"Alá" inspirou o terrorista que esta manhã matou e feriu na Finlândia

A BBCV confirmou hápouco que foram registrados dois mortos e sete feridos no atentado em Turku, na Finlândia, esta manhã.

Ao matar e esfaquear, o terrorista muçulmano gritou "Alá é grande".


O canalha muçulmano levou um tiro na perna e foi preso.

Seus cúmplices estão a caminho da cadeia.

15 comentários:

Anônimo disse...

Viva a Religião do AMOR!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

ONDE ESTÁ A COMUNIDADE MUÇULMANA nas RUAS contra estes atos terroristas? Quietos, se apresentam como coniventes.




Anônimo disse...

A continuar assim, TODOS os muçulmanos terão de serem catalogados e vigiados, dia e noite!!
E ainda acham que nós somos "islamofobicos"!!

Anônimo disse...

ALA MEU BOM ALA , ISTO NÃO É DE CARNAVAL ...........

Emmanuel Carlos disse...

O que esperar dos islamitas? Nada, exceto esse comportamento arrivista, assassino e doentio ... não é conclusão adrede, é o resultado do que suas condutas revelam, sejam por ações, seja pela eterna omissão em relação ao necessário repúdio aos seus pares.
Noutras palavras, os islamitas concordam com os terroristas.

Anônimo disse...

Parece que está acabando o estoque de homens bombas. Vai ver que algum não foi contemplado com as dez virgens e mandou avisar.
Com a prisão desses bandidos se começa a chegar nos líderes.
É o caminho para destruir esses canalhas.

Ariel Peres disse...

Em minhas preces e no meu dia-a-dia peço sempre proteção dos meus maus instintos;Todo ser humano pode sim, transformar-se em BESTA ; precisamos de humildade...

Anônimo disse...

As "DOZE VIRGENS" prometidas para os "mártires" era tudo PAPO FURADO! Quando
chegaram lá, viram que as DOZE VIRGENS tinham entrado no PT, aprenderam só coisa ruim, gandaia de cabo a rabo e ainda quiseram aplicar nos POBRES MÁRTIRES ILUDIDOS o velho golpe do himen complacente, ensinado pelos honestíssimos petralhas que conheceram.

Anônimo disse...

Ainda bem que esses terríveis atentados não acontecem no BRASIL, pois alguns políticos , por questão de afinidade ideológica, defenderiam incondicionalmente os terroristas , ao invés das vítimas .!!! Tia Glória .

Anônimo disse...

Deram tiro na perna?Esses policiais necessitam de melhor treinamento.

Anônimo disse...

Eles estão seguindo o que diz a Biblia.
O livro do Êxodo, Deuteronômio, Levítico, Números, que mostram a história de Moisés é repleta de história de Deus ordenando Moisés a matar seus inimigos, destruir todas as tríbos inimigas eliminando todas as pessoas inclusive velhos, mulheres e crianças.
É só ler

Anônimo disse...

" A LA MINUTA",COM TODO RESPEITO!

VAMOS CUIDAR PESSOAL

DETONARAM O PESSOAL DAQUELE JORNAL EM PARIS,SE CONTINUARMOS A FALAR QUE NÃO TEM MAIS VIRGENS NO CÉU ,,VIRARAM PETISTAS DE CABO A RABO,ACEITAM PROPINA E FAZEM TODO TIPO DE "SERVIÇO",ELES PODEM QUERER ENCRENCAR O POLIBIO...

NO MAXIMO FALAR EM "A LA MINUTA" E PARA FALAR DAQUELA COMIDA "RESUMIDA,"MINUTA",COM TUDO QUE É PRECISO PARA ALGUÉM "SE RESTAURAR" EM ALGUM RESTAURAMTE,FIQUE BEM CLARO.

ELES JÁ ESTÃO ENTRE NÓS, MAS NÃO APRONTARAM NADA AINDA.

Vagner Milani disse...

ALÁ a bosta, alá a mmmmmmmmmmmm

Anônimo disse...

O governo brasileiro, para puxar o saco dos Estados Unidos, não pode se meter nestes assuntos. Deixem os muçulmanos em paz que eles não vão criar problemas para o Brasil.
Muitos países muçulmanos são grandes parceiros comerciais especialmente para produtos agrícolas.
Estes atentados só acontecem em países que hostilizam os muçulmanos

Anônimo disse...

VAle a pena repetir: "O governo brasileiro, para puxar o saco dos Estados Unidos, não pode se meter nestes assuntos. Deixem os muçulmanos em paz que eles não vão criar problemas para o Brasil.
Muitos países muçulmanos são grandes parceiros comerciais especialmente para produtos agrícolas.
Estes atentados só acontecem em países que hostilizam os muçulmanos"
No Brasil não precisamos de muçulmanos. Ninguém está pedindo pra virem para o Brasil. Brasileiro conhece muito bem o que é ser rejeitado em outros países, nem por isso vai explodir bombas ou esfaquear pessoas. Que os muçulmanos fiquem no seus países e resolvam seus próprios problemas.
O governo tem que impedir a vinda de muçulmanos para o Brasil.