Artigo, Fernão Lara Mesquita - A lei é a arma com que se assalta a Nação


- O artigo e a ilustração são do blog O Vespeiro. A seguir, trecho destacado pelo editor. No link, vai o artigo em versão integral.

A verdade nua e crua é que dispensada da obrigatoriedade de legitimação pelo povo a cada nova alteração significativa, como é imperativo que aconteça nas democracias, a lei no Brasil está reduzida à condição de arma com que a privilegiatura assalta a Nação. O paroxismo da subversão. A tentativa do momento, aliás, é de criar mais uma para determinar, entre outras aberrações, que se alguma das “excelências” for flagrada roubando-nos também por fora da lei, os roubados é que passarão a pagar pela defesa do ladrão.

É impossível que o Brasil funcione orientado para a justiça enquanto o problema da ilegitimidade das nossas leis não for encarado de frente. A solução passa obrigatoriamente pela arrumação da questão da representação. É preciso criar, primeiro, um modelo de eleição que permita saber exatamente “quem representa quem” (voto distrital puro) e, em seguida, determinar com que instrumentos devem contar os representados para fazer respeitar sua vontade pelos seus representantes (recall, referendo, inciativa, controle das carreiras jurídicas). Só então teremos entrado no território da democracia no interior do qual aloja-se o território da justiça. Não dá para chegar ao segundo sem passar pelo primeiro.


CLIQUE em vespeiro.com para ler tudo.

17 comentários:

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Mordaz disse...

Não é possível com estes partidos que estão aí há décadas, desde as diretas já, se locupletando de propinas e se mantendo no poder ser variar.

Mordaz disse...

Quem seria o novo constituinte? Nelson Jobim?

Anônimo disse...

“Se é a vontade do povo brasileiro eu promoverei a abertura Política no Brasil. Mas chegará um tempo que o povo sentirá saudade do Regime Militar. Pois muitos desses que lideram o fim do Regime não estão visando o bem do povo, mas sim seus próprios interesses.”

Profecia do General Ernesto Geisel

Anônimo disse...

Agora para completar a desgraça da nação, só falta o partido quadrilha voltar ao poder. O chefão estará solto na semana que vem.

Anônimo disse...

Ditado antigo: "É melhor ser julgado por 11 (onze vagabundos), do que ser carregado por 6". Fiquem tranquilos com o "império" das leis. Musica da boa, Iron Maiden https://www.youtube.com/watch?v=Jzox-4KkdI4

Anônimo disse...

Concordo com texto, e digo mais:

As leis são para MANTER a monarquia travestida de república;

Onde há "reis" e "rainhas" com seus rendimentos vitalícios e hereditários, vivendo as custas da PLEBE trabalhadora, NÃO É REPÚBLICA;

MAS tem intelectuais que, para manter isto FAZEM terrorismo nas mídias "alertando para possíveis riscos a democracia";

Então, para derrubar esta falsa república, tirando suas cortes vitalícias e hereditárias, para eles, trata-se de "GOLPE" a democracia deles;

A tal democracia, para estes sugadores dos que produzem riquezas significa manter o este seu "status quo"!

VOTO DISTRITAL para eles é GOLPE!

PARLAMENTARISMO para eles é GOLPE!





Anônimo disse...

Vai lamber sabão....

Anônimo disse...


Disse tudo!!!!

Não é necessário a força bruta, nem a arma de fogo.

Quem esta no poder usa a lei para roubar.

Anônimo disse...

Na mosca. GEISEL conhecia o Brasil e os brasileiros. O PIB mudou para melhor,o País melhorou , mas a esquerda retrógrada continua a mesma merda .!!

Anônimo disse...

Nossa defesa contra a curriola que infecta o congresso era o STF. E Agora?

O que acontece quando perdemos a confiança no que deveria ser a mais alta corte da republica?

Anônimo disse...

Aí é, antes, vender tudo o que se tem e fugir daqui... ou então aguardar o país venezuelar...

Anônimo disse...

Esse foi o maior petralha que conheci

Ultra 8 disse...

Estado laico, é invenção da maçonaria judaica, para afastar os preceitos cristãos e imperar as leis de Baphomet, e destruir o cristianismo e os cristãos.

Por acaso, casamento gay, é preceito cristão?

Matar, e ser liberado da cadeia, é executado por juiz maçom. Matar alguém no cristianismo, é crime capital.

Juiz maçom, é um cristão, cooptado pela maçonaria.

Os cristãos foram engambelados pela maçonaria judaica com o faz de conta, do estado laico.

ORDO AB CHAOS.

ORDEM DO CAOS

NOVA ORDEM MUNDIAL SIONISTA.

Anônimo disse...

Eu não voto em quem tem mais que duas legislatura para não fazer da política um meio de vida .Suplicy ficou 24 anos como Senador e pouco ou nada apresentou.

Anônimo disse...

E o professor é o Moro.