Dica do editor - Vale a pena entender este maior escândalo do atual governo do PT

 Melhor ir diretamente aos 19h43min da entrevista.

Nesta entrevista, Ciro Gomes faz esta denúncia, avisando que ninguém da imprensa reverberará: o governo lulopetista vendeu precatórios para dois bancões, tudo com deságio de 50%, e em seguida, rapidamente, depositou R$ 93 bilhões para que a Justiça Federal pague os portadores pelo valor de face, ou seja, por 100%. É assim mesmo ? Ciro Gomes diz que o escândalo é maior do que o escândalo do Mensalão ou do Petrolão.

12 comentários:

Anônimo disse...

Não me surpreende nada. O PT é o partido da corrupção. O que me surpreende é que alguns casos de corrupção tenham “vazado”, mesmo com o atual controle exercido sobre a mídia e as instituições.

Anônimo disse...

Esperar o que de um governo desses, cheio de gente honestíssima...??????????????

Anônimo disse...

Fugitivos de Mossoró.
600 policiais, helicópteros, cães, tudo custando milhões de reais do dinheiro público. A REDE GLOBO VAI ENCONTRAR OS FUGITIVOS ANTES DA POLÍCIA

Anônimo disse...

epoca do ano que me causa nojo

Anônimo disse...

ora, ora,
GG RRRA AAA NN DD E, grande mesmo, NOVIDADE !
onde ja´se viu petralhentos sem roubo ?

Anônimo disse...

e, e, e,
e, cuantoquié UM TERÇO de 93 bilhÃO ?
dízimo é coisa do tempo do 1 e do 2 !!!

Anônimo disse...

Ciro e Gabeira que fizeram o L agora vem com vonversa fiada, vá enganar outro, essa conversa fiada não vai me convencer um milímetro.Nas próximas eleições estarão juntos e misturados como sempre tiveram.

ganhatudo disse...

Queria entender.
Que eu saiba o governo não vende precatórios.
Quem vende os precatórios são as pessoas ou empresas titulares desses precatórios.
Então o que pode ter ocorrido é que esses titulares tenham vendido os precatórios com deságio, confiando que haveria segurança jurídica na programação dos pagamentos de precatórios.
Os bancos sim é que adquiriram esses precatórios e podem ter conseguido o favorecimento do governo que antecipou as datas de resgate desses precatórios.
Então a nergociata pode estar aí.
Como a proximidade desse governo com os bancos é total, os banqueiros podem ter convencido o governo nessa antecipação.
E quanto custou isso?

Anônimo disse...

E eles querem porque querem prender o Bolsonaro.
Gente habilitada pra negociatas.

Anônimo disse...

Como você pode confiar numa pessoa que acusa o Bolsonaro de ser genocida, essa mentira propagada pela esquerda durante as eleições com um só objetivo de derrubar o Bolsonaro?
No inicio da pandemia ninguém sabia como tratar o Covid. O único medicamento específico conhecido disponível era a hidroxicloroquina que, vejam só, a esquerda boicotou sistematica e orquestradamente, no mundo inteiro para causar muitas mortes e pavimentar a chegada das vacinas assassinas.
Depois apareceu a ivermectina que mostrou ser mais eficáz do que a hidroxicloroquina e a esquerda continuou boicotando sistematica e orquestradamente no mundo inteiro para que o Covid continuasse a produzir milhares de mortos.
Foram todos seus camaradas de esquerda que fizeram isso Ciro, e você junto com eles. E vem chamar o Bolsonaro de genocida? Começou mentindo.

LF disse...

Prezado! O Ciro, desta vez, tem razão. Basta o MPF checar a "venda" de precatórios entre os credores da VARIG/FRB (cerca de 1.800) a um só banco. Aliás, banco notório financiador de campanha de um partido político, cujo seu presidente já esteve preso envolvido na operação lava-jato. O intermediário dessa transação dos precatórios está trabalhando agora para uma estatal de SP. Detalhe: o deságio no caso da VARIG/FRB esteve em torno de 80%. O Brasil, definitivamente, não é para amadores.

Anônimo disse...

Essa eu não entendi. Os precatórios são débitos do governo e não créditos. Vender débitos? Preciso de explicação mesmo.