Estudantes fascistas, mascarados, da USP, agridem jornalistas e tentam acabar com a democracia no Brasil

Delinquentes políticos da pior espécie travestidos em estudantes universitários, estes que você vê na foto ao lado, agrediram jornalistas na noite desta segunda-feira e madrugada de terça, na USP, São Paulo, porque foram flagrados desocupando pela força o prédio da reitoria.

. Mascarados como bandidos comuns, esses estudantes defendem o direito de se emboletar onde bem entenderem, uma das teses dos movimentos fascistas de esquerda que defendem.

- A luta desses delinquentes políticos estudantes é contra a democracia.

CLIQUE acima para ver a foto das agressões aos jornalistas, recebidos a pedradas pela minoria agressiva que  acha que pode se adonar para si de todo o espaço público.

12 comentários:

Anônimo disse...

Fascistas uma ova! Eles são é socialistas, mesmo!
Assim como Lênin, Stalin, Mao Tsé Tung, Fidel Castro e Tchê Guevara.
Socialistas da gema!

Anônimo disse...

O advogado do MST e os representantes dos Direitos Humanso já estão dando carteiraço na delegacia.... e a imprensa quietinha.

Anônimo disse...

"Emboletar", desde minha infância não ouvia/lia tal têrmo. A diferença é que uns se "emboletam" com substâncias proibidas e outros com álcool. A m.... é a mesma. A diferença é a hipocrisia.

Aquiles disse...

A PM paulista já prendeu e fichou estes vagabundos e delinquentes na Delegacia de Polícia, onde tiveram que tocar piano.

O próximo passo de Lei & Ordem será expulsar este meliantes da UNiversidade e obrigá-los a indenizar os cofres públicos pelas depredações ao patrimônio da USP.

Anônimo disse...

Os caras não querem a PM na USP ! Será que gostam de ser assaltados ? Ou será que querem liberdade para fazerem o que bem entendem ? Aí vem o ministro cara de pau criticar a atitude tomada, é brincadeira, querem é ver o circo pegar fogo !

Anônimo disse...

resultado da arrogância e tecnica da esquerda de destruir uma Nação; e estes que tem o previlégio do estudo e de um futuro profissional, saõ os debilóides que não aprendem nos redutos que frequentam, inclusive a universidade o civismo e a responsabilidade do saber, para o dever com a Pátria; são uns bostas.Como que uma Nação desta magnitude, poderá continuar sendo soberana? Que geração de merda esta, fruto da nova constituição se deram conta? Ainda bem que o Gabeira que não é covarde, nem burro, começou a contar a verdade, verdadeira, agora que eu quero ver lulas e zés dirceus, contrariarem este Gabeira.O mal que este PT, fez ao País e continua é inaceitável em todos os aspectos, tudo isto é refelexo da esculhambação oficial do Executivo com seus ministros corruptos, se juntaram ao Poder para desmoralização dos Brasileiros. Esta dos estudantes,e a palhaçada no RJ, é só ocomeço.

Anônimo disse...

Estudantes NÃO, mas SIM, DESOCUPADOS, VAGABUNDOS, SEM CONHECIMENTO DEMOCRÁTICO, FASCISTAS, UM BANDO DE DESORIENTADOS DE ORDEM E PROGRESSO, que só veem o seu próprio propósito, O USO DE DROGAS ILICITADAS E LÍCITAS, EM QUE PLANTAM A PRÓPRIA MACONHA NOS PRÉPRIOS DA USP. Os Funcionários da instituição que os apoiam, são a outra categoria do fascisco, aquele que fica só no incentivo pela desordem, que lucram nas barbas do governo, pelas drogas que lá vendem. FORA ESTUDANTES FASCISTAS USUÁRIOS E LADRÕES, FORA FUNCIONÁRIOS TRAFICANTES!!! SÓ O MILITARISMO PARA SALVAR A POPULAÇÃO HONESTA!!!

Mordaz disse...

Isto ocorre porque é uma universidade pública e os pais não se importam que eles lesem a nação. Tivessem em uma escola privada eles não deixariam seus filhos virarem maconheiros e drogas. Como é público, os pais não assumem os seus papeis.

Anônimo disse...

BANDIDOS, MACONNHEIROS E VÃNDALOS DO PT E DO RESTO DA ESQUERDALHA.
TEM PROFESSOR METIDO NISTO.

Anônimo disse...

Recomendo aos leitores e ao editor a lerem uma entrevista com um ¨estudante¨ da USP feita pelo jornalista Bruno Pontes do jornal O Estado. Acessem o www.midiasemmascara.com.br
Ali está a mais pura realidade dos estudantes brasileiros. Não percam.

Anônimo disse...

Bando de vagabundos mantidos com o dinheiro publico. Expulsão da USP e prisão já.

Anônimo disse...

E depois vão chorar nos braços do papi e oferecer florzinha pra polícia.