Dica do editor - Pedra na visícula é mais comum em mulheres de mais de 40 anos. Entenda mais sobre o assunto.

As pedras na vesícula atingem cerca de 10% da população brasileira, são duas vezes mais frequentes em mulheres e motivam inúmeras visitas aos consultórios médicos. O cálculo acontece por uma combinação de fatores, como questões hormonais e alimentação rica em gordura. Para o diagnóstico, um dos primeiros passos é uma avaliação clínica. Os médicos verificam se a paciente se enquadra no perfil “4F”: mulher, fértil, com idade a partir de 40 anos e acima do peso (do inglês, female, fertile, fourty and fat).

CLIQUE AQUI para saber mais.

Nenhum comentário: