"Adoro teu pau preto !", diz trecho de "O Avesso da Pele", obra que Eduardo Leite mandou disponibilizar aos alunos do RS

O livro "O Avesso da Pele", do escritor Jeferson Tenório, Porto Alegre, cujos exemplares estão sendo distribuídos em todo o País pelo governo lulopetista, terá que ser utilizado nas aulas de ensino médio da escola de Santa Cruz do Sul, RS, que protestou publicamente e recolheu 200 exemplares, tudo por ordem do governador Eduardo Leite (leia mais, abaixo). A professora Janaína Venzon, diretora de escola estadual Ernesto Dorneles, da cidade, vetou o uso, por considerá-lo inapropriado.

Em uma das passagens, o livro usa termos chulos para se referir aos órgãos sexuais masculino e feminino. “Vem, minha branquinha”, diz um trecho do material. “Vem, meu negão. Chupa a tua branquinha. Chupa o teu nego. Adoro a tua pele branquinha. Adoro a tua pele, meu nego. Adoro tua buceta branca. Adoro teu pau preto.”

Pais, mestres e alunos protestam nas redes sociais. A obra tem mais de 50 trechos com palavrões pesados e cenas de sexo explícito da pior espécie.

20 comentários:

Anônimo disse...

Dentro do padrão da bixa transloucada !!

Anônimo disse...

Isso é obra???…. Isso é lixo… como toda a cultura contemporânea.

Anônimo disse...

Imagina pit bicha e pit bitoca vendo porno de kid bengala.. uiiii

Anônimo disse...

Mito pode!
Em discurso no plenário, o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) disse ontem que só não cometeria estupro contra a deputada Maria do Rosário (PT-RS) “porque ela não merece”. O ataque ocorreu depois de a petista usar a tribuna da Câmara para comemorar o Dia Internacional dos Direitos Humanos e tratar da entrega do relatório final da Comissão Nacional da Verdade (CNV). É a segunda vez que Bolsonaro ofende a ex-ministra da Secretaria de Direitos Humanos ao fazer uma relação com estupro.

Anônimo disse...

Bem, tem gente q de piroca entende tudo. Daí a coisa vai crescendo, crescendo.... até ficar bem duro kkkk essa deve ser a didática desse livro pornografico. Cadê o MPF, o Juizado da Infância e Juventude? Sendo petralha pode tudo? Esse é o sentido sa DITADURA BOLIVARIANA implantada com a conivência paga da IMPRENSA COMPRADA??

Anônimo disse...

Puxa… nem uma palavra sobre o cu?
O cu não sai da boca - ou a boca não sai do cu - da esquerdalha. Haja vista o arrombado que xinga você, Polibio.
Que milagre é esse agora?

Anônimo disse...

Ele adora um da cor branca…..

Murilo disse...

Esse Tenório odeia os brancos do sul ...

Carlos Alberto disse...

É uma canalhada só. Dá asco dessa gentalha.

Carlos Alberto disse...

É uma canalhada só. Sá asco dessa gentalha.

Anônimo disse...

Vamos aos fatos e as verdades. Esse livro ganhou o prêmio Jabuti de literatura e foi aprovado para uso didático, no PNLD, em 2021. Portanto, ainda no governo do Bolsonaro. E está desde então aprovado para distribuição, mediante requerimentos firmados pelas próprias escolas solicitantes.

aparecido disse...

ALguém de Pelotas deve ter lido o livro dez vezes..kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.. adorando...

Anônimo disse...

12:50. Aqui tu não engana ninguém petralha.

Anônimo disse...

Se vocês gostam de um pau preto o problema é de vocês. . Mas deixem as crianças em paz seus Fdps !

Anônimo disse...

Escritorzinho de 5a categoria esta tendo seus 15 minutos de fama. Certamente dirá que estão sendo racistas seus julgadores.

Anônimo disse...

Acho é pouco, votaram nessa figura, o aguentem!!!

Anônimo disse...

Descobre-se agora que o livro foi aprovado pelo MEC em 2022, em pleno governo Bolsonaro e que foi a direção da escola que escolheu este entre dezenas de outros livros disponibilizados. Nada foi imposto. Ou seja, ninguém leu nem lá no MEC, nem na escola.

Anônimo disse...

Eduardo Leite não tem escolha! Deve, querendo ou não, obedecer a ordens!

Anônimo disse...

Está bem registrado e documentado. Livro escolhido pela gestão Bolsonaro entre os anos de 2021 e 2022 indicado para alunos do ensino médio. Somente chega na escola através de SOLICITAÇÃO da diretoria. Coisa feia propagar informações erradas, ainda mais um semhor idoso. Devia ter mais responsabilidade.

Anônimo disse...

Claro que vc sabe que o livro foi escolhido no governo bozo