CEO do Cais Mauá ainda não conseguiu levar o escritório para a zona portuária

Apesar de todas as notícias otimistas, o CEO do Projeto Cais Mauá, Mário Bertini, não conseguiu instalar sua equipe em site algum da zona portuária de Porto Alegre. O compromisso da GSS, do governo estadual e da prefeitura era iniciar as obras imediatamente, entregando alguma coisa durante a Copa 2014.

. O editor não acredita que as promessas sejam cumpridas, porque o projeto arrasta-se desde o governo Britto, portanto há 16 anos, sem ter saído do papel. 

2 comentários:

Unknown disse...

Gente colonizada e f..., ne? Entao o Gerente da Obra ou Empresa, pra tapuia colonizado, como os jornaleiros, é "O CEO"?

Arno Edgar Kaplan disse...

Tudo é difícil no nosso Rio Grande... Me digam o que é fácil ?