STF lança edital para comprar R$ 1,1 milhão em comidas e vinhos de altíssima qualidade para seus ministros

O STF tirou nota para dizer que segue padrão do Itamaraty.

Desde quinta-feira o editor recebe protestos contra a lista dos "serviços de fornecimento de refeições institucionais", com gasto estimado de R$ 1,134 milhão, todos do STF. O serviço se refere à contratação de um fornecedor para as refeições servidas pela Corte.

Os ministros do STF querem serviços de café da manhã, passando pelo "brunch", almoço, jantar e coquetel. 

A lista

Comidas
Bobô de camarão, bacalhau a Gomes de Sá, frigideira de siri, moqueca (capixaba e baiana), arroz de pato, vitela assada, codornas assadas, carré de cordeiro, medalhões de filé e "tournedos de filé", com molho de mostarda, pimenta, castanha de caju com gengibre.
Vinhos
Vinho tinto fino seco (Tannat ou Assemblage, safra igual ou posterior a 2010 e que "tenha ganhado pelo menos 4 (quatro) premiações internacionais"). O vinho, em sua totalidade, deve ter sido envelhecido em barril de carvalho francês, americano ou ambos, de primeiro uso, por período mínimo de 12 (doze) meses." Se a uva for tipo Merlot, só serão aceitas as garrafas de safra igual ou posterior a 2011. Vinhos brancos, "uva tipo Chardonnay, de safra igual ou posterior a 2013, com no mínimo quatro premiações internacionais.
Outras bebidas
A caipirinha deve ser feita com "cachaça de alta qualidade", leia-se: "cachaças envelhecidas em barris de madeira nobre por 1 (um) ou 3 (três) anos."
Destilados, como uísques de malte, de grão ou sua mistura, têm que ser envelhecidos por 12, 15 ou 18 anos. "As bebidas deverão ser perfeitamente harmonizadas com os alimentos", descreve o edital.

40 comentários:

Adilio Faustini disse...

Dinheiro do contribuinte, povo, é tratado como capim seco, pronto para por fogo?

Gilson disse...

Tem vaga de cozinheiro lá? Com essa comida eu dispenso o salário! É muita cara de pau! E nós, contribuintes, pagamos o pato, ou, somos o pato do arroz?

Anônimo disse...

REM LAGOSTA NA MANTEIGA QUEIMADA!

O TOFODIDO AFIRMA QUE ESSE É O LIMITE! QUE PODERÃO NÃO CONSUMIR TUDO!

MAIS UM MOTIVO PARA IMPICHAR ESSES DEUSES DO INFERNO!

Anônimo disse...

Os deuses do Olimpo se esbaldam com dinheiro público. Comida de primeira, voo na primeira classe. Carros de luxo, assessor para carregar pasta e guarda chuva. Tudo de primeira. Já os processos acumulados e as sentenças são proferidas são para salvar os amigos poderosos e destruir com o Brasil. E ainda mandam a PF na casa de quem paga a conta do luxo e ousa contestar e criticar.

joel souza disse...

O Paraíso que a Biblia fala, existe sim. Jardim do STF.

Anônimo disse...

.


É como dizem: Se tem trouxa para pagar e esses idiotas estão felizes em serem feitos de otários desde que tenha futebol (que nada mais é do que 22 semianalfabetos correndo atrás de uma bola) para assistir então esta tudo certo!!


.

Anônimo disse...

Urge uma "marcha sobre Versailles" !!!!!!!!

Anônimo disse...

Ta' certo... com o denheiro público tem que ser coisa boa... não tem pão, so' bolos e brioches...kkkkk...

Anônimo disse...

É ainda tem gente que acredita que a previdência social está quebrada.

Anônimo disse...

Hoje entendo porque aquela droga não funciona, como pode uma corte funcionar, bebendo-se álcool, para trabalhar durante o seu expediente, não veem me conversar, que só bebem na saída. Este país não dá certo por estes exemplos.

Luiz Vargas disse...

Arroz de pato?
Faz sentido.
Para a camarilha de celerados aboletada no $TF ($oltamos Todos os Falcatruas)os patos somos nós.

Anônimo disse...

Agora sim, Têmis profundamente envergonhada vai tentar o suicídio. Um país com pessoas assim não tem nenhum futuro.

Anônimo disse...

Já passou da hora de passar a guilhotina nos pescoços dessa gentalha...

Anônimo disse...

Pergunta para um sueco ou um dinamarques o que eles acham disso...é só mais uma evidÊncia da nossa compulsão ao atraso...

Mordaz disse...

Este é o menor dos prejuízos que ele dão a nação.

elias disse...

Que putaria!
Por muito menos a frança guilhotinou até o inventor da guilhotina.
Cade o cabo e meio soldado?

Anônimo disse...

É a miséria da vitrine.

Ricardo disse...

Parece provocação.

Chico Valente disse...

Despresaram a farinha de mandioca, quem sabe por querer se livrar da "dilma mandioca" ou por ser mesmo considerada comida de pobre.
Por falar em pobre, são os pobres com o suor de seus rostos que realmente pagam as iguarias dos não eleitos pelo povo.

Unknown disse...

E ainda dizem que quem dá prejuízo aos cofres públicos (previdência)sao os aposentados e pensionistas que recebem o "mísero" salário munimo!!! Cambada de nojentos! Como diz um reporepó "isso é uma vergonha".

Anônimo disse...

Até quando?!

Anônimo disse...

Do bom e melhor, afinal, vai sobrar muito $$$ com a reforma da previdência...

Mauro Moreira disse...

Uma afronta, uma esculhambação com o povo brasileiro. Esses senhores precisam ser escorraçados do Tribunal que deveria ser o exemplo de sobriedade, respeito, ao povo que lhes paga o salário.

Anônimo disse...

Gente trouxa é o que mais tem.

Justiniano disse...

Mas tudo isso tem de graça na adega do sítio de Atibaia, não precisa gastar um tostão, principalmente com cachaças especiais.

É o único local que é permitido ingerir álcool durante o expediente, tinha esquecido que eles tem 30 motoristas para leva-los para casa embriagados.


Anônimo disse...

Impressionante a inércia das FFAA.

Anônimo disse...

a corte nababesca...

Anônimo disse...

Não tem problema: Com o dinheiro economizado com a reforma da previdencia do Bolsonaro, vai ter grana para tudo

Thomas Turbando disse...

Enquanto o brasileiro permanecer com a bunda no sofá, eles se servem.

Anônimo disse...

Adoro essas notícias...o gado eleitor do mito merece!

Fernando disse...

O brasileiro é tão bonzinho. Tem mais é de se lascar, pagando impostos em dia, para eles comerem e beberem como deuses do Olimpo.
Mas o problema é a previdência. PQP.

Anônimo disse...

Essa é a verdadeira pobreza de espirito da elite brasileira?

Garivaldino Ferraz disse...


Isso se deve às parcelas dos Orçamentos relativas ao Legislativo e Judiciário disconformes com a situação do país.
O do Legislativo Federal é relativamente pequeno mas poderia ser menor. Uma redução no Orçamento do Judiciário também Federal é perfeitamente cabível.
Reduções nesses itens evitariam diversos abusos cometidos contra o interesse da sociedade como este e outros como viagens, mordomias, planos e obras faraônicas. E salários fora do contexto nacional, não seriam propostos se não houvesse verbas "sobrando".
A correção tem que ser feita na elaboração orçamentária, pois o Executivo não tem autoridade para mexer nas parcelas dos outros poderes depois do Orçamento aprovado.
Mas, para isso ocorrer, o Chefe do Executivo tem que ter culhões e respaldo popular (muito) para enfrentar a grita dos canalhas!
E coisas assim se repetem nos níveis estadual e municipal.

taquarimbo.blogspot.com disse...

o que esees bandi de fdp esta pensando enquanto a maior parte da populaçao nao tem dinheiro para comprar 1 kg de guisado de segunda eles vao comer lagosta e nos vamos pagar a conta ja passou d hora de por esse bando de ladroes na cadeia eles que vao comer a ,armita que servem la .

Anônimo disse...

O STF tinha 85 veículos oficiais para atender a 11 Ministros. Adquiriu recentemente mais carros de luxo , blindados . Os Ministros tem Seguranças pessoais , contratados há pouco. Agora gastam R$ 1.1 Milhao com bebidas e generos de luxo. Esse STF nos orgulha e só nos dá alegrias . Na SUÉCIA, os Ministros nao dispoem de carro oficial, vao ao trabalho de metro, de bicicleta ou em seus carros particulares, nao tem nenhuma mordomia. Por esta razao, pela força do exemplo,a SUÉCIA é um país justo, rico e nós continuamos muito pobres e desiguais .!!! Tia Glória.

Anônimo disse...

QUE VERGONHA . esta notícia revolta os brasileiros .!!!

Anônimo disse...

"O Sul é meu País"

EU ACUSO! disse...

Bobagem, é FAKE.

Anônimo disse...

O que dizer ??? NÃO !!! O que fazer, todos nós já sabemos ...

Anônimo disse...

É a monarquia no poder.