Entrevista - Eleição de SP demarca pretensões eleitorais para 2014

Trechos da entrevista de Celso Roma -politólogo, especialista em partidos políticos ao Estado de SP (25).

1. Lula avaliou corretamente o significado da eleição para a Prefeitura de São Paulo. O que está em jogo é a sucessão presidencial de 2014. São Paulo demarca o território de uma enfraquecida oposição ao governo federal. Se o PSDB perder a preferência dos eleitores paulistanos e se isolar de aliados em potencial como o PSD, o caminho para a reeleição da presidente Dilma Rousseff está pavimentado.

2. Se aceitar a indicação do partido para concorrer à Prefeitura de São Paulo, Serra sinaliza que abandonou o projeto de disputar a Presidência e abre a possibilidade de o PSDB, enfim, começar a costurar um consenso em torno da indicação de Aécio Neves para 2014.


* Clipping da newsletter diária de Cesar Maia, edição desta quinta-feira.

2 comentários:

Anônimo disse...

Quanta besteira, primeiro Lula não pensa, só rouba, segundo o nosso Atra$o Genro já fez isto antes, se candidatou a prefeitura de PoA e jurou perimptóriamente que não abandonaria a mesma, pouco mais de um ano e lá estava ele candidato ao Piratini... Naquela vez, por sorte dos gaúchos politizados ele não entrou, agora... é só lamentar e pagar a conta.

Daniel disse...

Este Cesar e aquele mesmo da Cidade da Musica, no Rio? Entao e um homem acim de qq suspeita. E quanto ao Serra abandonar sua pretensao de concorrer em 2014, caro blogueiro, é esperar pra saber. Mas saber que ele sera sim candidato.