Presidente do Clube Militar reafirma críticas a Rosário, Menicucci e Dilma

- A nota a seguir revela os bastidores das conversações entre o Presidente do Clube Militar, General Renato da Costa, e o comandante do Exército, sobre as críticas feitas há duas semanas às ministras Maria do Rosário e Eleonora Menicucci, como também à própria Presidente Dilma Rousseff. A mídia informou nos dias seguintes que a Presidente mandou seu Ministro da Defesa comunicar aos comandantes das três Armas para ordenar a retirada da nota de críticas postada nos sites dos clubes Militar, da Marinha e da Aeronáutica. Não houve ordem, esclareceu o General Renato da Costa, que confirmou a conversa com seu Comandante do Exército. A decisão de retirar a nota foi do general Renato da Costa, que, no entanto, na nota abaixo, confirma todas as críticas feitas às ministras e à presidente da República.

MENSAGEM AOS ASSOCIADOS

O Clube Militar dirige-se a seus Associados Militares da Ativa e da Reserva das Três Forças Armadas e Civis, para esclarecê-los e reafirmar sua posição, recentemente divulgada, em face de preocupações provocadas pelos pronunciamentos de autoridades governamentais, uma das quais vai de encontro a decisão do Supremo Tribunal Federal, pela manutenção da Lei da Anistia.
Estão sendo veiculadas opiniões, sentimentos e declarações que não retratam a realidade dos fatos, tentado criar a desarmonia e a divisão.
Não é verdadeiro que o presidente do Clube Militar tenha recebido ordens do Comandante do Exército para retirar a matéria do “site”, que em nenhum momento infringiu a hierarquia, a disciplina ou qualquer preceito da nossa Constituição. Houve uma conversa sobre o assunto, sem pressões, como acontece entre camaradas unidos pelo mesmo ideal.
A decisão foi pessoal do presidente, por entender ser o procedimento mais adequado naquele momento, uma vez que a discussão do assunto já tomara corpo na sociedade.
A retirada do documento da página do Clube não significou recuo nem que se desistiu de lutar, mantendo as tradições de 125 anos da “Casa da República”, que jamais serão maculadas.

Gen Ex Renato Cesar Tibau da Costa
Presidente do Clube Militar

10 comentários:

NDSS disse...

Sim, a coisa começa a ganhar corpo. É ainda um movimento muito sutil, mas já perceptível.
Tanto é verdade que, no núcleo do câncer desse partido repleto de comunas fedorentos disfarçados de "socialistas", já se manifesta uma certa preocupação com os rumos da insatisfação dos militares, através de seus clubes militares.
Não, petezada, não neguem que vocês tripudiaram e deliberadamente quebraram as Forças Armadas, assim como quebraram as Polícias Militares de todo o país, e, agora, começam a exalar o fedor nauseabundo do medo por terem, inadvertidamente, metido as mãos sujas justamente em quem não deviam... Não neguem isso!
Sim petezada, a coisa começa a ganhar corpo.
Quando os brasileiros fardados cansarem de tentar manter - a qualquer custo - a democracia e a liberdade, mesmo essa democracia e liberdade podres que só servem aos parasitas do pt (com minúsculas), vocês terão, sim, motivos para preocupações.
Afirmo e reafirmo que não gostaria de ver isso acontecer, mas sou um patriota e não suporto mais ver meu país e minhas instituições corroídas e solapadas por uma corja ensandecida, nem acho que os militares devam continuar sendo os bodes-expiatórios de nenhum porqueira inútil que pegue uma bandeira comunista e saia fustigando aleatoriamente, se achando o maior dos marxistas.
A história para a qual vocês entrarão, não é exatamente aquela a que vocês gostariam de pertencer.
Que pena!

Anônimo disse...

A Dilma que não cometa o mesmo erro do Jango, ou seja, não quebre a hierarquia militar, pois, nesse caso, ela dança. Os militares são disciplinados e estão engolindo esses desmandos feitos nos últimos governos, mas não tolerarão quebra de ordem e disciplina. Depois não adianta chorar !

Anônimo disse...

Papo pra boi dormir... Estão é com medo da búlgara, isso sim... Como se ela fosse capaz de fazer qualquer coisa...
Os militares deste país já foram mais honrados e valorosos, lamentável !

Anônimo disse...

Acho que os milicos(inativos) não deveriam dar tanta bandeira de suas inconformidades quando se trate de comissão da vardade,é isso que eles querem mesmo: Deixá-los loucos.

Anônimo disse...

Eu quero ver se o Dilmão tem coragem de decretar a prisão do Presidente do Clube Militar, o que vejo é que a medida que o estado de saúde de Lula deteriora o apoio incondicional dos partidos estão começando a diminuir e o Dilmão vai ter que acabar cedendo, pois seu carisma é zero, só se mantém no poder pela possibilidade de volta do Lula, o que vai diminuindo a cada dia.

Daniel disse...

Que bom que este General, nos atuais dias, saboreia a liberdade de expressao e o estado democratico. Este milico deveria nos brindar com algumas ilacoes a respeito do periodo em que ele, e seus pares, ofereciam a sociedade tapuia, que parece-me sente saudades, um regime golpista e censor.

Evandro Perez disse...

Bah Daniel, por favor, nos poupe das tuas tiradas burras e ignorantes... Pelas tuas palavras já deu pra ver que você não sabe NADA do que foi o período do militarismo no Brasil... Deves ser mais um daqueles que estudou em panfletinhos sindicais, cheios de mentiras e distorções da verdade.
Cresce Daniel e vai estudar...

Anônimo disse...

Até militares da reserva agora tem medo do PT e tiraram a nota oficial.
Falta coragem nos militares e políticos brasileiros.

RicardoBF

Anônimo disse...

Daniel, por que não te calas, falou m****

NDSS disse...

Bom, Evandro Perez, muito bom comentário!
Nosso comuno-petista Daniel, provavelmente um desses tantos barbudos “filósofos de boteco” que vagueiam por aí, não faz idéia dos verdadeiros motivos do golpe militar.
Daniel, por que tu achas que os militares tomaram o poder? Porque eram políticos? Porque queriam dilapidar as riquezas de nosso país, exatamente como fez Lula e seus esbirros, coisa que a Dilma continua a fazer?
Não, os motivos foram outros, e graças a eles os brasileiros não despencaram no mundo ”socialista” dos horrores!
Daniel, tu queres mesmo que esse corajoso general faça ilações sobre os anos de chumbo?
Muito cuidado, meu jovem, tu podes te decepcionar profundamente com a verdade e, no fim, não saber o que fazer com as historinhas de panfleto que te transformaram em um ferrenho defensor da imundície petista.
E aceite a sugestão do Evandro Perez: cresce e vai estudar!