Saiba como Rodrigo Maia sabota o presidente Temer

O título da reportagem de capa da revista Istoé é o seguinte: "A sabotagem de Maia". A revista conta 
como o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, arquitetou a divulgação, por meio do site oficial da Casa, dos depoimentos em vídeo de Lúcio Funaro, o que está por trás do gesto político arrojado e o que ele ainda prepara para tentar amealhar ainda mais poder.

Leia tudo. 

Por mais que tente negar as aparências e disfarçar as evidências, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, não consegue esconder: primeiro nome na linha de sucessão, ele foi mordido pela mosca azul – aquela que, segundo reza o anedotário político, inocula em seu alvo o veneno do desejo irrefreável de alcançar a Presidência, ilusão que acaba comprometendo sua sanidade e seu senso de realidade. Para tanto, Maia passou a jogar com a possibilidade de o presidente Michel Temer ser derrotado no plenário da Câmara na votação da segunda denúncia nesta quarta-feira 25.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

25 comentários:

Anônimo disse...

Temer (e o PMDB) não tem do que reclamar depois da tradição que fizeram com a Dilma!!!

Unknown disse...

Maia faz com Temer o que ele fez com Dillma e assim por diante!!! Dois umbigos ambiciosos não ocupam o mesmo contexto!!!

Anônimo disse...

NORMAL para o GLOBOSTA!

Anônimo disse...

Um sem vergonha sabotando um fdp. Tudo golpista, só muda a quadrilha...

Anônimo disse...

Aos imbecis que querem encontrar a todo custo uma maneira de incriminar Lula ou Dilma e nunca conseguem: perderam mais uma, cansam de postar aqui nesse blog que se Geddel roubou ele foi ministro do governo Lula ou diretor da Caixa no governo Dilma.

Vazado depoimento em que Geddel conta que Temer o indicou para a Caixa!

Na mesma semana em que a procuradora geral Rachel Dodge diz Geddel Vieira Lima é chefe de organização criminosa, vem a público o depoimento que o ex-ministro prestou em julho à Justiça. No depoimento, ele diz que foi indicado para a diretoria da Caixa Econômica Federal, no governo Dilma, por Michel Temer, então vice-presidente. Ele ocupou o cargo entre 2011 e 2013. É acusado de, juntamente com Dilson Funaro e Eduardo Cunha, operar um esquema de recebimento de propinas para liberar empréstimos a juros subsidiados para empresários. Se foi indicado por Temer, politicamente respondia a Temer. Quem é o chefe?

Anônimo disse...

Tudo combinado para fazer temer de vítima, como se isso fosse possível.

Anônimo disse...

Diálogo de 2 coxinhas:
- cara viu que Moro condenou o Lula?
- aham, dessa vez ele vai em cana, não quero nem saber se não conseguiram provar. É que nem o Dallagnol disse, a maior prova de culpa é não termos encontrado prova!
- é isso ai! Mas viu que o Leo Pinheiro mudou o depoimento só agora no final, os petralhas disseram que ele mudou pra conseguir destravar a delação premiada e ter seus benefícios.
- foda-se, nem quero saber. As outras mais de 70 testemunhas inocentaram Lula, mas o Moro não quis saber e vai botar ele na jaula! Isso que interessa!
- é isso ai, tinha que matar essa pelegada.
- nem dá bola pro que eles escrevem, devem ter ganhado um pão com mortadela pra escrever isso!
- bando de vagabundos, mas tenho medo de eles se safarem em Porto Alegre, se os juízes seguirem a lei a gente tá ferrado, pois o molusco ficando solto se elege fácil esse desgraçado!
- nem te preocupa, pois um dos juizes é amigão do Moro, e os outros dois se dá um jeito, tu acha que os grandes empresários vão querer o Lula solto? nem a pau, vai rolar uma grana pra eles e a justiça vai ser feita.
- é isso aí, vamos acabar com os corruPTos!

Ricardo disse...

Presidente fraco, não consegue "colocar ordem na casa". Gera uma instabilidade generalizada. STF, ativista. Ministério público ativista também. Justiça do Trabalho, francamente parcial. Sei não... O próximo presidente, ou organiza tudo isto, ou teremos sérios problemas. A meu ver, até depois das eleições, não temos como sair do atoleiro. A recuperação ensaiada, deve arrefecer. O Setor público, em sérias restrições orçamentárias, deve refrear qualquer retomada, pois a infraestrutura está em frangalhos. Privatização radical e ágil, só depois da posse do novo presidente. E depende de quem ganhar a eleição ...

Anônimo disse...

Se for isso nada menos que merecido e a prova que karma existe, o que fez aquele merda do Temer quando era vice da Dilma? Esses dois lixos se merecem, mas logico que para o Editor o grande Temer esta arrumando a economia e uma grande "conspiração" quer tirar este Estadista do poder, imagina obrigaram ele a falar com um criminoso de madrugada no porão do palacio e mandar buscar uma mala de dinheiro coitado foi ludibriado pelos empresários malvados, vai criar vergonha na cara Polibio para quem cagava que não tinha bandido de estimação

Anônimo disse...

Em resumo...todos são uns pilantras.
Se esse gordinho..igualmente salafrario..assim como Temer..Lula..Dilma...alcançar a presidência...Teremos que bancar mais um com as mordomias do cargo após as eleições.
Portanto..sem vergonha por sem vergonha...Que fique o Temer.

Anônimo disse...

Prendan o filho do lula

Anônimo disse...

Quando Maia assumir será deposto.

Anônimo disse...

Pq ele está sempre com cara de nojinho?
Em tempo, um estrangeiro pode assumir a presidência?

Anônimo disse...

Ninguém fala dos ladroes dos filhos do Lula !

jorge.alves ribeiro disse...

Se o Michel Temer é isso que se vê aí, imagine esse Rodrigo Maia. Estamos bem arranjados. Depois de conseguirmos tirar o poder dos PTralhas, que arrasaram o país, temos que aguentar esse presidente que está sob suspeita. É de se lamentar.

Anônimo disse...

A PENALIZAÇÃO DA APOLOGIA AO CRIME deve ser colocada na nova constituição que virá logo na frente. Com isso, uma série de petralhas que defendem bandidos aqui, ou se escafedem, desaparecem ou vão para a cadeia.

Anônimo disse...

Na reta final da compra de votos para se salvar da denúncia em que é acusado de obstrução judicial e comando de organização criminosa, Michel Temer fez mais um favor aos ruralistas, poucos dias depois de liberar o trabalho análogo à escravidão nas fazendas; neste sábado, Temer perdoou em 60% multas ambientais que somam R$ 4,6 bilhões; além disso, as punições serão substituídas por prestações de serviços; volta da escravidão no Brasil foi condenada até pelas Nações Unidas, mas Temer governa apenas para os parlamentares que podem salvá-lo da cassação; degradação moral e institucional brasileira avança a cada dia e choca o mundo civilizado

Justiniano disse...


Esse FDP desse chileno filhote da subversão, pena que os milicos não acabaram com essa corja toda.

Nasceu no Chile no tempo de Allende e depois tiveram que fugir porque os milicos chilenos deram cabo de todos os subversivos, o único país que não solicitou os cadáveres dos fuzilados foram os cubanos (nunca estivemos lá!).
Albânia, China, URSS e Coréia do Norte tinham células terroristas que foram dizimadas e todos esses pediram os cadáveres dos mártires que lutavam pela democracia socialista do Chile (eufemismo para ditadura).

No Chile não sobrou um, mas aqui até a ditadura foi muito branda com esses agitadores comunistas. Agora estão aí roubando, saqueando e pilhando o Brasil.

Anônimo disse...

Será que tem alguém insatisfeito que está por trás do Rodrigo Maia?

Anônimo disse...

Temer que phoda

Anônimo disse...

Quem com ferro fere com ferro sera ferido

Anônimo disse...

Rodrigo Maia presidente

Anônimo disse...

E tu Polibio continua te encontrando com aquele tal de Perondi?

Anônimo disse...

Por Doria, Planalto ataca Maia pela “Istoé”

João Doria Junior é o candidato de Michel Temer às eleições de 2018.

Quem “pesca” no ar a política sabe que não foi “de graça a entrevista do “meu paipai” Cesar Maia dizendo que preferia Luciano Huck como candidato presidencial.

Hoje, o boletim oficioso do Palácio do Planalto, digo, a revista Istoé, deu a versão que este blog tinha antecipado aqui, no domingo passado: que a liberação dos vídeos da delação de Lício Funaro tinha o dedo de Maia, o filho, Rodrigo:

“conforme apurou ISTOÉ foi o próprio Maia, na noite de sexta-feira 29 de setembro, quem pediu a um servidor da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara que disponibilizasse os depoimentos de Funaro. Coube ao funcionário entrar em contato com os responsáveis pelo site da Câmara. Eram 19h30 quando Maia emitiu a ordem. Uma hora depois estava tudo pronto para o conteúdo bombástico entrar no ar. Maia acompanhou tudo de perto. Só descansou depois que o “enter” foi pressionado.’

A revelação é tão de encomenda que as datas estão grosseiramente erradas. O vídeo foi divulgado no site da Câmara no dia 14 deste mês.

Mas a intenção é clara:

Em sua busca incessante de razões para se afastar de Temer, Maia criou um novo atrito na noite da quarta-feira 18. Após o encontro de uma hora que manteve com o presidente no Palácio do Planalto, de 4h30 às 5h30 da tarde, foi divulgada a informação de que se discutiu na reunião o rito de votação da denúncia contra o presidente. Foi o bastante para Rodrigo Maia virar uma arara. Emitiu uma nota oficial esclarecendo que a versão era falsa. E acusou o Palácio de disseminar “intrigas”. Ainda na nota, disse que “não havia sentido algum tratar de rito processual de votação de um Poder da República com o presidente de outro Poder, muito menos quando é um deles que está sendo processado e julgado com seus ministros”. Quer dizer, apesar das promessas de bandeira branca, tudo permaneceu como estava.

Mas, no texto, a Temeré cofessa e o “meu paipai” produziu um factóide com Huck e que é Dória o preferido do DEM e adverte:

No DEM, hoje, Rodrigo Maia é o plano B caso as negociações destinadas a abrigar na legenda o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), fracassem. “Se o cavalo passar encilhado, Maia quer estar pronto para subir”, disse um aliado do parlamentar. Até porque, como diz o provérbio gaúcho, cavalo encilhado não passa duas vezes. Com tantos movimentos ousados, porém, o risco é ele cair do cavalo antes.

Ninguém se surpreenda com a entrada de Dória no PMDB.

A política brasileira é um jogo de pseudoespertezas. Uma pantomima para enganar otários.

Anônimo disse...

Sou a favor de que MAIA derrube o TEMER....TEMER tem que cair!