Artigo, Alon Feuerwerker - Bolsonaro aposta na falta de união da oposição

Título original: A equação bolsonarista supõe ser impossível, ou no mínimo improvável, a união dos demais. E ele não está tão errado assim na suposição

Já está explícito que o objetivo do presidente Jair Bolsonaro é a reeleição. Dois obstáculos têm potencial para bloquear esse desfecho. Um importante é a economia. O projeto continuísta vai sofrer se o crescimento e o emprego não trouxerem novidades boas em dose suficiente. Mas, como mostra o exemplo argentino, mesmo um governo muito aquém na economia pode ser eleitoralmente competitivo, basta tornar impossível a união dos demais.

Há alguma idealização histórica sobre a frente ampla que, no final, promoveu a transição dos governos militares para a Nova República em 1984-85. Histórias oficiais têm um componente de embelezamento artificial. Quem olha as fotos das Diretas Já pode achar, erradamente, que aquela turma esteve sempre unida contra o regime de 1964. Engano. Boa parte ajudou a derrubar João Goulart, e só foi passando à oposição por falta de espaço político no lado vencedor.

E o processo levou vinte anos.

CLIQUE AQUI para ler mais.

10 comentários:

Anônimo disse...

Ou....
Aparece um Hitler...de esquerda ou de direita...
Alguém que decepcione menos que Lula ou Bolsonaro.
Algum aproveitador que saiba catalizar tantas insatisfações ...
É precisa pouco. Pq ambos são decepcionantes: Lula pela própria desonestidade. Bolsonaro pela desonestidade de um dos filhos!
À César não basta ser honesto....os filhos tb precisam ser!

Joel Robinson disse...

Esta muito enganado, a petralhada não esta morta não. Cuidem-se...

Anônimo disse...

A verdade verdadeira é que o Brasil está sendo administrado por uma mistura de evangélicos com militares e é uma decepção jamais imaginada

Anônimo disse...

A PETRALHADA FICOU SEM DISCURSO,QUIETA E ESPERA UMA CAGADA GRANNDE DE BOLSONARO OU DO GOVERNO EM GERAL,ISSO FARIA DIMINUIR A CULPA DOS ROUBOS...

A ECONOMIA VAI DIZER O FUTURO.

Anônimo disse...

JUMENTO ÓRFÃO! CHUPA O MITO QUE É PALMITO!

Anônimo disse...

ALON BOMBEIRO É UM JUMENTO TRAVESTIDO DE JORNALISTA QUE CHORA MAS ESCONDE A COR! CHUPA GOSTOSO QUE A DIREITA E DURA E GROSSA!

Anônimo disse...

Pra mim a "pedra no sapato", isso é, nos planos de reeleição do presidente Jair Bolsonaro em 2022 tem a ver com o primogênito. É uma questão Ius Sanguinis. Mas torço para estar errado. Sou de direita até morrer...

Anônimo disse...

Bolsonaro 2022, Tmj!

Unknown disse...

Os tempos são outros, a comunicação é instantânea e as pessoas são menos manipulaveis.O Brasil vai mudar, e para melhor.

Anônimo disse...

Não tenho bandido de estimação. Não aceito que o filho do cidadão em quem votei... seja desculpa para a decisão de um vagabundo indicado por outro (mesmo sabendo q protegeu a própria femea). Não aceito pacto com sujeira! Não votei para isso!. E a propósito.. .nunca votei no PT, coisa q tenho certeza, tu já fizeste! Até por teu linguajar. Percebe-Se, fareja-se teu mau odor ao longe!