que não mudou e nem mudará: "Se queres a paz prepara-te para a guerra".
A bandidagem pode possuir metralhadoras anti aéreas, bazucas e até mísseis stinger, já os policiais, de acordo com estas ONG's de m...., que se contentem com o 38 de cinco ou seis tiros.
Eu já escrevi para esta defensora de "excluídos sociais". Escreva vc também:
Coordenadora de Gestão do Conhecimento da ONG Sou da Paz : Ligia Rechenberg
ligia@soudapaz.org

Anônimo disse...

'ONG Sou da Paz': mais uma para iludir o proletariado em formação.
De que buraco sai esse tipo de personalidade?
Qual a formação na área de segurança e/ou policiamento ostensivo dessa mentecapta, para afirmar tamanha besteira?
Por ONGs dessa magnitude é que já entregamos metade da Amazônia brasileira, em nome de pseudas nações indígenas.
Chega de ONGs!
Que voltem para os braços das Fundações Ford, Rockfeller, Rotchild etc e... deixem-nos em paz.

Gaudêncio Sette Luas

Anônimo disse...

'ONG Sou da Paz': mais uma para iludir o proletariado em formação.
De que buraco sai esse tipo de personalidade?
Qual a formação na área de segurança e/ou policiamento ostensivo dessa mentecapta, para afirmar tamanha besteira?
Por ONGs dessa magnitude é que já entregamos metade da Amazônia brasileira, em nome de pseudas nações indígenas.
Chega de ONGs!
Que voltem para os braços das Fundações Ford, Rockfeller, Rotchild etc e... deixem-nos em paz.

Gaudêncio Sette Luas

NDSS disse...

Pois é, Polibio, veja só como são as coisas em tempos de esquerdopatia mentecapta. O policial, imbuído da doentia missão de prover segurança pública, passa muitos meses sob intenso e estressante treinamento teórico e prático, para estar apto a sair às ruas e lutar contra bandidos e bandos fortemente armados, servindo de escudo protetor dos brasileiros honestos e contribuintes. E como ele consegue isso? Com um "trezoitão" enferrujado e 2 ou 3 cargas de munição. Aí, quando surge enfim a bendita oportunidade de adquirir armamento mais pesado, o que possibilitará fazer frente ao equipamento usado pela bandidagem, em igualdade de condições, aparece algum parasita social e moral, desses tantos que ganham a vida defendendo justamente essa bandidagem e crucificando o policial, para dizer que o policial não sabe usar esse novo equipamento e que isso colocará a segurança da população em risco!
Quando vamos deixar (ou ser poupados) de ouvir imbecilidades como essa?
Por que essa tal Lígia Rechenberg, uma pomposa e cheirosinha coordenadora da ONG Sou da Paz, não vem a público explicar que são, na verdade, os seus bandidos particulares que levam o caos e total insegurança aos cidadãos de bem? Por que essa fulana de tal, que ocupa um carguinho que não exige nenhuma preparação ou conhecimento, salvo o domínio de uma encardida e raivosa ideologia de proteção ao crime, como todo comuna que se preze, não se junta às milhões de vozes que clamam desesperadas por segurança e por verdadeira "paz"? Quanto ganha uma fulaninha bem vestida para defender vagabundos e crucificar o policial, que, por sua, vez, ganha alguns poucos pilas para servir de escudo humano e defender a nossa sociedade, este sim com verdadeira ideologia e extrema dedicação ao salvamento de vidas?
Para essa parasita, assim como para tantos outros canhotos inúteis, qual é o valor da vida de um policial que tem de defender a sua e milhares de vidas com um "trezoitão" enferrujado?
Qual exatamente é o valor da verba que o Partido do Trambique repassa para essa hipócrita e nojenta "Sou da Paz" e tantas outras onguinhas que nada mais são do que ajuntamento de vagabundos prosélitos e nocivos à sociedade?
Alguém por favor diga (ou lembre) para essa imundície canhota, líderzinha dessa onguinha, boquirrota que é, que a musa da esquerdopatia doente, Manuela D'Ávila, a caloteira de campanhas eleitorais, comeu nas mãos da Taurus há bem pouco tempo.
Depois que essa socialistazinha de shopping center for lembrada desse e de outros detalhes da sua musa canhota, veremos se virá novamente a público dizer que "esta é uma demanda da indústria de armas".
Ora, faça o favor!
Vai trabalhar como todo bom e honesto brasileiro, parasita ongueira! E se tiveres culhões para tanto, te forme policial e saia às ruas para fazer algo verdadeiramente digno!
Policiais militares e civis, prestem bem atenção: prendam bandidos, e prendam muito. Mas toda vez que um bandido desses ousar levantar sua arma e atirar num policial, sentem o dedo! Não deixem vivos aqueles que tentarem tirar suas valorosas vidas. Se vocês os prenderem simplesmente, serão presos "respeitados" na cadeia por terem matados policiais. E quando saírem, matarão mais e mais policiais.
Ou vocês terminam com essa prática nefasta ou suas vidas passarão a valer menos do que a boca dessa socialistazinha ongueira, que procura os holofotes às custas do bom e honesto policial.

Anônimo disse...

Por causa de gente como essa senhora que pessoas inocentes estão morrendo nas rua, assassinadas por bandidos que possuem armamento muito mais poderosos que estes liberados pelo Exécito. Ela deveria saber que quem luta pela paz deve estar preparado para a guerra.

Anônimo disse...

Esquerdalha nojenta! Aos bandidos tudo e para o cidadao de bem nada.

Anônimo disse...

Esquerdalha nojenta! Aos bandidos tudo e para o cidadao de bem nada.

Anônimo disse...

Acho que antes de levar o vagabundo para a DP já mete uma bala na espinha dele pelo menos assim não vai mais encomodar quando ganhar a condicional.