Bancada do Novo quer que o Inter pague 80% e não 20% por área de doação do Estado

O deputado Fábio Ostermann mandou dizer ao editor, esta tarde, que quer aprovar a emenda que revisa o valor do imóvel que o governo estadual quer passar para o centro de treinamento do Internacional:

- O governo quer passar o imóvel de 736 mil m2, localizado na região metroplitana, mas em troca quer apenas 20% do valor real da propriedade, que é de R$ 16 milhões.

O deputado do novo apresentou emenda na CCJ, prevendo o pagamento de 80%.

Fábio Ostermann é gremista, mas seu colega Giuseppe Riesgo, também do Novo, é colorado. Ambos apoiam a emenda. Fábio disse ao editor que se fosse com o Grêmio (o clube recebeu igual benefício, na legislatura passada, mas o Novo não tinha bancada).

10 comentários:

Anônimo disse...

Aí não sai negócio.

Anônimo disse...

E quanto ao financiamento que o Grêmio quer da Caixa pra comprar a Arena? Por que não pede pra banco privado???

Unknown disse...

Político contaminado por vícios de origem. O NOVO é o melhor de todos os partidos, mas ele, enquanto age assim, é um grande bosta.

Anônimo disse...

A ELITE DO ATRASO CONTINUA REINANDO NO RGS.

Anônimo disse...

Quem ganha mais dinheiro no mole do que clube de futebol e igrejas?Vamos combinar.Igreja e Clube só arrecadam.Se as igrejas fossem boas não precisavam de dinheiro.Deus quer dinheiro? É tudo para tirar grana dos otários.O futebol a mesma coisa.O que o futebol faz pelo país?Nada.Jogadores e treinadores ganhando milhões.E os impostos? Zero.Não pagam um centavo.Por isso que as igrejas e os clubes enchem os bolsos.Dos outros,porque de mim estes vagabundos não levam um real.Está certo o deputado Fábio.

SCHWEIZER disse...

A troco de quê doação para essa gente???Estão dando uma de Dilma?

Anônimo disse...

Para o Partido Novo o esporte não é prioridade, não é sua praia!!!Para a torcida, para o esporte, "incentivos" de preços a pagar pelo time de "apenas" 80% do valor real da área a ser adquirida, ou seja, preços da iniciativa privada! Claro, pois a prioridade, o grande "negócio", incluido entre as tais de politicas "inovadoras" deste partido, os seus "beneficiários preferenciais" para este tal de Partido Novo SÃO OS CARTÉIS, aos quais este partido dá a maior força, defende com unhas e dentes, conforme atesta o parecer de Deputado do Novo de São Paulo na CCJ-comissão de constituição e Justiça da Câmara dos Deputados!

Anônimo disse...

O legal é fazer licitação, porém a trupe do polenteiro ignora essas prerrogativas.

Anônimo disse...

Logicamente que doar dinheiro público para o Inter ou Grêmio é uma vergonha. Incentivar esporte. Está de brincadeira. Enquanto o Estado não tem dinheiro para pagar os servidores(incluindo professores e brigadianos), vai doar uma grana(terreno) para o Inter, que paga salários milionários aos jogadores. Tanto a doação ao Grêmio, como essa do Inter são vergonhosos. Está certo o Novo.

Anônimo disse...

nada mais imortante na assembleia não nobre deputado