Artigo, Marcelo Aiquel - Castigo neles

Que saudades da educação, dos limites, do respeito, do comportamento correto, das exigências que os pais e professores faziam para que as pessoas “andassem na linha”.
         
Quem não “andasse”, pagava o pato. Simples assim.
         
E olhem que eu cresci numa época em que o grito de liberdade era uníssono. Amor livre, drogas e rock and roll, fizeram parte da minha geração. Uma geração que adorava (era moda!) contestar, usar calças Lee desbotadas, a invasão do psicodélico, os Beatles, os Rolling Stones, ter um amigo maconheiro, acampar na praia.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

10 comentários:

Anônimo disse...

“Igual ao que se fazia nas escolas alemãs dos anos 30”, diz advogado; ele pede apuração sobre vídeo de alunos de escola militar saudando Bolsonaro:

Em vídeo, alunos de colégio militar no AM chamam Bolsonaro de ‘salvação da nação’

FABIANO MAISONNAVE
, na Folha - 09/08/2017

Diante de dois policiais militares, nove filas de alunos do terceiro ano de uma escola estadual em Manaus repetem em coro, com as mãos para trás, o que um dos policiais grita: “Convidamos Bolsonaro, salvação dessa nação/ Nos quatro cantos ouvirão completa nossa canção”.

A cena consta de vídeo gravado no Colégio Waldocke Fricke de Lyra, uma das oito escolas administradas pela PM por meio de um acordo com a Secretaria de Educação do Amazonas.

Ao final, uma aluna em traje militar, dirigindo-se ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSC-RJ), diz: “Gostaríamos que o senhor pudesse nos honrar com a sua presença em nossa formatura militar”. Outra aluna completa: “Nosso convite deve-se a sua trajetória ética e o seu compromisso com a educação”.

O vídeo foi distribuído nas redes sociais por Bolsonaro na sexta-feira (4). Ele diz que se trata de um convite “irrecusável”: “Um exemplo de ensino que deveria ser adotado em todas as escolas públicas do Brasil”.

A iniciativa foi classificada de “doutrinação nazifascista de crianças e adolescentes” pelo presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana, Glen Wilde Freitas. “É igual ao que se fazia nas escolas alemãs dos anos 1930.”

Freitas, que também é o representante da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), disse que, antes do episódio, já recebeu relatos de alunos expulsos por reclamar da doutrina rígida. Nesta segunda-feira (7), ele solicitou uma explicação ao comando da PM e à Secretária de Educação sobre o convite a Bolsonaro.

Nas redes sociais, um estudante que aparece no vídeo criticou a iniciativa. “Simplesmente não abri minha boca como muitos, escola doutrinada. A comissão de formatura em nenhum momento veio me perguntar se era a favor de fazer o vídeo, simplesmente obrigaram, depois ficaram dizendo que a maioria concordou, só não falo mais porque ainda estudo nessa instituição, não temos mais direito de definir nossa posição política”, escreveu.

No domingo (6), a Folha questionou o comandante da PM, coronel David Brandão, sobre o assunto. Ele prometeu responder no dia seguinte, o que não ocorreu. (...)

PS: Tá ou não nascendo um novo hitler?!?!?!?!?!? Escola sem partido em cima desse vagabuLSONARO.

Anônimo disse...

Esse tipo de educação familiar deve grande parcela de sua destruição à implantação do Estatuto da Criança e do Adolescente. Fui aluno do Ensino Fundamental (5a a 8a série) de escolas agrícola estadual, onde a gurizada era respeitadora dos professores e trabalhava em várias atividades ligadas ao campo. Cuidava-se da criação, de lavoura, etc Isso tudo acabou com o ECA, pois ficou proibido criança e adolescente, trabalhar, aprender ofícios desde cedo, ganhar responsabilidade. Ficaram todos liberados para a vadiagem, para pensar e fazer bobagem, como desrespeitar os mais velhos.

Anônimo disse...

O idiota, por acaso foi o Bolsonaro que organizou o evento ?
Ele pagou o evento?
Petralha imbecil !

Anônimo disse...

Esqueceu de dizer das missas aos domingos das visitas que compareciam em sua casa do bolo café do bate-papo, das crianças brincando e tudo mais de bom hoje existe o individuo só com seu zap.

Anônimo disse...

Alguém avisa o babaca das 18:18 que BolsoMERDA se locupletou do video em suas redes sociais.

Anônimo disse...

O video elogiando o Bolsonaro lembra muito a Coreia do Norte.

Anônimo disse...

Calma pessoal o video dos alunos lembra "liberdade de expressão", certo? Liberdade de expressão em colégio militar?????

Anônimo disse...

Engraçado que nenhum idoso que conheço acha esse palhaço do Bolsonaro um 'mito'. E inclusive idosos de direita. Só vejo a garotada e pessoas pouco escolarizadas - ou seja, a mesma massa ignóbil que elegeu o Mussolini e o Hitler.

Anônimo disse...

NA boa o sujeito acha que tem moral, defende o lixo humano do LULA e quer denegrir a imagem do bolsonaro. COM uma reportagem da folha vermelha manipulada, acorda comédia para vida. HOJE tem uma coisa chamada rede sociais só é manipulado hoje idiotas uteis da esquerda .

Anônimo disse...

Petralha, ladrão de dinheiro público das 23,37. Bom mesmo é o teugoverno corruPTo , bom mesmo é o analfaberto, ladrão, do 9dedos. Vamos lá Bolsonaro, vamos limpar estepaiz, dessa quadrilha de comunista, que querem transformar o Brasil numa Venezuela de Maduro, ditador, assassino.