Conheça a programação da campanha eleitoral de Lula no RS, hoje e amanhã. MPF é acionado em Passo Fundo sobre o uso de universidades públicas federais.

Hoje, o roteiro será na região das Missões. Na sexta-feira, ele estará em Ronda Alta e Passo Fundo, encerrando a campanha eleitoral antecipada em São Leopoldo, à noite.O primeiro compromisso da caravana na sexta-feira, será em Ronda Alta, às 9h, na propriedade rural, Capitel Santo Antônio, da família Pasquetti. Lula esteve na mesma área em 2012. Ao lado, capa do jornal O Nacional, edição de hoje.

Quatro vereadores de Passo Fundo ingressaram com uma petição, no Ministério Público Federal, pedindo averiguações relacionados ao ato marcado para esta sexta-feira, com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS).
No documento, assinado pelos vereadores Roberto Toson (PSD), Mateus Wesp (PSDB), Ronado Rosa (SD), e Renato Tiecher (PSB), eles levantam a hipótese de que o evento pode se configurar em ato de improbidade administrativa, em razão do uso indevido do espaço da Universidade, para fins políticos-partidário. 

 E-mails teriam sido encaminhados aos alunos, por alguns integrantes da direção, solicitando para quem fosse contrário ao ato que não se manifestasse'.

O MPF oficiou ao reitor da UFFS, para prestar esclarecimentos sobre o evento.

A única atividade será no Campus da Universidade Federal da Fronteira Sul. Ontem, no campus da UFFS de São Vicente do Sul, o uso das instalações também resultou em protestos. Veja o vídeo:

3 comentários:

Anônimo disse...

Privatizem essas federais lixo. Servindo apenas a interesses desses corruPTos.

Anônimo disse...

Fez muito bem. Infelizmente muitas das nossas Universidades virou um antro dos esquerdopatas comunistas Bolivarianos vermelhos que apoiam a corrupção, Lula, Dilma e Maduro. É preciso que alunos esclarecidos se insurjam contra isso.

Anônimo disse...

Algumas cidades aqui do RS estão dando exemplo de como se recebe um condenado com a pretensão de ser presidente. Divaldo Lara, atual prefeito de Bagé, ganha o meu voto caso seja candidato a deputado.