Delegado diz que poderá pedir prisão preventiva de André Carús

O delegado Max Otto Ritter avisou que poderá pedir, hoje, a prisão preventiva do vereador de Porto Alegre, André Carús, recolhido ao Presídio Central, dependendo dos depoimentos de testemunhas e da análise do material recolhido até agora. O vereador é acusado de extorquir dinheiro dos seus CCs.

O vereador do MDB conclui nesta quinta-feira seu segundo período de 5 dias de prisão provisória.

Ontem, André Carús foi ouvido durante três horas. Na terça-feira da semana passada, quando foi preso, ele se negou a falar.

Nenhum comentário: