Velório de Paulo Santana, 78 anos, abriu na Arenado Grêmio

O jornalista Paulo Santana, que morreu nesta quarta-feira, aos 78 anos, vítima de uma parada cardíaca, estava internado no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre.

Ele enfrentou câncer durante muitos meses. Ele havia sido internado pela manhã, com um quadro de insuficiência respiratória e infecção generalizada. Além do histórico de câncer de rinolaringe, em agosto de 2015 ele havia sido submetido a uma cirurgia de próstata.

O velório está marcado para as 8h30min desta quinta-feira, na Arenado Grêmio. O sepultamento foi agendado para as 17h, no Cemitério João XXIII.

Paulo Santana foi o mais conhecido e popular colunista da história da RBS.

Na vida pública, foi vereador e deputado estadual, mas interrompeu a carreira política para dedicar-se apenas ao jornalismo.

13 comentários:

Anônimo disse...

Conseguio a simpatia, tanto dos gremistas como dos colorados.

Anônimo disse...

Sugestão: Arena Paulo Santana. Nada mais justo.

Anônimo disse...

Meus sentimentos a família.
Como jornalista, supervalorizado, assim como o Coimbra.
Não são isso tudo que é vendido.

Pilincho disse...

Paulo Santana, o jornalista que rompeu a hegemonia colorada na imprensa
gaúcha e elevou o Grêmio à imortalidade. Um gremista valente, destemido e vencedor. Merece um lugar de destaque na parede da Arena, onde estão os outros heróis do Imortal Tricolor.
Obrigado, Paulo Santana. O Grêmio não te esquecerá, jamais.
Pilincho

Anônimo disse...

Certo ou errado, pessoa de opinião forte, de personalidade.

Anônimo disse...

Patrocínio: Souza Cruz!!!

Anônimo disse...

Seu coração era gremista, mas os pulmões eram da Souza Cruz!

Anônimo disse...

Grande Pablo. RIP .!!!

Anônimo disse...

ATÉ A PRIMEIRA METADE DOS ANOS 2000 ERA BOM E INTELIGENTE COMO JORNALISTA E AS VEZES POLEMISTA.
DEPOIS DISTO, A MEGALOMANIA DOMINOU-O POR COMPLETO.

Façanha, o advogado do povo disse...

DESCANÇOU.

Anônimo disse...

Mais um grosseiro que se vai.

Anônimo disse...

Descansou...coom ç?? Por favor......

Anônimo disse...

Santana adorava o nhoque de punta d'este