Jornalist Jasper e publicitário Bernardi trocam farpas sobre governadores fantasmas do RS

Jasper acha que Eduardo Leite virou assombração no Piratini.

O jornalista Gilberto Jasper, que trabalha com o deputado estadual Luciano Zucco, e o publicitário Fábio Bernardes, um dos marqueteiros da fracassada campanha de Eduardo Leite, não conseguiram se entender na troca de farpas que fizeram neste domingo pelas redes sociais.

Jasper, recheado de razões, perguntou o que fazia em Brasília o vice-governador Ranolfo Vieira, postado ao lado do governador Eduardo Leite, ontem, nas prévias do PSDB:

- E o Estado do RS, como fica ? Não tem governador, porque Leite e Vieira não passaram o cargo para o presidente da Assembleia, deputado Gabriel Souza.

Fábio Besrnardi não gostou e mandou Jasper ler a lei.

De fato, a lei não manda substituir em casos como este, mas Jasper respondeu tudo em bom juridiquês:

- Não é uma questão de fumus boni juris, mas de ética pública, porque não basta que o governador dos gaíuchos seja governante, mas é preciso que ele pareça governante.

E Leite não parece governante.

Há meio ano o sr. Eduardo Leite troca as pernas por tudo que é canto.

Derrotado nas prévias, talvez resolva parar um pouco no RS.

14 comentários:

Unknown disse...

Melhor que fique longe, tudo melhora sem ele.

Anônimo disse...

Tadinho...

Anônimo disse...

DUDU MILCH É UM VEXAME.

Anônimo disse...


Como dito em outras ocasiões.
O indivíduo não vai se eleger nem para síndico de condomínio popular.
Já prevendo isto como plano B ao seu intento de candidato a Presidente da República, o elemento afirmou que vai pro exterior "estudar" nos cursinhos do Paul Leman e depois trabalhar na iniciativa privada, seguindo os passos do Britto.
O Rio Grande agradece aos filiados do PSDB por ter nos livrado, por enquanto, deste agente político que nada agregou ao estado durante o seu mandato.

Anônimo disse...

O MIMOSO lacrou prateleira de supermercados e não governa. Cria factóide diariamente. Além disso, como todo tucanopetista, vai querer boquinha. Sabe q está morto politicamente e Doria tbm. Só q o paulista é rico. O pelotense não tem futuro, pois é NADA.

aparecido disse...

Que nada.... o Dudamilk ainda vai passar por São Paulo para relaxar kkkkkk

Rogério Brodbeck disse...

Há um antigo axioma administrativo que diz q o principal e o substituto não podem viajar juntos, por razões óbvias. Acho até q isso é um princípio básico do Serviço Secreto americano, órgão encarregado da segurança do Presidente doa EUA. Logo, se um se afasta, o outro fica, no caso o Estado do RS não pode ficar acéfalo nem q seja por horas... Mas, isso certas pessoas que só pensam em seus umbigos e não tem postura de estadista não têm em suas mentes egoístas...

Anônimo disse...

Até o início da Pandemia não se ouvia falar em Eduardo Leite. Estávamos acéfalos de Governador. Depois Eduardo Leite começou a cumprir ordens do BolsoDória e passou fazer Ditadura. Fechou prateleiras de Supermercados. Proibiu os trabalhadores de trabalharem mas não deu as condições necessárias para a sobrevivência dos mesmos. Virou um legítimo Ditador. Precisamos que 2022 chegue rápido para mandar esse Ditador para onde jamais deveria ter saído, Pelotas

Anônimo disse...

A partir de 2023 Eduardo Leite, FIQUE EM CASA! Pelotas te espera de braços abertos.

Anônimo disse...

SÓ QUER BORBOLETEAR E AGORA QUE O PSDB JOGOU ELE NA PATENTE E DEU A DESCARGA, AGORA SÓ FALTA COMO REFUGO QUERER SE REELEGER. VERDADEIRO RATO DA POLÍTICA. LARGA DESSA VIDA GOVERNADOR.

Anônimo disse...

Não é surpresa para ninguém que Eduardo Leite não terminaria o mandato como Governador do RS, assim como não terminou seu mandato como Prefeito de Pelotas. O trabalhador foi o maior perdedor nessa história porque como Eduardo Leite quebrou a maior parte das Indústrias e Comércio, esse ficou trabalhando na Informalidade, isto é, trabalha de dia para comer a noite. Eduardo Leite deixou o Estado mais pobre, como Sartóri também o deixou.

Anônimo disse...

Eduardo Leite foi um dos piores Governadores que o RS já teve. O povo está sem Saúde, Educação e Segurança. E desempregados porque o Estado está no Aluga-se ou Vende-se. Miséria e falência total.

Anônimo disse...

Eduardo Leite é o maior engodo da política gaúcha, se apresentou como "renovação", mas só foca em projetos pessoais, o RS ficou no tempo.

Anônimo disse...

Esse Publicitário tá em todas. Até musiquinha em jointventure do fique em casa teve. Sendo que claro que ele não poderia fazer pois não é agência licitada. Mas como é o marketeiro do leite, foi do marchezan, do fogaça e até da Manuela, além de ser filho de um figurão da política gaúcha ele pode tudo.