Lula chama Moro de canalha, que reage: "Lula, você é um ladrão vagabundo. Eu te botei na cadeia !".

Esta é a lista da rafuagem que Lula recebeu para falar o que quis, sem confrontação: LAURA CAPRIGLIONE, da Rede Jornalistas Livres; LUIS NASSIF, do GGN; RODOLFO LUCENA, do Tutaméia; MAURO LOPES, do Brasil 247; PAULO DONIZETTI, da Rede Brasil Atual; JOSE CASSIO, do Diário do Centro do Mundo; IVAN LONGO, da Revista Fórum; EDUARDO GUIMARÃES, do Blog da Cidadania.

Na conversa durante a qual ninguém falou sobre suas roubalheiras, Lula chamou Moro de Canalha.

Sérgio Moro deu o troco na mesma Hora:

- Canalha é quem roubou o povo brasileiro durante anos e quem usou nosso dinheiro pra financiar ditaduras. E quadrilha é o nome do grupo que fez isso, colocado por você, Lula, na Petrobras. Você será derrotado. Só ofende pois não tem como explicar a corrupção no seu Governo.

Em versão livre, disse o ex-magistrado da Lava Jato:

- Não esqueça que eu sei como, quando e quanto você roubou durante os governos do PT. Fui eu quem te votou na cadeia como ladrão.Lula, você é um ladrão vagabundo, eu te botei na cadeia.

63 comentários:

Luiz disse...

Lula na cadeia já...!!!

Anônimo disse...

Na briga entre Moro e Lula eu torço pela briga.

Anônimo disse...

ATO INSANO E PERIGOSO...
VOCÊ DARIA AS CHAVES DA SUA CASA NAS MÃOS DE UM LADRÃO ? SAIBA QUE VOTAR NO LULA É A MESMA COISA !!!

Anônimo disse...

Eita que tá bacana a coisa…
Aiiimmm …Bolsonaro também é grosso…
Queridos, o candidato de hoje é o presidente de amanhã…

Anônimo disse...

Lula acusando alguém só podia acontecer no Brasil, eu particularmente não acredito em uma palavra do lula, posso compara-lo aqueles caras que enganam incautos com o golpe do bilhete premiado.

Anônimo disse...

Bolsonaro e Moro tem 65% dos votos válidos. Ganharíamos no primeiro turno, até com os gatos embaixo da mesa.

Fábio disse...

Esta encenação não vai durar muito.

Fabio Reis disse...

eu so to vendo o circo q serao essas eleicoes.

realmente , NAO tem muito o q pensar p votar.

Bolsonaro deve ficar onde esta por mais 4 Anos.

Anônimo disse...

Vc o prendeu para o teu ex chefe ganhar a presidência. Hoje as condenações de Lula, nosso próximo presidente, estão todas anuladas!

Delcio Tonin disse...

Imagina quando começar a campanha, só não vale dedo no .....

Anônimo disse...

com certeza nao foi o Moro que escreveu isso. ele nunca fala assim.. deve ter sido a mulher dele (q manda nele).

Anônimo disse...

Palmas para o Moro. Lidar com petralha tem que ser nesse nível de debate. Só assim eles entendem

Anônimo disse...

JÁ QUE OS PETISTAS QUE USUALMENTE ESCREVEM P ESTE BLOG
TIPO ZAPELINO QUE SE NÃO TOMA SEUS REMEDIOS DIARIAMENTE ENTRA EM ESTADO DE DEMENCIA E COMEÇA VOMITAR MERDA.
DIGO EU QUE O MORO DISSE TUDO O QUE BOLSONARO QUERIA MAS NÃO PODIA DEVIDO AO SEU CARGO NÃO PODER DIZER COM ESSAS PALAVRAS.
MAS É BEM FEITO PARA ESSE CACHACEIRO PARA FICAR NO LUGARZINHO DELE.

Anônimo disse...

Esse debate vai ser lindo qdo ao vivo na TV. Lula ladrão teu lugar é na prisão. Quero ver a cara desse sem caráter, o velho LULADRAO.

Anônimo disse...

O velho teatrinho das tesouras.
Dois esquerdinhas fingindo serem inimigos políticos. Esse joguinho nao engana mais ninguem.

Anônimo disse...

Mesmo que eu faço parte do gado,Eu apoio o que o Moro disse.Bota esse canalha na cadeia de novo Moro!

Anônimo disse...

-
não aprecio muito esse tal de moro,

mas sou forçado a concordar PLENAMENTE

com sua afirmação, pois totalmente VERDADEIRA:

" ... você É UM LADRÃO VAGABUNDO ... "

L.A.D.R.Ã.O _ e _ V.A.G.A.B.U.N.D.O !!!

Anônimo disse...

O pior, disto tudo, é ter de aturar um ex-presidiário, posando e falando todo este monte de bobagens... Brasil não é para amadores.

Anônimo disse...

jogo ensaiado pra tentarem protagonizar a cena eleitoral e polarizar entre eles...

dois coitados...

Anônimo disse...

OLha o dobradinha. O Moro só vai tentar tirar votos do Bolsonaro para não ser eleito no primeiro turno. Vejam o calculo:
O Bolsonaro tem entre 60 e 70% dos votos. Lula tem garantido entre 20 e 30. Não sobra mais do que 10% para o Moro. O Moro nunca ganhará do Lula apoiado pelos petralhas.
Tem muito petralha aí, não é, ZAPELINO?

Anônimo disse...

MULA É HOMEM HONESTO. HOUVE ROUBALHEIRA, E DAÍ? QUEM ROUBOU FORAM OS GERENTES DA PETROBRÁS E DE OUTRAS ESTATAIS E TAMBÉM NOS MINISTÉRIOS. LULA É INIMPUTÁVEL, NÃO SABIA DE NADA E NEM ESTENDIA O QUE ESTAVA ACONTECENDO. E SE SOUBESSE NEM LEMBRARIA DEVIDO AOS PROBLEMAS COM O ALCOOL. MULA É O HOMEM QUE PRECISAMOS NA PRESIDÊNCIA !

Anônimo disse...

tomará um processo, no 5tf, por calúnia de difamação ( faiquenius )

Anônimo disse...

POIS É....UM NÃO TEM MAIS PODER JURÍDICO NENHUM E O OUTRO BAITA MAFIOSO LADRAVAZ SOLTO PELA PÉROLA DO STF. LAMENTAVELMENTE ESSE É O BORDEL CHAMADO BRASIL!!!! A ESQUERDA TERÁ UMA AMARGA SURPRESA NESTE ANO...QUEM VIVER VERÁ E NÃO É BRINCADEIRA NEM MIMIMI!!

Anônimo disse...

Vai ganhar é uma ova, o povo pode até não gostar do atual presidente, mas votar em ladrão e corrupto é demais

Anônimo disse...

Lula também disse que o apartamento do Guaruja nao5era dele e depois que arquivaram o procesdo ele está pedindo devolução do dinheiro gastos em reformas no apartamento, ora não era dele em justiça? E o mensalao nao goi os diretores da Petrobras qye inventou, será que os petistas acrefitam em suas próprias defesas para o lula?

ZAPELINO B disse...

Esqueceste que Já Ir BOSTONARO é assim assim com o LULLADRÃO - até plaquinha em seu apoio levantava na Câmara e também declarava seu voto no LADRÃO. Além do MAIS, junto com Gilmau BEIÇOLA, totó Foli e Pilantrowski, etc., tirou-o da CADEIA!!!
BOZÓ É LULLADRÃO são as duas faces da mesma moeda!!!
BOSTOMINION IDIOTA, nem sabes o que escreves!!!
BOZÓ e LULLADRÃO, juntos na CADEIA!
SÉRGIO MORO É A ÚNICA SOLUÇÃO!!!

Anônimo disse...


é preciso MUITO cuidado com essas tais de 'urnas' 'eletrônicas' tupiniquins.

a caterva de dissimulados que as manipula já mostrou a que veio, sua real disposição;

a mim não merece qualquer resquício de integridade.

Anônimo disse...

Lava Jato protegeu Álvaro Dias, padrinho de Moro e Dallagnol na política:

Trata-se de mais um exemplo de como a operação foi um esquema para perseguir inimigos e resguardar aliados

19 jan 2022 - ConJur

O senador Álvaro Dias (PR), padrinho da filiação do ex-juiz Sergio Moro e do ex-procurador Deltan Dallagnol no Podemos, foi protegido pela "lava jato". Trata-se de mais um exemplo de como a operação foi um esquema para perseguir inimigos e resguardar aliados.

A revista Veja informou, nesta segunda-feira (17/1), que Álvaro Dias — que costuma se gabar de nunca ter sido investigado pela "lava jato" — foi mencionado como destinatário de propina em inquérito aberto pela autoapelidada força-tarefa da operação. Contudo, a investigação ficou parada por três anos.

O inquérito, que foi iniciado na Justiça Federal de São Paulo, abordava os operadores Adir e Samir Assad, empresas controladas por eles e o ex-advogado da Odebrecht Rodrigo Tacla Duran. O procedimento continha um e-mail supostamente enviado por Samir Assad para funcionários da Odebrecht que falava de acertos milionários de propina com parlamentares.

Um deles era Álvaro Dias — supostamente apelidado de Alicate nas planilhas da empreiteira —, que teria pedido R$ 5 milhões para não levar adiante os requerimentos de quebra de sigilo, feitos por ele, que atingiriam as empresas de Adir Assad na CPMI do Cachoeira. À época senador pelo PSDB, Álvaro Dias integrava a comissão.

Como senador, Dias tinha foro por prerrogativa de função no Supremo Tribunal Federal. Ainda assim, a 6ª Vara Federal de São Paulo não enviou o inquérito para o STF, e sim para a 13ª Vara Federal de Curitiba, em fevereiro de 2018. À época, o juízo era titularizado por Sergio Moro.

Os autos chegaram na vara de Moro em agosto de 2018 e ganharam nova numeração. A partir daí, diz a Veja, ninguém mais soube do andamento do inquérito. A Câmara dos Deputados enviou ofício à Procuradoria-Geral da República perguntando se a investigação havia sido remetida ao órgão, uma vez que envolvia um senador, mas também não obteve respostas precisas sobre o caso.

A 13ª Vara Federal de Curitiba informou a Veja que, em 6 de maio de 2021, o inquérito foi devolvido à 6ª Vara Federal de São Paulo — sem ter sido remetido à PGR, o que deve ser feito quando envolve autoridades com foro especial. Procuradores de Curitiba requerem a remessa à origem sob a alegação de que "não foi constatada conexão com a operação 'lava jato'". Como a investigação está sob sigilo, os integrantes do Ministério Público Federal não informaram o que foi feito com os indícios que apontavam pagamento de propina para Álvaro Dias.

A Veja questionou o MPF do Paraná sobre que medidas investigativas foram tomadas durante os três anos em que o inquérito ficou por lá. Em resposta, o órgão declarou que "os procuradores da República atualmente responsáveis pelo caso 'lava jato' não se manifestarão sobre os atos processuais da extinta força-tarefa". A autoapelidada força-tarefa era coordenada por Deltan Dallagnol — hoje também filiado ao Podemos....

Anônimo disse...

lula é ladrão e quem o apoia, apaia o crime.

Anônimo disse...

Prerrogativas defende investigação do TCU sobre contrato de Moro com consultoria Alvarez & Marsal:

"Trata-se de uma apuração absolutamente pertinente", diz o grupo de juristas

19 jan 2022

247 - O grupo Prerrogativas, formado por juristas, professores de Direito e profissionais da área jurídica, divulgou nesta quarta-feira (19) nota em que apoia a investigação do Tribunal de Contas da União (TCU) sobre o contrato do ex-juiz parcial Sérgio Moro com a empresa estadunidense Alvarez & Marsal, que administra a recuperação da Odebrecht.

"Não se pode ignorar o vínculo umbilical da atuação judiciária de Sergio Moro com o destino da gestão do grupo Odebrecht, razão pela qual jamais poderia passar a obter vantagens financeiras justamente da empresa de consultoria que veio a ser nomeada para a rentabilíssima função de administradora judicial desse conjunto de empresas", diz o Prerrogativas.

Em despacho datado desta terça-feira (18/1), o ministro Bruno Dantas, do Tribunal de Contas da União (TCU), garantiu ao Ministério Público de Contas, representado pelo subprocurador Lucas Furtado, "acesso integral" às informações do contrato. "Não há razões para impedir o amplo acesso ao acervo documental do processo", escreveu o ministro em seu despacho.

Anônimo disse...

Crise no Podemos aumenta e Moro pode ficar sem palanque do partido no Paraná:

Ironicamente, a crise política de Moro vem justamente de onde ele se projetou para a política, o Paraná -- por meio da "República de Curitiba" --, e o Podemos

19 jan 2022

247 com Carta Capital - A crise que afeta o Podemos ganhou nesta quarta-feira (19) contornos rocambolescos no Paraná, estado do senador Álvaro Dias e do ex-juiz suspeito Sergio Moro, pré-candidato do partido à Presidência.

Conforme antecipou CartaCapital, dirigentes regionais e deputados da sigla estão insatisfeitos com os rumos da candidatura de Moro. Um dos grandes motivos é a implosão de acordos regionais, com palanques e chapas já encaminhadas para apoiar Lula ou Bolsonaro.

Ironicamente, a crise política de Moro vem justamente de onde ele se projetou para a política, o Paraná -- por meio da "República de Curitiba" --, e o Podemos.

A trinca que estava acertada no Partido consistia em: o ex-prefeito de Guarapuava Cesar Silvestri Filho concorreria ao governo estadual, Moro à Presidência e Álvaro Dias ao Senado.

O grande choque veio nesta manhã. Silvestri trocou o Podemos pelo PSDB e o arranjo melou -- com o aval do governador de SP e presidenciável João Doria. O pano de fundo no Paraná é a aproximação de Ratinho Júnior (PSD), candidato à reeleição, com Dias.

A crise de interesses é tão grave que levou o ex-juiz suspeito confirmou nesta semana, em conversas com aliados, que existem negociações para ele trocar o Podemos pelo União Brasil.

Anônimo disse...

Esse merda acha que é juiz ainda? Um cara que corrompe o sistema Judiciário é mais corrupto que qqr outro.

Anônimo disse...

Do jeito que esse sujeito fala, tá na cara que persegui lula o tempo todo e acabou levando um pé na bunda do bozo.

Anônimo disse...

Corrompeu a Justiça p/ condenar um inocente, corrompeu o processo eleitoral p/ Bolsonaro vencer, destruiu o setor de construção e 4 milhões de empregos, foi julgado parcial e suspeito pelo STF. E ainda quer atacar Lula, Sergio Moro? É desespero ou é deboche?

Anônimo disse...

​MORO é tão miserável que o Diabo vai expulsá-lo do inferno.

Anônimo disse...

Moro racha o União Brasil:

19 jan 2022 - DCM

Sergio Moro pode deixar o Podemos e se transferir para o União Brasil. Essa possibilidade foi confirmada publicamente por aliados do presidenciável. Essa articulação tem causado um grande conflito entre as alas do DEM e do PSL. Os grupos possuem opiniões diferentes em relação ao ex-juiz parcial da Lava Jato.

Conforme apurou o DCM, Moro foi convidado por Luciano Bívar para se filiar ao União Brasil. Não é segredo para ninguém que o presidente do PSL sempre sonhou em ser vice do ex-aliado de Bolsonaro. Mas seu nome sofre resistência. Por isso fez algumas propostas para seduzir o antigo ministro bolsonarista.

Uma das propostas é dar a vice para Renata Abreu, presidente do Podemos. Além disso, o União Brasil retiraria o apoio que está dando para Rodrigo Garcia em São Paulo. Pois o partido tem como pré-candidato o Arthur do Val, mais conhecido como Mamãe Falei. Além disso, a parceria colocaria pressão em João Doria para retirar sua candidatura e apoiar Moro.

Todas essas promessas seduziram Moro e Renata. Ninguém do Podemos criaria rejeição ao ex-juiz parcial caso isso ocorresse. Pelo contrário, há enorme defesa para que a parceria saía do papel.

Anônimo disse...

Moro sobe o tom contra Bolsonaro e Lula:

19.01.22 - O Antagonista

Pré-candidato do Podemos ao Planalto afirmou que o presidente foi responsável pela volta do PT e chamou o ex-presidiário de canalha
Moro sobe o tom contra Bolsonaro e Lula

No Papo Antagonista desta quarta-feira, Claudio Dantas e Mario Sabino comentaram a reação de Sergio Moro aos ataques de Bolsonaro e Lula. O pré-candidato do Podemos ao Planalto afirmou que o presidente foi responsável pela volta do PT...

Anônimo disse...

Esse moro é tão tapado que ate o final da campanha vai está saindo no braço com outros, jogando seu pobre nome mais fundo no poço

Anônimo disse...

Quero vê-lo subir o tom com o STF que tirou toda sua autoridade condenando ele como suspeito. Aí ele amarela e fica com dor de cotovelo por não fazer parte do STF

Anônimo disse...

Meio tarde, Moro. Agora não cola mais.

Anônimo disse...

Kkkk quero ver o lula processar quem fala verdades!!! Hahahahaha. Prendeu, mas o essetêéfe soltou, que merdha hein

Anônimo disse...

Vai ser bonito de ver os debates! Nao vejo a hora!! Chamar o molusco de ladrão e ele ter que ficar quieto!!! Kkkkk não vai ter preço poder ver isso kkkkkk

Anônimo disse...

O juiz traidor já vai chutar o Podemos, esse não é leal a ninguém apenas ao seu egocentrismo.

Anônimo disse...

Nao foi julgado o mérito seu imbecil, ele é culpado sim mas os ministros (maioria nomeados pelos governos do petê) soltaram ele. Piada Brasil

Anônimo disse...

O molusco vai bêbado nos debates! Só assim pra aguentar tanto pau que virá!! Aguardente na guela hahahahahah

Anônimo disse...

Realmente, Lula é 1 vagabundo, mas tb 1 ladrão, bêbado e mau caráter. Entre outras coisas.

Anônimo disse...

Moro absolve mulher de Eduardo Cunha e condena ex-executivo da Petrobras:

25 mai 2017 - ConJur

O juiz federal Sergio Moro, titular da operação “lava jato” em primeira instância, absolveu a jornalista Cláudia Cruz, mulher do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), das acusações de evasão fraudulenta de dinheiro e lavagem de dinheiro. Na 29ª sentença que assinou no caso, Moro não viu prova de que ela sabia que o US$ 1 milhão encontrado numa conta em seu nome é de origem ilícita. A decisão é desta quinta-feira (25/5).

Segundo a denúncia, Cláudia era “a única controladora” de uma conta registrada em nome de uma empresa mantida na Suíça. Por meio dessa conta, afirmava o Ministério Público Federal, ela pagou despesas de cartão de crédito incompatíveis com seus rendimentos. Essa conta, segundo os procuradores, foram abastecidas por dinheiro de contas em nome de Eduardo Cunha, que as usava para receber propina.....

Anônimo disse...

Moro absolve mulher de Cabral e não vê lavagem de dinheiro em gastos:

Juiz Sérgio Moro absolveu a ex-primeira-dama Adriana Ancelmo da acusação de lavagem de dinheiro; segundo o magistrado, a esposa de Sérgio Cabral não teria como saber de crimes de lavagem praticados pelo marido; para Moro, as compras em lojas de grifes não são suficientes para condená-la

13 jun 2017

247 - Assim como ocorreu com Cláudia Cruz, mulher de Eduardo Cunha, o juiz federal Sérgio Moro absolveu Adriana Ancelmo, mulher do ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral, das acusações de lavagem de dinheiro. Na sentença, Moro alegou não haver ‘prova suficiente de autoria ou participação’ de Adriana nos crimes. O peemedebista, acusado de propina de R$ 2,7 milhões nas obras do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj),da Petrobrás, foi condenado a cumprir pena de 14 anos e 2 meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro.

Na denúncia contra Adriana, o Ministério Público Federal listou gastos da família Cabral superiores a R$ 100 mil mensais. Algumas compras teriam sido feitas pela mulher do peemedebista. Da mesma forma como ocorreu com Cláudia Cruz, Moro criticou os gastos da ex-primeira-dama do Rio de Janeiro: “É reprovável que tenha gasto recursos provenientes de crimes de corrupção para aquisição de bens, inclusive de luxo”.

Moro afirma, no entanto, que a ex-primeira-dama não teria como saber de crimes de lavagem praticados pelo marido. Segundo o magistrado, as compras em lojas de grifes não são suficientes para condená-la. “O gasto do produto do crime em bens de consumo não é, por si só, lavagem de dinheiro e não há prova suficiente de que ela participou das condutas de ocultação e dissimulação que caracterizaram esse crime", afirmou Moro.....

Anônimo disse...

Coordenador da campanha de Moro é advogado da Petrobrás:

"A Petrobrás perdeu com Lava Jato e o combustível ficou mais caro, mas advogados ligados a Moro estão firmes e se deram bem", escreve Joaquim de Carvalho

19 de janeiro de 2022 - Brasil 247

Sergio Moro voltou a usar a Petrobras numa manifestação no Twitter em que tenta polarizar com Lula.

"Canalha é quem roubou o povo brasileiro durante anos e quem usou nosso dinheiro pra financiar ditaduras. E quadrilha é o nome do grupo que fez isso, colocado por você, Lula, na Petrobras”, escreveu.

A empresa controlada pela União já foi o trampolim para a carreira política do ex-juiz, mas a relação dele com a empresa criada com o dinheiro do povo brasileiro pode ser para ele muito mais do que uma oportunidade de exposição midiática.

Direta ou indiretamente, ele se beneficia dos cofres da empresa. De acordo com o colunista Lauro Jardim, de O Globo, o coordenador da pré-campanha de Moro à presidência é o advogado Luís Felipe Cunha, de Curitiba.

"Coordenador da pré-candidatura, o advogado paranaense Luís Felipe Cunha é a pessoa mais próxima de Sergio Moro nesta campanha. É o homem de confiança número 1, 2 e 3 do ex-juiz”, informou o jornalista.

Cunha é também advogado da Petrobras, sobretudo em ações trabalhistas. Na segunda-feira (17/01), perguntei a ele quando foi contratado pela empresa.

Ontem, em resposta, ele me direcionou para a assessoria de comunicação do escritório, mas ainda não recebi a informação.

A pergunta é importante porque, com a Lava Jato, escritórios com relações de amizade com Moro ou a esposa, Rosângela, tiveram ganhos diretos ou indiretos com a Petrobras.

Em junho de 2019, Ronsângela Moro foi admitida como associada do Instituto de Advogados do Paraná, que tinha na época Cunha como vice-presidente.

Em dezembro de 2014, o escritório de René Ariel Dotti (ele já falecido, mas a banca em plena atuação) foi aceito por Moro como assistente de acusação da Petrobras, depois de assinar contrato com a empresa, ainda na gestão de Graça Foster.

Pelos termos do contrato, o escritório recebeu da Petrobras pelo menos R$ 14 milhões.

Outro advogado beneficiado pela ação da Lava Jato foi Marlus Arns, parceiro de Rosângela Moro em pelo um caso de administração de massa falida, conduzido pela família Simão, apontada como protagonista num caso que ficou conhecido no Paraná como Máfia das Falências.

Marlus conduziu diversos acordos de delação sob a jurisdição de Sergio Moro, entre os quais o do ex-diretor Renato Duque, e os dos ex-executivos da construtora Camargo Correa Dalton Avancini e Eduardo Leite.

Marlus Arns foi acusado pelo advogado Rodrigo Tacla Durán de participar de um operação de extorsão de dinheiro.

A conta do escritório Arns de Oliveira & Andreazza no Banco Paulista S/A recebeu uma transferência bancária de 612 mil dólares (cerca de R$ 3,5 milhões) em 14 de julho de 2016.

O dinheiro saiu de uma conta de Genebra, na Suíça, administrada por Tacla Durán.

Um mês e meio antes, nos dias 24 e 25 de maio, outro amigo de Sergio Moro, o advogado e lobista Carlos Zucoloto Júnior, trocou mensagens com Tacla Durán, em que este recebe a proposta de pagar 5 milhões de dólares em troca de benefícios em um acordo de delação premiada.

As mensagens foram apresentadas à CPI da JBS em novembro de 2017, depois de serem periciadas na Espanha....

Unknown disse...

A militância , como parte da organização criminosa, anulou, mas não inocentou. Os crimes continuam à 3spera de julgamento. Só questão de tempo, a caminha de campanha vai abrigar de novo o maior corrupto do mundo!

Anônimo disse...

Um diz que o outro é canalha. O outro responde que o um é ladrão. Ambos dizem a verdade. Os dois têm razão!

Anônimo disse...

Acabou o amor? Ainda ontem o Moro andava dizendo que o cachaceiro interferirá menos na PF, numa espécie de relativização da canalhice. Agora isso acabou? Ou tudo é teatro das tesouras?

Anônimo disse...

Politica brasileira é igual a jogar merda em ventilador, não tem ninguém limpo todos se sujam!!!!

Anônimo disse...

Quem solta ladrão e vota no pt, ladrão é!

Alguém ou algum cretino e, ainda, filho da puta, duvida ? disse...

É motivo ainda de esperança para o Brasil constatar-se que, o Moro, ao dizer que Lula é um vagabundo, cretino, canalha, ladrão, cafajeste e que, ainda, o colocou na cadeia, conseguiu dizer, numa única frase, várias enormes verdades, ou seja, num país em que todos só vivem de roubalheiras, mentiras e das Fakes News do moleuqe do Alexandre de Moraes, isso é, verdadeiramente, muita coisa mesmo !

Anônimo disse...

Onde tem 147 tem 171.

José Corrêa disse...

Tudo armação!!!

Elles ainda vão se unir contra o Bolsonaro!!!

Anônimo disse...

Moro tem meu voto.

Anônimo disse...

Aliás, o que disse o mesmo o Moro sobre os atos do Alexandre de Moraes? Parece que nada, não é? Pois é, a dita esperança para o Brasil tem telhado de vidro e pés de barro!

Anônimo disse...

Enquanto o gado torce pela "briga" de lula e do ex juiz ladrão, o debate fica polarizado entre ambos e o minto vai fica chupando bala ou picolé (quente).

Anônimo disse...

Moro deu p drble d vaca no bozo e polariza debate com o candidato Lula, primeiro lugar em todas as pesquisas.

Anônimo disse...

Moro é inteligente e estrategista, não anuncia de primeira o que pensa em fazer. Somente Moro tem capacidade de encalacrar esse 5tf que é atualmente o grande guardião dos corruptos do Brasil. Bolsonaro é totalmente incompetente e incapaz, acaba sendo um idiota util pros corruptos, bastou ele escorraçar o Moro e anunciar que acabou com a lava jato pra bandidagem agir e mostrar q eles mandam no Brasil.

ZAPELINO B disse...

👍👍👍👍👍👍👍👍👍👍👍👍👍👍👍👍👍👍