Saiba como a RBS mudou para apoiar Lula e Dilma

Os dois trechos a seguir (este inicial e o seguinte, que é o fecho do artigo), são da Carta Capital desta sexta-feira, publicação alinhada com o governo Lula e adversária jurada dos tucanos de qualquer parte do mundo. O editor resolveu destacar apenas as referências às mudanças de posição política da RBS, que já tinham sido percebidas aqui há mais tempo, mas não tinham sido reconhecidas por representantes do próprio campo que o grupo gaúcho passou a apoiar. O artigo começa a análise da posição da RBS com esta reflexão:

"Nodia 26 de dezembro, um anúncio institucional de página inteira, sob o título "O mundo está descobrindo o Brasil que você está ajudando a construir." apareceu no jornal Zero Hora. O texto do anúncio é o seguinte: "O mundo inteiro está descobrindo um país capaz de sediar uma Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos, que conseguiu sair da crise mundial muito antes que os outros, e que logo vai estar entre as cinco maiores economias do planeta. Esse Brasil, que é feito por você e que o mundo está descobrindo agora, é o mesmo Brasil em que a gente sempre acreditou. Em 2010, descubra algo novo em você também."

. A respeito do papel que a RBS jogará nas eleições, o caso ficará mais claro depois da leitura do que escreve o articulista de Carta Capital (ele desconsidera que a RBS "colocou" tres comunicadores seus em cada uma das tres principais chapas para o governo do RS):

"Se, de fato, o grupo RBS aderir à tese da continuidade, isso não significa que os problemas do governo Lula tenham acabado no Rio Grande do Sul. Aliás, é possível até que eles verdadeiramente tenham início, dependendo de como isto venha a se processar. Uma das hipóteses recorrentes no Estado é que o grupo RBS faz tempo deixou de dar as cartas. Por estar perdendo audiência e leitores, e principalmente prestígio, dia a dia (tal como o PIG nacional), suas ações não estariam guiadas por uma estratégia ou convicção, mas pelo desespero da falta de recursos para dar conta dos compromissos no final de cada mês. Ao ver o caixa do Estado falido, o grupo RBS estaria se voltando rapidamente para o caixa federal.Pode ser. E pode ser também que o Rio Grande do Sul não tenha grande importância no contexto nacional nos dias de hoje. Porto Alegre, menos ainda. Mas o governo Lula deveria se preocupar muito mais com o que está acontecendo por aqui. Porto Alegre tem tudo para ser o calcanhar de Aquiles dos sonhos de continuidade do governo federal. Yeda é um desastre estadual e Dilma Rousseff é um sucesso nacional. Mas se não tiver apoio em sua própria casa, como a mãe do PAC poderá pedir apoio na casa dos vizinhos?

Por Paulo Cezar da Rosa (+ http://tucanoalstom.blogspot.com/2010/01/caso-alstom-e-os-tucanos-ministerio.html )

20 comentários:

Arno Edgar Kaplan disse...

Em toda história da humanidade, sempre houve oportunistas. Não seria diferente, agora. Não contemos com eles...

Oswald disse...

Dilma um sucesso nacional? Por favor...

Justiniano disse...

A rede baixo salário (RBS) está perdendo progressivamente excelentes jornalistas para a rede Globo, pois quem quer crescer profissionalmente e monetariamente, sabe que o caminho é Rio e São Paulo, assim ficam por aqui os acomodados, aquelas loiras platinadas mantidas pelos maridos, assim como aquela com sindrome de Alice, que as rugas já aparecem e o Falcão que pague os cosméticos. Sem verbas do "país de tolos" a RBS morreria a mingua, os sirotsky, foram sempre chapa branca, cresceram na ditadura colocando retransmissoras em todo RS, assim como FHC cedeu inúmeras concessões em SC, a propósito depois do FHC, qual foi a mais nova retransmissora em SC?? No governo Lula não ganharam consessões!!! Algumas retransmissoras regionais não tem propaganda, uma na região noroeste e outra no oeste do estado, só passa propaganda da Som Livre e de mensagens da Globo, no horário das novelas, sinal de crise, tirando aquelas de regiões industriais e cidades comercialmente ativas, as demais devem viver no vermelho direto. Como a Yeda fez bem em não gastar em propaganda, a RBS viu seu caixa minguar, além do mais com escandâlo do Detran, até os programas da rádio Gaúcha patrocinados pelo Detran, sentiram o baque. Tirando o Jornal Nacional (mas o melhor mesmo é o da Band)e o bloco local do jornal do almoço, troco para o bate bola da Band-RS.

nelson disse...

Dilma ,sucesso nacional?Espere aí,idiota é quem escreve uma asneira dessas,não quem a lê.

Anônimo disse...

Dilma é um sucesso nacional????Quá,quá,qua! Onde é que esse jornalista vive, em outra dimensão? Não se fabrica e nem se fornece carisma a alguém, a mãe do PAC tem a simpatia de uma pedra, tenho pena dos marqueteiros que tentam torná-la mais palatável ao eleitorado brasileiro.

Anônimo disse...

No plano estadual os tios vão continuar querendo ter um ex-empregado no Piratini.
E ficam até sendo vizinhos de porta lá em Gramado.
Essa proximidade, até com portãoszinho entre os dois terrenos, já facilitou muitas situações.
Ajudou até mesmo quanto foi preciso fazer algumas chamadas mais severas.

Anônimo disse...

Há muito que a RBS assume posições tendenciosas e que não servem de parâmetro para nada, ou melhor, só para saber o que não se deve fazer!

Anônimo disse...

Dilma é uma farsa nacional, pensa tanto quanto um cágado, basta ver suas sábias palavras proferidas em Copenhague, fez tremer até as pirâmides do Egito. Por ser muito incompetente utiliza-se da força e da autoridade como argumentação, em resumo tem todas as características de um ditador e felizmente não é gaúcha, fato este que temos a lamentar em relação a Tarso Genro que é gaúcho de nascimento mas não tem alma gaúcha, na verdade nem tem alma, é um mero títere ideológico a serviço de um plano de poder que quer mais que o RS exploda, já prejudicou muito o RS com sua sórdida e amoral campanha contra a governadora Yeda, usando de todos os meios lícitos e principalmente ilícitos para atacá-la, utilizando-se despudoradamente de sua desaparecida filha como laranja nesta trama. Quanto à RBS, perdeu o trem da história, não tem mais identidade e, casualmente, é o jornal mais lido pelas esquerdas. No meu serviço os esquerdistas disputam Zero Horas, já democratas como eu , nem tocam nela, exceto para ver os classificados, muito eventualmente.

atento disse...

RBS "NÃO TEM QUERER"

As redes de rádio e televisão, DEPENDEM DE CONCESSÃO DO GOVERNO,(e das TETAS também)YEDA botou ordem no galinheiro,secou a fonte perto e fácil;as concessões para funcionarem,são dadas pelo governo,e sempre "em caráter precário" ou não, podem ser cassadas como faz Chavez na Venezuela,e como fez Fidel em cuba,faz com que fiquem puxando o saco do governo,enquanto "o café deste governo estiver quente".
As milhares de retransmissoras cujas licenças são dadas e tiradas pelo governo se constituem em ferramenta de influência sócio- econômica,e de dominação política,"apagando" figuras de políticos não interessantes, e endeusando semianalfabetos e promovendo "múmias" como "A MÃE DO PAC".
Acompanhei ao longo de décadas, e desde o princípio, a implantação das retransmissoras da RBS que se espalhou pelo interior, conquistando os "corações" que agora estão perdendo, pela falta de veracidade das informações que veicula,e das verbas que minguam na razão inversa da veracidade:
"QUANTO MAIS MENTEM E ILUDEM,MENOS CREDIBILIDADE E MENOS PUBLICIDADE EPATROCINADORES"

O "MONSTRO" é esfomeado,requer faturamento a qualquer custo;SE O VENTO VIRAR PARA OS TUCANOS,VIRARÃO TUCANOS TAMBÉM,COMO FAZ A SALAMANDRA PARA SOBREVIVER.

MAIS ANTIGO QUE ANDAR A PÉ!

Anônimo disse...

Mias uma barrigada da RBS

Na madrugada, ZH online publicou uma matéria na qual afirmava:

"Exigência de caminhão de Bombeiros nos estádios ameaça início do Gauchão
Presidente da FGF convocou clubes para reunião na terça e promete nota de repúdio à atitude do Governo"


Na matéria, afirmava que o Governo do Estado exigia que os clubes instalassem hidrantes e ainda, um caminhão de bombeiros durante os jogos.
Também afirmava que a federação gaúcha de futebol emitiria na terça-feira "uma nota de repúdio contra o governo do estado"


Logo depois, a matéria foi desmentida pelo coronel Trindade, que afirma que jamais fez tais exigências aos clubes, e muito menos, ameaçou adiar o início do campeonato gaúcho.

também o presidente da FGF, Chico Noveletto, desmentiu a RBS, afirmando que nunca especulou a tal nota de repúdio contra o governo do estado, e também desmentiu que a exigência de hidrantes tivesse sido feita pelo Governo. Afirmou, sim, que tal exigência é feita pela CBF.


http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default.jsp?uf=1&local=1&section=Esportes&newsID=a2772940.xml


http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default.jsp?uf=1&local=1&section=Esportes&newsID=a2773025.xml

Paulo Bertels disse...

Como assim, Yeda um desastre estadual??? Junto com o Brito é a melhor governadora dos últimos 30 anos?!!!!!!!

N67 disse...

Eu acompanho o blog da Rosane de Oliveira há tempos. Observei de uns anos prá cá, que ella(rosane) postava todos os comentários que atacassem a Yeda e o Fogaça, inclusive com desaforos, atacando a própria família da governadora. Eu qdo postava um comentário atacando o ladrão do governo Lulla(é o governo mais corrupto de toda a história da república) a Rosane excluia meu comentário. Com o tempo fui me dando de conta que algo tava sendo tramado por ella e pela RBS. Agora cada dia mais está sendo comprovado do que a RBS é capaz. O pior é que os petralhas atacam a RBS dizendo que ella é tucana....kkkk...só rindo mesmo p/não chorar.

Anônimo disse...

Referente ao "Decreto de Lula (Vanucchi-Tarso) instaura a ditadura imediada no Brasil" , vale a politica aplicada à manada (80% favoráveis) do "se colar, colou". É a politica de corredor... comunicamos e vamos ver o que dá, se for tolerável no entendimento da manada seguimos, caso contrário, vamos buscar alguma explicação para e tentaremos logo mais de forma diferente...

Sds,
João Eduardo

Anônimo disse...

Por problemas de poluição sonora não consigo mais sintonizar a Rádio Gaúcha, que era muito importante para mim. Agora não faz falta ,deixei de ler a ZH e vou cancelar a assinatura do Pioneiro. Quem está mancomunado com o governo lula e ... não tem credibilidade.

Anônimo disse...

D.Rosane é uma coitada, só escreve o que seu patrão quer, sua velhice vai ser dura, só vai ter os sobrinhos para contar suas estórias e lorotas do governo Lulla.

Anônimo disse...

Prezado Jornalista Polibio Braga, boa tarde.Faço questão de chamá-lo de jornalista porque o és na acepçao do termo.
Para os amigos comentaristas que não sabem: o editor-chefe da revista Carta Capital é MINO CARTA,um dos mais ferrenhos comunistas que conheço de há muito.Portanto, não estranhem os "elogios" à PACA do Planalto.
Quanto ao Grupo RBS de Comunicação,está acabado de vez.É o preço que paga por ter optado em apoiar,incentivar e promover o lulo-petismo e, por via de conseqüência,desfazer-se dos excelentes jornalistas,repórteres e outros profissionais competentes - e independentes - em detrimento de um jornalismo esquerdopata falido.
Hoje vemos o jornalismo do Grupo RBS trazer à midia dois tipos de argumentos: "os SOFISTAS e os PAROLOGISTAS.Aqueles,objetivam ENGANAR o leitor em vez de PERSUADIR. Este,limitam-se a FALSEAR A VERDADE."(cf. Jarbas Passarinho,in Jornal do Grupo Inconfidência,pag.5,ed. nº.147/2009).Pois o que se observa linha editorial do jornalismo do Grupo RBS é a prática do parologismo.
Vendeu-se cedo demais à sanha comuno-fascista do PT. É a autodestruição. Agora,que pague a conta...
Abraços.
Jota-Efe

Anônimo disse...

Estou cansado da falta de veracidade da RBS.Estou farto do eterno papa-defunto Elói Zorzetto.Estou farto da quase cinqüentona Cristina Ranzolin e daquelas loiras inócuas.Farto!
Notícias,nem pensar! Na verdade são apenas locutores sem expressão jornalística alguma.Pensar para quê? Bom é retocar a maquiagem no intervalo daquele jornaleco insosso.
Lazier Martins,depois de levar um choque na Festa da Uva,nunca mais foi o mesmo:só usa gravata vermelha para agradar o patrão Franklin Martins.
Zero Hora,jamais! Não entra na minha casa nem para forrar o cocô do meu cãozinho.
Mudei de canal!

Anônimo disse...

Um tal de Parente já percebeu tudo e caiu fora a tempo da direção desta empresa. Interessante é ainda um exdirigente do BC ter entrado de sócio (Acho que não estou enganado). Foi na conversa do Parente, excolegas. Deve estar arrependido.

Anônimo disse...

Aí está bem claro o exemplo do porque o GOVERNO FEDERAL proibiu a propaganda dos Cigarros e das bebidas alcoolícas.
O resultado é a peregrinação da mídia atraz de verba de publicidade no seu maior parceiro, o próprio governo federal...

Facil né?

Será que o Cigarro e a bebida fazem tanto mal assim???

por falar nisso, só fumo quando bebo...hehehe

Surfista Prateado disse...

Olha, qualquer análise desse sujeito fica desqualificada quando ele diz que Dilma é um "sucesso nacional"...