Gilmar Mendes ataca a PGR: "Criamos um monstrengo". O ministro disse que não sabia que Janot queria matá-lo, mas sabia.


O ministro Gilmar Mendes disse ao programa "O É da Coisa", da Bandnews FM, ontem, que não sabia que o procurador Rodrigo Janot queria matá-lo.

O blog O Antagonista informa, hoje, que Mendes sabia disto há um ano.

Gilmar Mendes também disse que a PGR “fugiu” do controle e criticou o sistema democrático de freios e contrapesos:

- Eu, em algum momento, já falei que havia algum tipo de organização criminosa, uma organização para investigar o crime, mas que também cometia crimes. E agora a gente vê que podia chegar até a um assassinato. A gente tem que se perguntar o que fez de errado esses anos todos para produzir esse monstrengo institucional. Acho que essa é a pergunta que todos nós que nos dedicamos à academia, à institucionalidade, temos que perguntar. O que fizemos para produzir esse monstrengo chamado PGR, chefiada por gente como o Janot ?

O ministro voltou a atacar a Lava Jato.

27 comentários:

Anônimo disse...

E?

Anônimo disse...

O que fizemos para produzir esse monstrengo chamado PGR, chefiada por gente como o Janot ?

R: JURISPRUDÊNCIA AOS MONTÕES, INSEGURANÇA JURÍDICA, EXERCENDO PODER DO EXECUTIVO E LEGISLANDO PELO CONGRESSO. Só isso!

Anônimo disse...

O que fizemos para produzir esse monstrengo chamado PGR, chefiada por gente como o Janot ?

R: JURISPRUDÊNCIA AOS MONTÕES, INSEGURANÇA JURÍDICA, EXERCENDO PODER DO EXECUTIVO E LEGISLANDO PELO CONGRESSO. Só isso!

Anônimo disse...

O que fizemos para produzir esse monstrengo chamado PGR, chefiada por gente como o Janot ?

R: JURISPRUDÊNCIA AOS MONTÕES, INSEGURANÇA JURÍDICA, EXERCENDO PODER DO EXECUTIVO E LEGISLANDO PELO CONGRESSO. Só isso!

Anônimo disse...

Nunca poderia imaginar que o STF usaria as mesmas armas da Lava Jato, em dobro.

Anônimo disse...

Nunca poderia imaginar que o STF usaria as mesmas armas da Lava Jato, em dobro.

Anônimo disse...

Nunca poderia imaginar que o STF usaria as mesmas armas da Lava Jato, em dobro.

Anônimo disse...

Se os juízes no Brasil não tivesse viés ideológico nem precisaríamos de STF, STJ, etc. O problema é o juízo que cada juiz faz das leis e dos fatos.

Anônimo disse...

O GM, que de idiota nada tem, é um espertalhão, deveria era por a mão na consciência, e ver o que ele fez ao Janot, para desencadear tamanha fúria.
Deveria também pensar, se não existem outros que tenham os mesmos sentimentos contra ele.
E deveria também pedir a sua aposentadoria, porque tem tempo de sobra, e não se sabe porque ainda permanece por lá. Seria por causa do tal abono de permanência?
Um conselho a todos os ministros do supremo que já poderiam se aposentar.
Façam enquanto podem, pois a rebordosa poderá pega-los.

Anônimo disse...

E nas buscas que a PAUlicia do stf fez nos "cafofos lá das quebradas" do Janot não apreenderam as peixeiras facas e foices?? Não??
Esqueceram do Adélio??
Esse lixo do janot está argoladinho com os "coronés" gima e tofi passando um pano e servindo de "motivo " para o super inquérito kafkiano do a-Lex Luthor- Moraes
Acorda povo!

Mordaz disse...

Ele não tem espelho em casa não? Organização criminosa é o STF.

Ariel disse...

O CASTIGO HÁ DE VIR A GALOPE E ESSES E OUTROS HÃO DE SE VER PELA HISTÓRIA , NEM QUE SEJA; A DANDIDAGEM QUER CAMINHO LIVRE PARA ROUBAR....SALÁRIOS ALTÍSSIMOS MAS NÃO É SUFICIENTE; QUEREM MAIS E MAIS.....QUERO ESTAR VIVO O DIA QUE ESSE GILMAR E OUTROS MORREREM; VOU LÁ PARA VER SE LEVARÃO PARA O INFERNO, PELO MENOS UM PAR DE TÊNIS...

Anônimo disse...

Lembram o que o que o Minisro Joaquim Barbosa e o Ministro Barroso disseram do beiçola?
Infelizmente o Janot não fez o que milhões de brasileiros gostariam de fazer com quem defende bandidos, ladrões, corruptos e os solta a granel e que fica furioso quando querem saber como ele conseguiu a fortuna dele.

Anônimo disse...

E o que nós, povo,fizemos para produzir este monstrengo juridicoinnsitucional:STF,STJ,TJs,
OAB, PGRs entre tantas?

Carlos Edison Domingues disse...

POLÍBIO Os doze apóstolos da Constituição (incluindo o PGR) perderam a compostura. Em todo o período que sucedeu a 1964 não houve crise semelhante. Estes o povo não escolheu. Vamos acompanhando e assistindo os outros quinhentos que ocupam o Poder Legislativo. Carlos Edison Domingues

Anônimo disse...

>>

Porque esse cangaceiro defensor e libertador de bandidos não pede pra sair do STF?

Seria ótimo para o Brasil e péssimo para os corruptos.

<<

Unknown disse...

Existe sim uma Organização Criminosa, essa que o desqualificado ministro Gilmar Mendes e seus apoiadores defendem. A CORJA que trai os enteresses do Brasil têm que ser escorraçada. DAVI ALCOLUMBRE, RIDRIGO MAIA E A PARTE PODRE DO STF.

KAFANGO BOROK disse...

E O QUE A SOCIEDADE FEZ DE ERRADO PARA TER NO STF UM CRETINO, CAFAJESTE, CORRUPTO FELADAPUTA, PATIFE E ESCROTO COMO GILMAR BOCA DE PRIQUITO MAL LAVADO?

Gilson disse...

E o que fizemos para ter a aberração stf?

Anônimo disse...

Gilmar Mendes e Rodrigo Janot foram duas " excelentes" indicaçoes de FHC e DILMA , respectivamente .!!!

Unknown disse...

O que fizemos para merecer um stf como esse?

João Alves disse...

Nunca havia gostado do Janot, até agora ! Começo a torcer por ele, portanto !

Anônimo disse...

Foi o aparelhamento das Cortes, algo denunciado há muito tempo atrás. Quem votou pelo fim da Lavajato foram os Ministros indicados por FHC, LULA e DILMA.
Conseguistes entender ???

Anônimo disse...

A pergunta será a mesma. O que os brasileiros, fizeram em outras encarnações para ter que suportar uns ministros como esses do supremo e esses políticos, todos honestos e éticos.

Anônimo disse...

Monstrengo é esse corrupto Boca mole, que provoca em todos nós ânsias de assassinos. Totalmente corrompido, sem escrúpulos, louco com mania de grandeza, que se acha acima de tudo e de todos. Cuidado Luís XIV, Beiçola quer o seu lugar na história. Ele já tem certeza que Versalhes é dele.

Anônimo disse...

Quem leu a declaração do lacaio do coroné gilmau, o atual pgr Augusto aras??
Vamos sentir muita saudades da Dodge!

Anônimo disse...

Quem é o Ministro do STF que chorou para Janot não o investigar?

Jornal GGN - 28/09/2019

Peça 1 – Uma das passagens intrigantes de Rodrigo Janot, no livro que vai lançar, é sobre um Ministro do Supremo Tribunal Federal que o procurou chorando, com receio do que sua mãezinha iria pensar se seu nome aparecesse em uma delação.

Peça 2 – o ex-deputado Eduardo Cunha ofereceu uma delação na qual se anunciava que incluiriam altas autoridades não apenas do Executivo e do Legislativo, mas também do Judiciário. Essa delação jamais saiu do papel. Mais que isso, apesar de mantido preso, Cunha foi completamente isolado do mundo exterior.

Peça 3 – o implacável juiz Sérgio Moro não autorizou uma perícia no celular de Eduardo Cunha, provavelmente a prova mais valiosa de toda Lava Jato, em vista da abrangência dos relacionamentos do ex-deputado. Obviamente quis defender alguém. Não seria nenhum deputado ou senador, todos em sua alça de mira; nem ninguém do Executivo, seu alvo predileto. Portanto só poderia ser alguém do Judiciário.

Peça 4 – A perseguição a Gilmar Mendes demonstra claramente que os membros do Judiciário eram divididos entre inimigos e aliados. No Supremo Tribunal Federal havia três aliados da Lava Jato: Luiz Edson Fachin, Luis Roberto Barroso e Luiz Fux. Do Rio de Janeiro – região preferencial de atuação de Cunha – são Barroso e Fux. Há um elo comum entre Cunha e Fux: o ex-governador Sérgio Cabral. No mensalão, Fux já tinha surpreendido, votando com o relator Joaquim Barbosa em todos os casos, menos no de Eduardo Cunha. Nesse caso, ele “matou no peito” e absolveu Cunha.