Copom vai cortar juros básicos na semana que vem. Sinalização é de que Selic feche o ano em 6,75%.

O mercado espera corte de  75 b.p. na taxa básica de juros, Selic, quarta-feira, na reunião do Copom. E também aguarda por sinalização de redução no ritmo para a próxima reunião. 

O cenário benigno para inflação e a retomada gradual da atividade, permitirão a continuidade dos cortes de juros em 50 b.p. e 25 b.p., respectivamente, nas reuniões de dezembro e fevereiro, finalizando o ciclo com Selic a 6,75% a.a.  

9 comentários:

Anônimo disse...

iFHC ganha mais R$ 9 milhões da Rouanet para projeto prorrogado há 10 anos:

20/10/2017 - 14:41 - Patricia Faermann

O valor é 64% do que o Instituto do ex-presidente angariou com a Lei em 10 anos por um projeto de acervo que deveria estar concluído

Jornal GGN - O uso de recursos para financiar projetos por meio da Lei Rouanet pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso é polêmica há mais de uma década. Desde o ano passado, deputados tentam abrir uma CPI para investigar estas arrecadações. Mesmo em plenas pressões por se apurar os números e suspeitas de irregularidades, o Diário Oficial trouxe outra revelação: FHC receberá quase R$ 9 milhões para um projeto de dois meses de acervos de figuras do PSDB.

O valor é mais do que a metade que o Instituto do político tucano recebeu durante 10 anos pela Lei de incentivo fiscal. Foi divulgado na página 11 do Jornal 1 do Diário Oficial da União desta quinta-feira (19):

A publicação foi assinada pelo Superintendente da Secretaria de Fomento e Incentivo à Cultura, Vitor Elisio Goes de Oliveira Menezes, estabelecendo todos os incentivos da Lei Rouanet (nº 8.313).

A maioria dos projetos divulgados no caderno desta quinta-feira custaram ao Ministério da Cultura entre R$ 200 mil e R$ 1,5 milhão. Destoam três outros que alcançaram números superiores: um projeto de grandes mestres da música brasileira em São Paulo, com R$ 2,2 milhões; um espetáculo musical infantil, no Rio de Janeiro, que arrecadou R$ 4,9 milhões; e o plano anual da Casa Fiat de Cultura, em Belo Horizonte, com R$ 7,3 milhões.

Nesta data, o maior projeto beneficiado foi o da Fundação Fernando Henrique Cardoso: "Prosseguir o tratamento técnico do Acervo Presidente Fernando Henrique Cardoso; finalizar o tratamento de parcela do Arquivo Sergio Motta, referente à gestão do Ministério das Comunicações; iniciar o tratamento do Arquivo Mário Covas, que será posteriormente transferido ao Arquivo Público do Estado de São Paulo".

Valor solicitado ao Ministério da Cultura: R$ 8.991.254,98. Valor aprovado: R$ 8.991.254,98.

Os benefícios obtidos pelo instituto do ex-presidente e líder tucano pela Lei Rouanet e incentivos culturais são manchetes da imprensa há mais de dez anos. Em 2009, os jornais divulgavam que o instituto iFHC captou mais de R$ 5 milhões, desde 2007, para manter o acervo de FHC. Parte dos trabalhos ainda nem sequer haviam sido concluídos. (...)

Anônimo disse...

Aos poucos a herança maldita deixada por Lula, Dilma, Tarso e petralhada em geral está sendo combatida. Não podemos esmorecer, pois eles são como ervas daninhas, se a gente se descuida eles crescem.

Anônimo disse...

A baixa de juros é uma das boas notícias do governo Temer. Qta diferença da época da Dilmandioca.

Anônimo disse...

Isso é também excelente para o governo, assim ele próprio tem de pagar menos juros ao capital especulativo e sobra mais dinheiro para saúde, infra estrutura etc.

Anônimo disse...

QUANTA DIFERENÇA da época de LULA/DILMA!

Afinal, LULA saiu com DILMA, e este diretamente até 2010!

Anônimo disse...

Que bom DEPOIS DE 13 ANOS DE PT ONDE PAGAMOS OS JUROS MAIS ALTOS DO MUNDO FINALMENTE OS JUROS ENTAO COMEÇARAM A BAIXAR

Unknown disse...

Assim como o preço da gasolina, os juros "flutuam" só para cima para os correntistas!!!

Anônimo disse...

O site Imprensa Viva apresenta um quadro com vários outros bons índices. Apesar de "todos contra o Temer", o país saiu da recessão e começa a caminhar. Estão sendo tomadas muitas providências essenciais.
E, por falar nisso, a Lei Rouanet não será renovada. FHC e os artistas globais vão ter de captar dinheiro no mercado, como todos os mortais.

Anônimo disse...

PETROBRAS VENDE PRÉ-SAL A PREÇO DE BANANA, APONTA ESPECIALISTA

Mais uma vergonha internacional para o Brasil. Uma reportagem especial da BNAmericas, plataforma de relatórios e reportagens especiais para investidores, denuncia que Michel Temer e Pedro Parente estão entregando o pré-sal a preço de banana para os estrangeiros.

Confira abaixo trechos traduzidos da reportagem:

"A empresa de energia estatal brasileira, Petrobras, cometeu um erro grave ao passar seu direito de prioridade para a área de Carcará Norte, que é rica em petróleo, de acordo com um dos mais importantes geólogos do país.

Carcará Norte é uma das oito acumulações de pré-sal disponíveis para os licitantes em dois leilões para direitos de exploração e produção em 27 de outubro.

Em maio, a Petrobras disse que exercerá seu direito de preferência para operar três áreas: Sapinhoá, Peroba e Alto de Cabo Frio Central, deixando a área adjacente ao venerado campo de Carcará.

'[A Petrobras] criou um tremendo dilema', disse à BNamericas Luciano Seixas Chagas, coordenador de petróleo e gás da associação brasileira de geólogos, Febrageo.

'Se decidir licitar, tornará evidente a sua estupidez ao considerar a venda da Carcará pelo preço de uma banana. Se não, isso desperdiçará os ativos da Petrobras'.

A Petrobras recusou-se a responder aos comentários de Chagas quando contactados na sexta-feira.

(...)

Chagas, ex-funcionário da Petrobras e veterano de 43 anos da indústria petrolífera do Brasil, estima as reservas combinadas do Carcará e do Carcará Norte no 15Bboe.

"As áreas unificadas irão atrair a licitação mais agressiva", disse ele sobre os leilões pré-sal. "Eu diria que Carcará Norte se destaca.

"A Petrobras foi estúpida em vender a acumulação, porque tem a mais alta qualidade em termos de ausência de contaminantes, as maiores pressões do reservatório e conseqüentemente terá a o maior fluxo de óleo pré-sal ", acrescentou.